A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

05/06/2015 23:50

Com forró e cheiro de quentão, quadra da Igrejinha vira arraial do Cordão Valu

Naiane Mesquita
Cordão da Valu realizou o primeiro arraiá na sede da escola de samba Igrejinha (foto: Fernando Antunes)Cordão da Valu realizou o primeiro arraiá na sede da escola de samba Igrejinha (foto: Fernando Antunes)

Quando as primeiras bandeirinhas coloridas surgem no horizonte já sabemos onde é o arrasta-pé. O mês de junho chegou e com ele uma das festas mais animadas do nosso País.

Veja Mais
Grupo do RS apresenta espetáculo inspirado na literatura de Eduardo Galeano
Dono de hits de Carnaval, Léo Santana faz show amanhã em Campo Grande

Em Campo Grande, por incrível que pareça, quem puxou a fila foi o Cordão da Valu, tradicional bloco de rua carnavalesco que resolveu inovar este ano ao realizar o seu 1º Arraiá.

A festa aconteceu na noite desta sexta-feira, na sede da Escola de Samba Igrejinha. Várias barraquinhas foram montadas com a gastronomia tradicional da época: cachorro quente, espetinho, doces de milho, caldinho de feijão, além de um caprichado acarajé.

Em meio a todas essas misturas, o cheirinho de quentão era o mais convidativo, principalmente, pelo friozinho que fazia na região.

Eleuza e Marco Antônio espantaram o frio dançando um forró Eleuza e Marco Antônio espantaram o frio dançando um forró

Ajudando a compor o clima junino, muitos convidados foram vestidos a caráter, com vestidos coloridos, cheios de remendos e paletós engraçadinhos.

Marco Antônio Ferreira, 53 anos, era um dos animados para a festança. Acompanhado da mulher, Eleuza, ele deixou as duas filhas em casa e foi aproveitar a noite. "Minhas filhas não saem de casa porque não querem, mas a gente sai. Não tem esse negócio de idade para a gente não. No Carnaval nós sempre vamos, tudo que tiver alegria estamos juntos", diz.

De acordo com Silvana Valu, uma das organizadoras da festa, o dinheiro arrecadado será revertido para o Carnaval de 2016. "Nós sempre promovemos uma série de eventos para arrecadar dinheiro e como estava muito próximo do Carnaval, resolvemos este ano fazer a festa junina. A Igrejinha deu o espaço, tem cordões participando e o Cordão da Valu ajudou a organizar e chamar o público", explica.

Há nove anos transformando o Carnaval de Campo Grande, o Cordão da Valu pretende contribuir para o crescimento das tradições juninas na Cidade Morena. "Gostamos de tudo que tem ritmo e alegria", afirma.

A estratégia parece ter dado certo, a maioria do público que estava na festa costuma frequentar o Cordão da Valu. "Eu amo Festa Junina, gosto demais. Cresci no interior de São Paulo e lá é muito forte. Festa junina lembra a minha infância", acredita Jaimeina Ribeiro, 31 anos.

Acarajé fez sucesso no arraiáAcarajé fez sucesso no arraiá

Formada em história, Jaimeina conhece Silvana da faculdade e lembra que nunca gostou de Carnaval antes do Cordão. "Eu nunca liguei para Carnaval, mas ai eles começaram a fazer e quando eu vi estava indo todos os anos. É muito divertido, aqui também está ótimo", relembra.

A festa que começou por volta das 18 horas sem hora de acabar, ainda teve muita música ao vivo, com direito a forró e a tradicional quadrilha. Para quem não teve a oportunidade de estrear o vestido xadrez ou quer repetir a dose ainda terá muitas chances.

Confira a programação:

Arraial de Santo Antônio - 11 a 14 de junho

Nos 4 dias de Arraial de Santo Antônio haverá shows de artistas sul-mato-grossenses. A abertura será com Forró Zen, Edson e Eduardo, Delinha, Gilson e Júnior. No dia 13 de junho, está programada a tradicional missa em homenagem a Santo Antônio e no final da tarde carreata para a Praça do Papa em procissão carregando o andor com a imagem do Santo, padroeiro de Campo Grande.

Casório do Ano - 20 de junho

O Lado B prepara o tradicional Casório do Ano no dia 20 de junho. A alegria promete tomar conta da Tapiocaria Pernambucana com shows musicais, quadrilha, comidas típicas e um tradicional bolo de Santo Antônio recheado com alianças. Quem encontra a peça terá a sorte de encontrar um amor.

Arraiá do Capivarão - 26 de junho

A Associação Atlética de Administração da UFMS prepara pelo 4º ano consecutivo o Arraiá do Capivarão. Na descrição da festa no Facebook, a organização promete comidas típicas, doces, como paçoca e pé de moleque, além de correio elegante.




imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.