A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

04/08/2013 22:34

Com pegada eletrônica, dupla traz irreverência dos shows para o DVD

Paula Maciulevicius
Irreverência da dupla foi colocada na gravação do DVD, o primeiro da recente carreira de Bruninho e Davi. (Fotos: Cleber Gellio)Irreverência da dupla foi colocada na gravação do DVD, o primeiro da recente carreira de Bruninho e Davi. (Fotos: Cleber Gellio)

O ginásio do Rádio Clube Campo foi transformado em balada eletrônica. O jogo de luzes, que para o palco direcionava azul, para o público, estimado em 5 mil pessoas, brincava com flashes. A irreverência da dupla foi colocada na gravação do DVD, o primeiro da recente carreira de Bruninho e Davi.

Veja Mais
Antiga casa noturna virou 2 na Afonso Pena e reabre com lounge e pub sertanejo
Avião de Xuxa faz pouso de emergência após ser atingido por raio

Campo-grandenses eles trouxeram para o show exatamente aquilo que são, descontraídos, eles brincaram no palco e não apresentavam nervoso algum mesmo com as parcerias de peso, como Michel Teló, Jorge e Mateus, João Bosco e Vinícius e Léo Verão e Daniel Freitas.

Antes de subir ao palco, Davi conversou com o Lado B, disse estar muito feliz com um público em massa que compareceu mesmo diante de uma segundona à vista. “Amanhã tem gente que trabalha, por isso vamos começar cedo e as grandes participações dos caras vão só fazer no nosso show o melhor”, comentou.

Com uma carreira só começando e tendo como padrinho Michel Teló, a dupla diz que sempre sonhou com este domingo. “São três anos de estrada e a gente sempre estava pensando nisso”, contou Davi.

Padrinho da dupla, Michel Teló foi a primeira grande atração a subir no palco. Padrinho da dupla, Michel Teló foi a primeira grande atração a subir no palco.

Marcado para 18h, eles abriram a gravação às 20h, numa batida eletrônica que brincava com o hit que lançou a dupla “Se namorar fosse bom”. Bruninho e Davi entraram no palco ‘lançados’ por uma cadeira que corria pelo cenário e claro, foram aplaudidos pelo público.

Padrinho da dupla, Michel Teló subiu logo ao palco porque ainda tinha show para fazer na Bahia. Ele pediu uma salva de palmas aos amigos. “Se depender da torcida da galera de Campo Grande e de Mato Grosso do Sul eles vão arrebentar com tudo”, gritou ao público.

Carismático como sempre até quando não há tempo para entrevistas, Michel Teló conversou com a equipe, acompanhado da namorada Thais Fersoza, enquanto se dirigia para o palco. Depois do hit “Ai se eu pego”, nenhuma outra música emplacou de tal modo e questionado se sente saudades, Michel foi quem perguntou de volta.

“Saudades? Como assim saudade? Eu continuo tocando, a gente está trabalhando bastante. Hoje mesmo tenho show 100 quilômetros de Porto Seguro ainda”, brincou. A presença de Thais é constante na agenda de shows. “Ela está acompanhando sempre, mesmo gravando ela consegue”, disse.

No palco o cenário montado era de uma cidade e a pista que automaticamente convidavam o público a uma viagem. Entre as placas de Leste e Oeste, até a rodovia federal que corta o Estado estava lá, a BE-163.

O DJ que comandava as batidas eletrônicas estava dentro de um bar. No balcão, a tela de led projetava imagens de cidades e do nome da dupla. Quem prestava atenção no palco volta e meia via alguém entrando e saindo por uma plataforma que corria o palco de cabo a rabo. Assim como nos clipes, o show também teve a participação de amigos que entravam com roupas de banho e moda praia.

Foi só na quinta música que eles de fato agradeceram e cumprimentaram o público como manda o protocolo. Mas o carisma, fã e amigos, juram que é o mesmo estando eles nos holofotes ou não.

“Toda a banda é assim, do mesmo jeito que eles são no palco, são entre os amigos, muito simples”, disse a estudante Talita Dannous, de 15 anos.

Atraída pelas atrações nacionais, a farmacêutica Ana Helena Gimenes, de 23 anos, prestigiou o show ao lado da irmã. “Está bacana e muito criativo o palco”, comentou.

Teve gente que veio de longe para aproveitar a gravação. O bancário Adriano Weirich, 27 anos, conseguiu combinar a folga com o show e veio da cidade de Marechal Rondon, no Paraná, só para ver de perto a dupla. “A propaganda era grande e foi tudo verdade. O show está legal, a galera animada e a mulherada linda”, falou. O rapaz ainda enfrenta 6h de viagem nesta segunda-feira, de volta pra casa.

Músico, Hugo Meza, de 23 anos, avaliou a estrutura como à altura de quem quer chegar aonde querem os meninos. “Uma coisa violenta, eles realmente estão preparados para o que querem, que é nível nacional, o visual está muito legal e eles estão muito tranquilos, o que mostra a preparação”, acredita.

No palco o cenário montado era de uma cidade e a pista que automaticamente convidavam o público a uma viagem. No palco o cenário montado era de uma cidade e a pista que automaticamente convidavam o público a uma viagem.



MA-RA-VI-LHO-SO,melhor definição pra esse show,muito sucesso Bruninho e Davi.
 
Eliane Soares Leite em 05/08/2013 08:26:18
Show de bola. Parabéns Bruninho e Davi !
 
Gabriel Lescano em 05/08/2013 02:51:02
DESEJO VCS MUITO SUCESSO,E PONHA SEMPRE DEUS EM PRIMEIRO LUGAR.
 
osvaldo willian da silva em 04/08/2013 23:17:56
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.