A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

01/04/2016 06:45

De profissionais a amadores, festival quer novos talentos no palco

Adriano Fernandes
O 1° Festival Tudo de Arte terá palco livre para entusiastas da arte, sejam profissionais ou amadores. (Foto: Divulgação)O 1° Festival Tudo de Arte terá palco livre para entusiastas da arte, sejam profissionais ou amadores. (Foto: Divulgação)

No 1° Festival Tudo de Arte que acontece neste fim de semana, a proposta é reunir as mais variadas manifestações artísticas, sejam elas amadoras ou profissionais. Da poesia à dança, e para todas as idades, o palco vai ser livre para quem quiser mostrar talento, nem que seja pela primeira vez, e com direito a plateia e julgamento especializado.

Veja Mais
Coletivo de DJs organiza festas com música para 'dançar mais e reparar menos'
Com poucas opções, veja onde curtir as festas de fim de ano em Campo Grande

A peça Amor é um dos principais espetáculos do coletivo e que em breve, retorna em cartaz em Campo Grande. (Foto: Divulgação)A peça "Amor" é um dos principais espetáculos do coletivo e que em breve, retorna em cartaz em Campo Grande. (Foto: Divulgação)

O evento é organizado pelo Grupo Casa, que além de oferecer oficinas de teatro para crianças e jovens, também é um dos principais coletivos de arte da cidade. De acordo com a atriz Ligia Prieto, diretora do grupo e também uma das organizadoras do festival, a ideia surgiu da necessidade de fomentar o cenário artístico em Campo Grande.

“Paralelo as oficinas que nós já ministramos no grupo, nós vimos a necessidade que os nossos próprios alunos já tinham de experimentar estar em um palco, de frente para uma plateia. Foi quando decidimos fazer um festival aberto, que não fosse restrito apenas aos profissionais ou alunos e também proporcionar essa experiência, para novos artistas”, comenta.

Os inscritos serão avaliados pelos professor e doutor em artes cênicas Marcus Villa Góis, o ator e diretor do Circo do Mato Mauro Guimarães, o também ator e acrobata Marcelo Silva e ainda o cineasta Fábio Flecha e o diretor e produtor Kleberson Cespede. “Conforme estes trabalhos vão sendo apresentados, eles serão avaliados de acordo com a presença e o domínio de palco dos participantes em cena”, comenta.

Para participar, todas as cenas inscritas têm de ter, no máximo, dez minutos e ter classificação livre.

De acordo com a organizadora, o evento também é uma oportunidade do público campo-grandense conhecer novos talentos. “Estes novos artistas vão poder apresentar suas propostas para uma plateia que está afim de vêr gente nova em cena. Que procura a arte”, conclui.

“A ideia é que os próprios participantes vendam seus ingressos para o público de sua preferência e de certa forma, possam se ressarcir do dinheiro que investiram para inscrição”, explica Lígia.

O 1° Festival Tudo de Arte acontece nos dias 01 e 02 de abril, a partir das 20 horas, no Teatro Aracy Balabanian, do Centro Cultural José Octávio Guizzo. Os ingressos oserão vendidos por R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia).

Curta a página do Lado B no Facebook. 

O Grupo Casa oferece oficinas para crianças e jovens. (Foto: Divulgação)O Grupo Casa oferece oficinas para crianças e jovens. (Foto: Divulgação)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.