A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

03/06/2013 20:50

Depois de anos de reclamações dos vizinhos, donos vendem o Santa Fé

Nyelder Rodrigues e Viviane Oliveira
Casa de show é alvo constante de reclamações por causa do som alto e da bagunça feita no lado de fora (Foto: Arquivo)Casa de show é alvo constante de reclamações por causa do som alto e da bagunça feita no lado de fora (Foto: Arquivo)

O casa de shows Santa Fé, que fica na rua Brilhante, em Campo Grande, foi vendida depois das inúmeras reclamações dos vizinhos. A venda foi confirmada pelo ex-gerente do local, Vanderlei Rodrigues de Souza, que não citou os compradores nem confirmou o motivo.

Veja Mais
Humberto Gessinger, Ludmilla e Whindersson Nunes chegam no fim de semana
Ex-jogador de futebol abre diversão diferente: o jogo de sinuca com os pés

Um dos moradores da região, o professor universitário Mário Márcio Cabreira, de 51 anos, inimigo número um da casa, conta que o local estava interditado desde o dia 4 de abril, mas realizava shows mesmo assim.

O professor enviou ofício à Polícia Militar (PM) e Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), pedindo que fosse cumprida a interdição. “Esse seria o quarto show depois que a casa foi interditada”, relata Cabreira, se referindo a apresentação que aconteceria sábado (1), mas foi barrada. Estava tudo pronto para o evento, mas a festa teve de ser transferida para o bar Miça, na Afonso Pena.

O ex-gerente da casa afirma que os shows eram realizados por força de liminar concedida ao estabelecimento. Ele confirma que o motivo da interdição era o som alto do local, que conforme explicou, estava acima do limite de decibéis permitidos.

“Para sanar o problema o teto e as paredes foram revestidos, mas a Semadur ainda não tinha liberado porque não possuem o decibelímetro [aparelho usado para medir intensidade de decibéis no som]”, comenta Vanderlei.

Além disso, ele garante que os novos donos vão reformar o local para tentar sanar o problema de uma vez por todas, e fazer com que o estabelecimento seja liberado para o funcionamento, sem que incomode os moradores da vizinhança.

Porém, nem só o alto som vindo do Santa Fé incomoda os vizinhos. A bagunça em frente e nos arredores da casa também gera reclamações. Em uma das situações, houve até morto. No dia 28 de outubro do ano passado, o jovem Ike César Gonçalves, de 29 anos, foi morto pelo policial militar Bonifácio dos Santos Júnior, de 36 anos.

O Campo Grande News entrou em contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura para ter mais informações da Semadur sobre a interdição, entretanto, até o fechamento da matéria não obteve retorno.




Tá na hora de CG progredir, do povo parar de ter essa mente pequena,não se pode nada aqui, bando de gente sem educação-no trânsito, na rua, no comércio,parece mais cidade do interior mesmo...concordo que havia muita desordem na frente do estabelecimento nos dias de show,deveria haver mais controle com relação a isso,mas duvido que o som de dentro incomodasse, fui frequentadora assidua do local-torço para q ele volte a funcionar-qdo saia de lá não conseguia ouvir o barulho de dentro, é birra mesmo, implicância desse "adorável" morador...há qto tempo existe casa de shows ali, antigamente Atualmente Choperia, q antes disso devia existir outra coisa, e por aí vai...não quer barulho, vá morar no mato...
 
Ana Carolina em 09/01/2014 21:19:11
as pessoas que reclamam de som alto e festa são as mesmas que deixam os filhos pequenos ficar pulando no apto de cima, quebrar vidraças, riscar carros de vizinhos e passam o dia fazendo fofocas e intrigas de vizinhos, é gente mal humorada, que xinga no transito, que não se da bem nem com parentes. Então pense bem e tente mudar o modo de pensar e deixe os jovens se divertirem sem ficar inventando historias. FIKADICA!!!
 
fernando alves em 08/06/2013 15:08:16
Quem acha que Campo Grande é uma cidade de velhos, deveria ir embora. Aliás, se você despreza os idosos, diga isso na cara de seus pais e seus avôs, renuncie à sua herança e ao seu nome, se já é adulto e trabalha, indenize seus pais e vá embora, porque tudo que você tem veio de "velhos".

Campo Grande é uma cidade de gente trabalhadora que tem o direito de dormir à noite, ou vocês acham que as grandes cidades foram construídas na base da bebida e som alto? Será que São Paulo é o que é hoje por causa de suas boates?
 
Guilherme Arakaki em 06/06/2013 23:17:47
tem que proibir mesmo pois o povo desta cidade confunde diversão com vandalismo e falta de respeito
 
Jormund Elver em 04/06/2013 22:25:37
devem alugar para alguém montar uma granja , igual era antigamente , vai que a vizinhança gosta de animais , aves , ração , pássaros , comprar ração para as galinhas , piriquito , etc ... neste local existia a granjinha , aí não vão reclamar espero .
 
Roger Lopes em 04/06/2013 21:06:53
vamos para a rampa do estádio lá vão liberar, logo vcs verão há e não tem residência próximo um abraço a todos
 
arnaldo cezar dutra em 04/06/2013 19:52:22
Os "jovens" da capital não tem NENHUM bom senso! Os vizinhos de locais de shows, bares, boates e afins, são obrigados a conviverem com cheiro de urina, som altíssimo, muito lixo, e muita, mas muita bagunça. Ninguém é contra diversão SAUDÁVEL, mas deve-se ter bom senso em não colocar essa algazarra toda em áreas residenciais. Os empresários do entretenimento é que devem procurar locais que se adaptem aos "jovens que necessitam diversão".
 
Lincoln Cortez em 04/06/2013 19:16:09
Campo Grande é mesmo uma capital??????
Cidade muito linda, até se destaca das outras capitais, mas não se pode nada aqui...!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
Lenita Santos em 04/06/2013 16:42:48
Não sei se a cidade tem um planejamento urbano eficiente, mas em todas as grandes capitais, casas de shows ficam em bairros comerciais e, eventualmente, industriais. Bairro comercial é parte daquela região da Calógeras, do centro até a altura, mais ou menos, do Comercial Tucano, no quadrilátero com a 14 e 13 . Portanto, os investidores deveriam comprar prédios, pavilhões ali, por exemplo, aproveitar o local ou derrubar para construir seu lugar para shows. Lá é certeza que não há residencias. Os caras têm que ter um mínimo de conhecimento urbano para investir, procurar o mapeamento da prefeitura, etc. Não adianta comprar no lugar que é barato ou badalado. tem que ter planejamento.
 
Fabiano Silva em 04/06/2013 16:21:38
Concordo Campo Grande e Linda, mas o pessoal da noite não sabe aproveitar, e so bagunça, capotamento de carro, acidente de moto , radar para te roubar e outras tristezas.
 
Rogerio Machado em 04/06/2013 16:19:07
li de tudo que aqui so tem casa de colchoes, que e cidade de velhos, cidade caipira e mto mais, quem nao esta contente com CG, que mude pra outra cidade que achar melhor, tb acho que deve ter opcoes de shows sim, mas quem nao concorda e pq nao mora perto dessas baguncas, todos nos temos o direito de divertir desde que nao atrapalhe o sossego e sono dos outros. o que mais tem e VAGABUNDO, fazendo baderna na proximidade ou em frente essas festas. #FICAADICA# acha que cg nao serve e so mudar. e boa VIAGEM.
 
Carlos Gomes em 04/06/2013 14:19:20
Nem tanto pelo som alto que isso pode-se dar jeito, o problema maior é a falta
de educação de quem fica do lado de fora ou quando saem da casa, gritaria, som alto
nos carros, brigas, cavalos de paus, tudo isso bem longe das casas dos frequentadores
que moram em outros bairros que com certeza, passam por "bons filhos" de papai.
 
Victor Antunes em 04/06/2013 13:19:08
concordo com todos os comentarios mas as pessoas so ainda nao reparam que moramos em uma capital q nao se pode fazer nada que vem alguem e proibe, detalhe se fizerem uma casa de show distante, muitos vao morar proximo para ganhar com o novo local, qdo envelhecer vao reclamar do barulho e pedir pra fechar, essa e a realidade campograndense.
 
reginasilva em 04/06/2013 12:36:31
Isso sempre foi vendido e sempre foi casa de shows. O novo comprador sabe que é um local "bom" para show, so vai reformar e vai continuar..só bobo para acreditar que um local onde se ganha mto $$ vai fechar...
 
Leticia Nogueira em 04/06/2013 11:24:14
Aoooo Campo Grande, quem sabe quem comprou não vai abrir mais uma bela farmácia? ou de repente uma loja bem grande de colchões?
 
Lizeti Aparecida Zanineli em 04/06/2013 11:23:40
CAMPO GRANDE: NÃO TEM SHOWS E SIM BADERNAS AS PESSOAS AQUI NÃO SABEM SE DIVERTIR E RESPEITAR O ESPAÇO DOS OUTROS.
 
FABIO SANTANA em 04/06/2013 11:20:08
Também... é como querer abrir açougue dentro de um canil. Como querem colocar casa de eventos ao lado de residências? Quem está reclamando que se mude ao lado de uma ! !
 
Lincoln Cortez em 04/06/2013 10:59:38
O PESSOAL QUE RECLAMA DOS SHOWS, DEVERIAM DAR UMA IDEIA DE ONDE PODERIÃO SER! E NÃO APENAS DIZER QUE TEM "VÁRIOS LUGARES"... A CAPITAL ESTA PARECENDO VILA DE CIDADE DO INTERIOR! NÃO TEM UM LUGAR ONDE NINGUÉM RECLAME, POIS ENTÃO DEIXEM UMA DICA DE ONDE PODERIA SER OS MELHORES LUGARES PRA SHOWS.
 
Dieme Garcia em 04/06/2013 10:58:57
Concordo com a Aline, Campo Grande é uma cidade que não tem nenhuma atração turística que preste, serve somente como passagem para quem vai para o Pantanal ou para a Serra da Bodoquena. A única coisa que movimentava algum dinheiro aqui eram grandes shows como a Expogrande, que só agora foi liberada. Lamentável mesmo!
 
Léia Campos em 04/06/2013 10:53:59
Também, esse povo só pensa em fazer casa de show em bairros residenciais, se toca, ninguém merece dormir com som alto. Temos vários lugares não residenciais para shows, e muitos, é só procurar. O problema mesmo não são as casas de shows e sim a bagunça que os arruaceiros fazem nas imediações, ligando o som do carro no último volume. Ninguém merece mesmo.
 
Maria Vieira em 04/06/2013 10:35:43
Nossa capital pode ter quantas casas de shows quiser, é só não colocá-las em bairros residenciais!!!
 
Maria Linda em 04/06/2013 10:17:25
É lamentável! Mais uma casa de show fechada. Li uma matéria dia desses dizendo uma grande verdade:...Campo Grande não merece investimentos em grandes eventos, toda vez é preciso ir para a justiça, aqui só se aceita FARMÁCIAS e LOJA DE COLCHÕES. Os jovens principalmente não tem onde divertir-se... qualquer local que se pense em fazer shows em Campo Grande é barrado ou por ambiental, prefeitura ou população... triste realidade desta bela capital.
 
Cristina Santos em 04/06/2013 10:03:00
Daqui uns tempos Campo Grande sera uma cidade de velhos que não se podem ter shows, serei o primeiro quando poder sair daqui, com radares roubando seu bolso e sem lugar de lazer ou casas de shows as pessoas mais jovens vão para outra cidade, assim como eu.
 
Wesley Soyza em 04/06/2013 09:10:35
NOSSA CIDADE É UMA CAPITAL E NÃO INTERIOR... SAIBAMOS APROVEITAR E INVESTIR EM TURISMO DE EVENTOS QUE É A ÚNICA OPÇÃO LUCRATIVA DE TURISMO EM CAMPO GRANDE / MS!!!
 
Aline S. Eugênio em 04/06/2013 07:37:56
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.