A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

15/02/2016 06:12

Com bailes do sertanejo ao forró, espaço serve até "caldo de carneiro" de graça

Adriano Fernandes
A porteira do Curral sempre está aberta as quintas e sábados e a entrada é gratuita. (Foto: Adriano Fernandes)A porteira do Curral sempre está aberta as quintas e sábados e a entrada é gratuita. (Foto: Adriano Fernandes)

Com direito a cerca de madeira na fachada, porteira e até fogão à lenha, um espaço com cara de fazenda chama a atenção de quem passa na Rua Piraputanga, no Jardim Noroeste. Basta chegar, sentar à sombra das mangueiras e tomar um caldo de carneiro, que é de graça.

Veja Mais
Festival de Artes começa com público fraco, mas tem vocação para ser resistência
Festival das Artes é novo espaço da cultura e começa com mais de 10 shows

No “Curral Sertanejo”, o meio rural serviu de inspiração ao ambiente de estrutura simples, sem nada de ostentação e com a programação do bailão sertanejo até o forró. A ideia do projeto surgiu da sociedade entre o pecuarista José Luis de Freitas e o locutor de rodeio Bala de Prata.

Até mesmo arreios são usados na decoração.(Foto: Adriano Fernandes)Até mesmo arreios são usados na decoração.(Foto: Adriano Fernandes)
Os detalhes remetem ao ambiente de fazenda.(Foto: Adriano Fernandes)Os detalhes remetem ao ambiente de fazenda.(Foto: Adriano Fernandes)

Aberto há pouco mais de um mês, quem também entrou quase que por acaso na administração do local foi o filho de José, o médico veterinário Vitor Luis Freitas. Os três uniram a experiência na vida do campo, para investir num espaço de música sertaneja, em um dos bairros mais humildes de Campo Grande.

“Eles já são amigos há muitos anos e o Bala de Prata já tinha esse terreno disponível. Como os dois já tinham essa vivência no meio rural e em festas sertanejas, decidiram investir no negócio depois que outros amigos os incentivaram”, diz Vitor.

Depois de cinco anos vivendo em São José do Rio Preto (SP), o rapaz conta que o retorno para Campo Grande ocorreu devido ao acidente de carro envolvendo o pai, em novembro do ano passado. O tratamento faz com que José passe boa parte do tempo na cadeira de rodas, então, é Vitor que dá continuidade ao projeto no Noroeste.

“Quando eu cheguei em Campo Grande eu mal sabia o que eles tinham em mente. Mas eles já estavam com o espaço quase pronto e aos poucos fomos melhorando a estrutura”, lembra.

Tarde de baile aos sábados no Curral. (Foto:Arquivo Pessoal)Tarde de baile aos sábados no "Curral". (Foto:Arquivo Pessoal)

Para remeter aos currais antigos de fazendas, toda a entrada do local é cercada com toras de eucalipto. No salão de bailes, a decoração do palco é com arreios e até carriolas de madeira.

Nos quase 800 metros quadrados ao ar livre, os bancos de madeira e cadeiras ficam espalhados em baixo dos pés de manga, para proporcionar um ambiente ainda mais rústico.

Por lá, segundo Vitor já passaram 22 duplas sertanejas em uma única noite de evento.

O Curral Sertanejo abre duas vezes por semana e além da entrada ser gratuita, o público pode ainda degustar os caldos que o próprio Vitor ajuda a preparar.

Dentre os outros pratos que já foram servidos de graça no local, teve galinhada, arroz carreteiro, mas o carro-chefe mesmo são os caldos. Desde o de peixe ou feijão, até os mais fortes como o puchero ou o “atolado de carneiro”. A iguaria de nome curioso é na verdade uma sopa feita com a carne do animal e legumes, que é cozinhada por horas. 

Apesar da distância da região central, o local já atrai clientes de outros bairros de Campo Grande. “Grande parte dos nossos clientes migra de eventos no Centro, para vir aqui. Mas os próprios moradores elogiam o local pela proposta de trazer um diferencial para periferia, algo que eles não tinham aqui até pouco tempo atrás”, conclui.

O Curral Sertanejo fica na Rua Piraputanga, 1786, no Jardim Noroeste.

O estabelecimento abre as quintas-feiras, a partir das 20h, e aos sábados, a partir das 12h. A entrada é gratuita e o bar aceita cartões. 

Curta a página do Lado B no Facebook. 

O atolado de carneiro é um caldo feito com a carne do animal e legumes.(Foto: Adriano Fernandes)O "atolado de carneiro" é um caldo feito com a carne do animal e legumes.(Foto: Adriano Fernandes)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.