A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

20/08/2015 17:11

Dono da Sagarana cria campanha no Facebook para continuar funcionando

Lucas Arruda
Campanha no Facebook pede liberação de licença da Semadur. (Foto: Reprodução Facebook)Campanha no Facebook pede liberação de licença da Semadur. (Foto: Reprodução Facebook)

“Dependo da renda que conseguia com os eventos feitos em minha chácara”, diz o produtor Zegui Almeida que está impedido de fazer os eventos na chácara Sagarana por causa de um atraso na liberação de licença da Prefeitura. Cansado de esperar ao documento, ele resolveu começar uma campanha no Facebook para tentar mobilizar as pessoas e acelerar o processo, burocracia que virou uma problema em Campo Grande, por conta da demora.

Veja Mais
"Toma aqui uns 50 reais", Naiara Azevedo abre fim de semana eclético
Ludmilla é uma fofa e mostra o que o funk pode ensinar ao nosso sertanejo

Zegui postou um desabafo na rede social. Depois publicou uma foto do filho, outra do pai e mais uma da avó segurando cartaz com as hashtags #alvarasagarana #vaisemadur. “Esse alvará está demorando muito, espero que as redes sociais me ajude a acelerar este processo”, reflete.

Até avó entrou na campanha. (Foto: Reprodução Facebook)Até avó entrou na campanha. (Foto: Reprodução Facebook)

A última festa realizada na Chácara Sagarana foi em maio deste ano, a Sarasvati. Zegui tinha em mãos apenas os protocolos dos pedidos dos alvarás, a Polícia Militar esteve no local e acionou o corpo de Bombeiros para evacuar a festa. Depois dela o local foi interditado por falta de alvará. “Subi em um freezer e dizer para os convidados que a festa estava encerrada e que as autoridades pediram para que o local fosse evacuado em trinta minuto”, conta.

Para realizar novas festas na chácara é necessário ter um alvará da Polícia Civil que permite eventos com grande concentração de pessoas. Para conseguir este alvará é preciso três licenças: uma da Vigilância Sanitária, uma do Corpo de Bombeiros e uma da prefeitura.

O produtor afirma que tenta as licenças desde o ano passado. Das três, a única que Zegui ainda não conseguir foi a Licença Prévia Ambiental, requerida pela última vez na Semadur (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano) no dia 14 de julho. “Quando fui lá e fiz o requerimento não me deram um prazo, disseram que por conta dos poucos funcionários e do excesso de pedidos não saberiam quando essa licença estaria pronta”, explica.

Até a publicação desta matéria a publicação do facebook já havia tido 38 compartilhamentos e quatro amigos de Zegui tiraram uma foto com as hashtags em apoio à campanha.

Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, a Semadur vinha enfrentando problemas gerenciais e está efetuando mutirões para normalizar os processos pendentes em todos os setores.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.