A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

06/01/2014 07:00

Casa noturna faz concurso do beijo mais bonito, para todo tipo de casal

Anny Malagolini
Festa acontece na Non Stop.Festa acontece na "Non Stop".

Na casa noturna “Non Stop”, em Campo Grande, beijo gay virou concurso. Mas não é o tempo que conta, o que vale é a beleza, o carinho. Na festa “Cala a boca e me beija”, o público elege o casal com o beijo mais bonito e o prêmio é uma garrafa de vodka.

Veja Mais
"Toma aqui uns 50 reais", Naiara Azevedo abre fim de semana eclético
Ludmilla é uma fofa e mostra o que o funk pode ensinar ao nosso sertanejo

Homens e mulheres são convidados a subirem ao palco, independente de serem gays ou não, com seus respectivos parceiros, ou quem está solteiro na balada, forma dupla no palco, mesmo sem saber o nome da outra pessoa.

Ao entrar na casa noturna, o cliente escolhe uma dentre três etiquetas para identificar quem está disponível para participar do concurso. O adesivo vermelho “Cala boca”, sinaliza que a pessoa não está disponível na noite. O amarelo, “Quem sabe”, é uma talvez pode “rolar” e o verde “Me beija”, que dispensa maiores explicações.

O proprietário da casa, o DJ Rodrigo Gel, conta ter criado o concurso para sair da “mesmice” das casas noturnas da capital. “Já vi coisas similares, mas nada tão explícito”.

Rodrigo diz que o concurso começou no ano passado e quase todos os meses a casa realiza uma edição. O que é brincadeira, já virou compromisso. “Já soube de namoros que começaram no concurso, mas não sei se vingou”, comenta.

Para eleger o melhor beijo, a votação é na base do barulho. O apresentador pergunta e conforme a resposta do público é definido o ganhador da noite.

Gabriela Rocha, de 21 anos, é estudante e participou pela primeira vez do concurso. Sem falso sentimentalismo, ela assume: “Participei para ganhar a bebida, nem penso em compromisso”.

Atitude política - Gabriel Azevedo, de 29 anos e o namorado Wellington Silva, de 20, tiveram coragem e subiram ao palco para participar, mesmo sem ganhar, defendem a ideia. “Eu sei que é uma brincadeira, mas também vale como uma forma de revelação, de não se esconder” explica Gabriel.

Lúcio Araújo, de 20 anos, conta que sempre que sabe da festa, comparece e, claro, participa da eleição; “Eu já participei, fiquei com quem não conhecia e depois só dividimos a bebida”, conta.

Mesmo assim tem gente que frequenta a festa e desaprova tamanha exposição. O estudante César Aparecido, diz ser homossexual assumido, e garante não ter vontade de participar. “O homossexual já enfrenta um banda de preconceitos e julgamentos e beijar a troco de bebida denigre a nossa imagem”, reclama.

A casa funciona na rua Pimenta Bueno, 127 e abre as portas às 23 horas, mas o concurso só acontece perto das 4 horas da manhã.

A próxima edição ainda não tem data marcada.




Baixaria pura! Caras tirando a camisa sem nunca terem visto um desodorante na vida, e infestando a pista com cheiro de CC. Aqueles banheiros no fundo cheirando mal. Aquele fumódromo que parece um galinheiro. A falta de infra estrutura a nível do público gay é bem visível. Compram jogos de luz, telões (para invejar as outras casas que adquiriram primeiro) e esquecem do básico. Se fica chato pedir pro cliente "passar um desodorante", impeçam de tirar a camisa dentro da balada! Invistam na reforma e limpeza constante dos banheiros! O nível da Infraestrutura define o nível do público que frequenta uma casa. Isso é uma crítica sim! Mas construtiva! Pensem nisso!
 
Marcelo Alves em 14/01/2014 12:53:17
O que fico mais admirados com as críticas que tentam denegrir o ambiente, que é GAY, então tem FESTA GAY e não festa para Heteros. É do gênero de uma casa gay Rótulos e Títulos Gays... fico admirado com tanta HIPOCRISIA, principalmente destes que criticam e vão para SÃO PAUlo e se jogam nas "BOCAS DE LÁ, enquanto aqui se postam de santinho. Adoro que big fild tenha outros lugares, pois assim cada um fica dentro DO SEU QUADRADO. Que adianta falam da casa, que é um ambiente MUITO, MUITO DEMOCRÁTICO, e saem das outras casas, bem comportados, e se jogam dentro de um carro pra uma sacanagem ou ficam na rua cassando - MUITA HIPOCRISIA NA CABEÇA deste povo do ""interior". Nas casas heteros também tem brigas, nas casas mais comportadas tem brigas,drogas, Sacanagem, emfim - HIPÓCRITAS.
 
Carlos Lossávaro em 10/01/2014 15:30:49
Primeiramente quero dizer que Rodrigo Gel é uma pessoa muito legal e sabe administrar, esta de parabens.
A segunda coisa são pessoas como essas que estão so para falar mal do trabalho dele ou da boate em si, so acho que se tiverem alguma critica pra fazer ou falar mal da boate falem diretamente com o proprietario do estabelecimento, porque tem muitas que falam mal mas sempre que podem estao la enchendo a cara e beijando um monte e claro sendo as rodadas da festa depois deixam de aparecer um tempo porque fizeram fiasco, ai vem aqui num comentario que deveria ser algo que ficassem para eles mesmo comenta algo ruim de lá, e lá como outra qualquer boate sempre terá algo para que não gostem pois nenhum lugar é mais que o outro, e travesti ou transsex entram e saem de qualquer estabelecimento
 
Leticia Sabateli em 07/01/2014 14:12:32
Gente, dor de cotovelo e inveja matam!
 
Marcos Aquino em 07/01/2014 01:28:37
Estive na festa e adorei. O concurso deu uma apimentada a mais na noite, que tava com a boate lotada e muito animada, som ótimo, adoro as músicas da NonStop. Já quero saber quando será a próxiima.
 
Henrique Motta em 06/01/2014 19:18:25
ARRAZOU ROGER.. isso é fato ! eu também já fui e não gostei do ambiente, não é por preconceito, pois se fosse eu não teria ido, más em fim, este não é um lugar que eu e meus amigos gosta de se divertir, garanto que ficar em casa é melhor do que ver estas idiotices, o que vira é um barzinho ou até uma outra boate, em falar em ambiente gay, eu sugiro "TAPAS BAR" gente que lugar gostoso e sofisticado, nivel de pessoas tranquilas, isso pra mim é um lugar de diversidade, toca até sambinha adoro, mais é isto ai, eu e muitos não indica a boate para quem quer ter uma noite legal e divertida ;-) Bjs
 
Rafynha Da Silva em 06/01/2014 16:00:36
isto é ridículo !!! ... nossa qual a diversão ??? ... olha eu já fui uma vez para nunca mais, sou gay assumido e além disto assumo que não gostei da boate, na vez que eu fui, ocorreu brigas de homossexuais e transex, me deparei com um desencontro de interesse, uns estavam querendo curtir o som a bebida e os amigos ou conhecer alguém, más outros estavam querendo se aparecer de forma mediucre. Além disto a boate tem estes eventos que não tem nada a ver, administradores da casa, deveriam fazer um evento mais tranquilo, pois a boate já é conhecida como "GAY" pra que demonstrar que realmente é GAY? .. como havia dito, sou gay e prefiro lugares héteros, pois o que ocorre na NON STOP é "PALHAÇADA" ! 'palavras de um cliente! Apenas registro.
 
Roger Silva em 06/01/2014 13:23:30
"Conta ter criado o concurso" - Sabemos que a criação não foi do proprietário e nem de ninguém do atual quadro da casa, e se, a casa tem festas "diferentes" é graças a criatividade de artistas que que nem mais fazem parte do "casting" da casa... ou melhor, enquanto serviam pra criar, estava bom, depois amassa-se e descarta! Ainda bem que o mundo gira, e hoje temos outras duas opções de qualidade em Campo Grande.
 
Anderson Domingues em 06/01/2014 12:48:10
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.