A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

05/06/2015 23:50

Com forró e cheiro de quentão, quadra da Igrejinha vira arraial do Cordão Valu

Naiane Mesquita
Cordão da Valu realizou o primeiro arraiá na sede da escola de samba Igrejinha (foto: Fernando Antunes)Cordão da Valu realizou o primeiro arraiá na sede da escola de samba Igrejinha (foto: Fernando Antunes)

Quando as primeiras bandeirinhas coloridas surgem no horizonte já sabemos onde é o arrasta-pé. O mês de junho chegou e com ele uma das festas mais animadas do nosso País.

Veja Mais
Festival das Artes é novo espaço da cultura e começa com mais de 10 shows
Humberto Gessinger, Ludmilla e Whindersson Nunes chegam no fim de semana

Em Campo Grande, por incrível que pareça, quem puxou a fila foi o Cordão da Valu, tradicional bloco de rua carnavalesco que resolveu inovar este ano ao realizar o seu 1º Arraiá.

A festa aconteceu na noite desta sexta-feira, na sede da Escola de Samba Igrejinha. Várias barraquinhas foram montadas com a gastronomia tradicional da época: cachorro quente, espetinho, doces de milho, caldinho de feijão, além de um caprichado acarajé.

Em meio a todas essas misturas, o cheirinho de quentão era o mais convidativo, principalmente, pelo friozinho que fazia na região.

Eleuza e Marco Antônio espantaram o frio dançando um forró Eleuza e Marco Antônio espantaram o frio dançando um forró

Ajudando a compor o clima junino, muitos convidados foram vestidos a caráter, com vestidos coloridos, cheios de remendos e paletós engraçadinhos.

Marco Antônio Ferreira, 53 anos, era um dos animados para a festança. Acompanhado da mulher, Eleuza, ele deixou as duas filhas em casa e foi aproveitar a noite. "Minhas filhas não saem de casa porque não querem, mas a gente sai. Não tem esse negócio de idade para a gente não. No Carnaval nós sempre vamos, tudo que tiver alegria estamos juntos", diz.

De acordo com Silvana Valu, uma das organizadoras da festa, o dinheiro arrecadado será revertido para o Carnaval de 2016. "Nós sempre promovemos uma série de eventos para arrecadar dinheiro e como estava muito próximo do Carnaval, resolvemos este ano fazer a festa junina. A Igrejinha deu o espaço, tem cordões participando e o Cordão da Valu ajudou a organizar e chamar o público", explica.

Há nove anos transformando o Carnaval de Campo Grande, o Cordão da Valu pretende contribuir para o crescimento das tradições juninas na Cidade Morena. "Gostamos de tudo que tem ritmo e alegria", afirma.

A estratégia parece ter dado certo, a maioria do público que estava na festa costuma frequentar o Cordão da Valu. "Eu amo Festa Junina, gosto demais. Cresci no interior de São Paulo e lá é muito forte. Festa junina lembra a minha infância", acredita Jaimeina Ribeiro, 31 anos.

Acarajé fez sucesso no arraiáAcarajé fez sucesso no arraiá

Formada em história, Jaimeina conhece Silvana da faculdade e lembra que nunca gostou de Carnaval antes do Cordão. "Eu nunca liguei para Carnaval, mas ai eles começaram a fazer e quando eu vi estava indo todos os anos. É muito divertido, aqui também está ótimo", relembra.

A festa que começou por volta das 18 horas sem hora de acabar, ainda teve muita música ao vivo, com direito a forró e a tradicional quadrilha. Para quem não teve a oportunidade de estrear o vestido xadrez ou quer repetir a dose ainda terá muitas chances.

Confira a programação:

Arraial de Santo Antônio - 11 a 14 de junho

Nos 4 dias de Arraial de Santo Antônio haverá shows de artistas sul-mato-grossenses. A abertura será com Forró Zen, Edson e Eduardo, Delinha, Gilson e Júnior. No dia 13 de junho, está programada a tradicional missa em homenagem a Santo Antônio e no final da tarde carreata para a Praça do Papa em procissão carregando o andor com a imagem do Santo, padroeiro de Campo Grande.

Casório do Ano - 20 de junho

O Lado B prepara o tradicional Casório do Ano no dia 20 de junho. A alegria promete tomar conta da Tapiocaria Pernambucana com shows musicais, quadrilha, comidas típicas e um tradicional bolo de Santo Antônio recheado com alianças. Quem encontra a peça terá a sorte de encontrar um amor.

Arraiá do Capivarão - 26 de junho

A Associação Atlética de Administração da UFMS prepara pelo 4º ano consecutivo o Arraiá do Capivarão. Na descrição da festa no Facebook, a organização promete comidas típicas, doces, como paçoca e pé de moleque, além de correio elegante.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.