A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

04/08/2012 14:23

Choro Opus Trio realiza neste sábado show de lançamento de CD

Viviane Oliveira
Aos 93 anos, Sarrafo é cheio de histórias para contar. (Foto: Simão Nogueira)Aos 93 anos, Sarrafo é cheio de histórias para contar. (Foto: Simão Nogueira)

Choro Opus Trio realiza neste sábado (4) o show de lançamento do CD Descendo Sarrafo, às 20 horas no Teatro Aracy Balabanian, no Centro Cultural José Octávio Guizzo, em Campo Grande. A entrada é gratuita.

Veja Mais
Show de chorinho vai trazer partituras perdidas na época da Ditadura Militar
"Toma aqui uns 50 reais", Naiara Azevedo abre fim de semana eclético

O projeto contemplado pelo Programa Petrobras Cultural por meio do Programa Nacional de Incentivo à Cultura do Governo Federal traz uma coletânea do compositor Amintas José da Costa - Sarrafo - cujas obras foram apreendidas na época da ditadura militar no Brasil.

Formado por Eduardo Martinelli (violões), Ivan Cruz (bandolim) e Philip Andara (flauta), o Choro Opus Trio desenvolve um trabalho de resgate e registro do choro, pesquisando e interpretando as composições de Sarrafo que completou 93 anos em 2012.

O compositor e saxofonista conviveu com grandes nomes da música brasileira como Pixinguinha e Guerra Peixe e trabalhou em cassinos, rádios e posteriormente na televisão, veí¬culos que à época tinham orquestras próprias.

Um pouco dessa história está em faixa bônus da gravação narrada pelo próprio autor, além de casos peculiares descritos no encarte do CD como a passagem de Sarrafo pela Força Pública de Alagoas, quando viu a cabeça do cangaceiro Lampião em uma salva de prata e o fato de não ter ido aos campos de batalha da Segunda Guerra Mundial por ser músico e estar ajudando na formação de novas tropas. “Senti ali a mão de Deus”, conta o compositor.

Sarrafo tem uma importante herança musical a deixar, com choros compostos com influências melódicas e harmônicas dos choros tradicionais. Suas obras conseguem obter originalidade, mesmo sendo baseadas numa estrutura tradicional, devido à melodia bastante ornamentada.

Com arranjos elaborados para diversas formações instrumentais criados a partir das partituras originais, o CD tem a participação de convidados como o Quarteto Toccata (violões), a flautista suíça e pesquisadora da música brasileira, Myrian Dickinson; do bandolinista português, Norberto Cruz; da Filarmônica Jovem do Pantanal, dos violonistas Plínio Fernandes e Carlos Alfeu, do violinista Newton Reis e do próprio compositor, que acompanhou a produção e participa do lançamento da obra.

O título da obra “Descendo Sarrafo” é uma alusão ao apelido do compositor, que também batizou as músicas com referência a madeiras. Assim, surgiram: Tronco de Ipê, É Lenha, Casca de Pau, Madeira de Dar em Doido, Pó de Serra, entre outras.

O lançamento terá a participação especial do Coro do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia, das crianças da Orquestra Infantil da Fundação Ueze Zahran, preparados pela professora Cinara Baccilli. O Centro Cultural José Octávio Guizzo está na rua 26 de Agosto, nº 453, entre as ruas Calogeras e 14 de julho.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.