A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

20/11/2013 06:44

Campo-grandense cria festa "Pantaneira" em SP que terá até tereré na rua Augusta

Anny Malagolini
Dex Bar, na rua Augusta. Dex Bar, na rua Augusta.

Um dos hábitos mais comuns dos campo-grandenses, o tereré na calçada, vai ganhar no próximo fim de semana versão em uma das ruas mais boêmias do Brasil, a Augusta, em São Paulo. O som também terá música regional, desde Almir Sater ao rock do Dimitri Pellz.

Veja Mais
Festival das Artes é novo espaço da cultura e começa com mais de 10 shows
Humberto Gessinger, Ludmilla e Whindersson Nunes chegam no fim de semana

Para reunir quem saiu daqui e agora mora na capital paulista e, de tabela, matar saudade da terrinha, o publicitário Eduardo Araújo, de 24 anos, sugeriu ao “Dex Bar” a “Caravana Pantaneira” e a festa foi marcada para o dia 24 de novembro, a partir das 16 horas. 

“Eu sempre quis encontrar os campo-grandenses, tem uma galera que mora aqui e senti necessidade”, justifica o sul-mato-grossense que mora em São Paulo há quase dois anos. Na portaria do bar, uma drag queen fará jus à cultura da fronteira, vestindo trajes típicos.

Há pouco mais de um ano sem visitar Campo Grande,  Eduardo conta que além da saudade da família e dos amigos, o domingo em uma roda de tereré faz falta. Ele diz que já chegou a se reunir com os conterrâneos que moram em São Paulo para dar continuidade ao hábito, mas não conseguiu passar de duas reuniões. “Já fizemos até roda de tereré pelo Skype”, brinca.

Eduardo também comenta que, diferente da ideia inicial sobre os paulistanos, ficou surpreso com o conhecimento que eles têm sobre Campo Grande. Ninguém nunca perguntou se “é verdade que a onça anda no meio da rua?”, o espanto entre quem não conhece a cidade é a relação íntima que o sul-mato-grossense tem com o vizinho Paraguai. “Eles não têm a ideia da influencia forte do Paraguai no Mato Grosso do Sul”.

Já uma das bebidas mais consumidas no Estado, o tereré, segundo o publicitário não é uma dúvida na grande São Paulo. “O tereré é bem esclarecido entre eles, mas ainda tem dúvidas sobre o “Sul” do Mato Grosso”, reforça sobre a frequente confusão que irrita os sul-mato-grossenses.

Agora, a ideia é tornar a festa um evento mensal. Para quem vai estar em São Paulo no próximo fim de semana, o bar fica na rua Augusta, 520. A entrada vai custar R$ 5,00.




Oi Eduardo, você não pode esquecer o soba que tem até a patente campograndense e é sem dúvida o melhor do Brasil. Tenho uma filha que mora aí a quatro anos e pra matar a saudades até aprendeu a fazer. Parabéns pela iniciativa, porém discordo da idéia paulistana sobre nós, nos idos de 1985, quando morei nesse Estado muitas vezes fui interpelada se havia mesmo onças andando na rua, Hoje muitos paulistanos conhecem bem nosso Mato Grosso do Sul principalmente os rios pantaneiros em épocas de pesca. Sucesso em seu evento.
 
Fátima Vargas em 20/11/2013 21:29:29
iiiiiiiiipppppppppuuuuuuuuuuu!!!!!!!!!!!!!!!!
E o sertao invadindo a civilizacao ...Agora so falta um churrasco com mandioca p/ acompanhar o Terere, porque foram dar espaco p/ nois, agora guenta nois!!!!!!!!!!
 
gustavo michelan em 20/11/2013 19:49:57
NÃO ESQUEÇAM DA SOPA PARAGUAIA...(é coisa de nossa terra)
e nem das polcas paraguaias e guaranias,....(tb coisa nossa)
Sou vizinha, moro perto, estarei la. e se morasse longe iria tambÉm.
Parabéns pelo evento.
irei prestigiar sem dúvida
Abraços e sucesso,
Vera
 
VERA LUCIA M.D. DA luz em 20/11/2013 19:07:46
Esse Júlio Afonso nunca foi pra Santa Catarina né?
 
Cyro Chan em 20/11/2013 17:58:38
Iiiiiiiiiiiiiii puuuuuuuuu, É Nóis!!!! Orgulho de ser daqui... Terra das mulheres mais bonitas do Brasil..... Parabéns!!!
 
Julio Afonso em 20/11/2013 12:05:21
Link do evento: https://www.facebook.com/events/527044924057581/527426914019382/?notif_t=like
 
Eduardo Araújo em 20/11/2013 12:02:50
E nao pode faltar a Erva Terere MORDOMIA
 
Chico Motta em 20/11/2013 11:27:02
Meus parabéns Eduardo por levantar esta bandeira. Sou de Campo grande, porém estou com uma empresa de carnes na Beira da Rodovia Marechal Rondon, ela chama Retiro Pantaneiro Carnes, aqui os clientes podem encontrar erva criola para tereré, cuias, bombas, linguiça de maracaju, cupim soleado e carne de sol. Estou a 260 km da capital. Assim que tiver uma oportunidade passarei no seu estabalecimento para conhecer. Visite nosso site: retiropantaneiro.com.br
 
Walter de Castro Neto em 20/11/2013 09:43:47
Eduardo, parabéns pela iniciativa! Nessa festa não pode faltar polca paraguaia, chamamés e rasqueados com harpa, acordeom e bandoneón! Ah e que tal um guisado de carne seca com mandioca e cheiro verde?
 
Claudimeire Nogueira Vieira em 20/11/2013 08:39:13
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.