A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

13/07/2014 07:34

Casa sertaneja vira saloon e reabre como alternativa para quem gosta de dançar

Aline Araújo
Casa ganhou madeira da fachada ao interior. (Fotos: Marcelo Victor)Casa ganhou madeira da fachada ao interior. (Fotos: Marcelo Victor)

O som é sertanejo, mas a nova casa de shows de Campo Grande quer ser alternativa pelo espaço e endereço. A "Arena Country", inaugurada na noite de sexta-feira, tem ares de casas noturnas já conhecidas dos que frequentam esse tipo de balada na cidade. A diferença é que fica afastada da região Central e tem a intenção de virar referência para quem gosta do estilo universitário, mas não apenas para ouvir e ficar bebendo com os amigos, e sim para dançar.

Veja Mais
"Toma aqui uns 50 reais", Naiara Azevedo abre fim de semana eclético
Ludmilla é uma fofa e mostra o que o funk pode ensinar ao nosso sertanejo

Há menos de um ano, funcionava no mesmo ponto o Rancho do Cowboy, que costumava promover bailões. A estética mudou bastante e o resultado da reforma surpreendeu os antigos frequentadores do endereço, apesar da estrutura continuar basicamente a mesma.

A "reestilização", como resumem os proprietários, deu uma "garibada" no prédio, fazendo do lugar um ambiente mais elaborado, da fachada aos camarotes. “Ficou muito bacana mesmo. Bem diferente de como era, sem falar no espaço”, elogia a Auxiliar administrativa, Flávia Cavalcante, de 32 anos.

A promoter Gabriela Penrabel, de 20 anos, é contratada da casa e diz que a intenção foi transformar o prédio em algo parecido com a Arena à Vila Country, de São Paulo, uma das mais conhecidas do País.

A semelhança ocorre pelo uso da madeira na fachada inspirada em um antigo saloon, o que dá o ar rustico visto também nos ambientes internos. Os detalhes são os mesmos de todo point sertanejo, com as portas, as rodas de charrete e outros elementos do estilo oeste selvagem.

Fachada da nova casa sertaneja, aberta na sexta-feira. (Fotos: Marcelo Victor)Fachada da nova casa sertaneja, aberta na sexta-feira. (Fotos: Marcelo Victor)

O salão é amplo, projetado para não haver aperto, espaço aprovado, pelo menos, na festa de lançamento. "Quando você vai na Wood's, Coyote ou Cabaré o jeito é ficar apertado e o público do sertanejo gosta de dançar”, compara a auxiliar administrativa Bianca Braga, de 23 anos, que veio de Rio Negro para conhecer o novo bar.

Longe do circuito - A ideia também é ser uma alternativa ao público jovem, mas fora do circuito de bares da Afonso Pena.

Localizada na Vila Duque de Caixas, a Arena Country fica a poucos metros da Avenida Júlio de Castilhos. A distância do Centro foi um ponto positivo para a gerente de vendas Márcia Alves. “Eu fiquei animada só de passar aqui na frente e ver como estava bonito. Sem falar que é perto de casa”, conta.

Para a inauguração, foram convidadas as duplas sertanejas Thiago e Graciano, Isac e Ferrant e Milton & Menezes. A promessa é de mesclar artistas aqui de Mato Grosso do Sul com shows nacionais.

Na abertura, os convites foram vendidos a R$ 20,00 para mulheres e R$ 25,00 para os homens. Quem comprou antecipado teve R$ 5,00 de desconto. A pulseira de acesso ao camarote saia mais R$15,00.

No bar, a água e refrigerante custam R$ 3,00 e as cervejas têm preços entre R$ 4,00 e R$ 5,00. Os destilados poderiam ser comprados por combos.

O Arena Country fica na Rua dos Andradas, 826.

Salão aberto para quem gosta de dançar.Salão aberto para quem gosta de dançar.



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.