A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

27/11/2016 07:15

Em Corumbá, bar rústico tem vista privilegiada com direito a jacaré e sucuri

Além de um lindo por do sol, cliente vê com frequência animais do Pantanal

Thailla Torres
Lugar tem um pôr do sol incrível e aproxima cliente da natureza. (Foto: Reprodução Facebook)Lugar tem um pôr do sol incrível e aproxima cliente da natureza. (Foto: Reprodução Facebook)

Com toda a varanda voltada para o Rio Paraguai, o convite especial fica por conta de uma paisagem encantadora. É assim no Bar do Gelson, em Corumbá, construído para quem curte música boa e o Pantanal.

Veja Mais
"Toma aqui uns 50 reais", Naiara Azevedo abre fim de semana eclético
Ludmilla é uma fofa e mostra o que o funk pode ensinar ao nosso sertanejo

Além do repertório de pop e rock, bebida gelada e animação, o lugar tem um espetáculo da natureza diário. O que chama atenção é a proximidade com animais silvestres que muitas vezes chegam pertinho do local, onde a diversão é contemplar. 

Além de um por do sol magnífico, refletido na água do Rio Paraguai, tem o encanto dos pássaros e a presença de jacarés diariamente. Quem tiver sorte, as vezes se impressiona com a beleza da sucuri, que as vezes também dá 'as caras' por ali. "Isso já é normal por aqui. Muita gente vem pela natureza e a sucuri aparece sempre. As vezes fica uns três ou quatro dias por aqui. Aí vira uma atração", diz o proprietário Gelson Luiz Faoro, de 56 anos.

Sucuri aparece de vez em quando ao lado do estabelecimento. (Foto: Reprodução Facebook)Sucuri aparece de vez em quando ao lado do estabelecimento. (Foto: Reprodução Facebook)

Nascido no Rio Grande do Sul, a ligação com a região pantaneira começou em 1986, quando veio com a família. Gelson foi o responsável pela construção da Marina de Corumbá, onde trabalha até hoje. "Vim para trabalhar em uma empresa de exportação, mas sou meio inquieto e sempre almejava algo maior. Comecei a viajar e ver algo que incorporasse a nossa cidade", conta. 

A construção da Marina teve apoio dos familiares, diz ele. "Fomos construindo aos poucos, acreditando no potencial de Corumbá. Todo dia a gente colocava a mão na massa. Hoje a gente continua trabalhando cuidando os barcos, lavando, tirando e colocando no rio", explica.

A ideia do bar veio depois, mas já era sonho antigo. Ali, Gelson quis a oportunidade de colocar o público frente a frente com a natureza, na busca de mostrar as pessoas um pouco do que o Pantanal tem de mais belo. "O lugar é simples, mas isso daqui pra mim é o paraíso. Muitas pessoas nem imaginam essa paisagem ou nem olham pra Corumbá com a mesma beleza. Por isso, eu quis o bar aqui na beira do rio", justifica.

Detalhe de um dos cantinhos do bar. Detalhe de um dos cantinhos do bar.
Caldo de piranha é uma dos aperitivos mais pedidos.Caldo de piranha é uma dos aperitivos mais pedidos.

O lugar tem um jeito simples, feito de tijolinhos à vista e uma decoração rústica. Para quem gosta de cervejas, o lugar oferece mais de 30 marcas especiais que variam entre R$ 8,00 e R$ 20,00. No cardápio, o menu principal é a variedade de peixes. "Tem pacu, pintado e filé de pintado. Além de carpaccio e porções de boteco", diz. 

Mas o carro-chefe do bar é o caldo de piranha. "Esse não tem jeito, é a preferência, porque depois de uma boa cervejada, o caldo de piranha ajeita tudo", brinca.

Como a natureza é um dos principais atrativos, o dono reforça que o consumo é da contemplação. "Todo mundo acha lindo, mas deixo claro que não se pode exagerar. Animal silvestre tem seu espaço e tudo tem limite, no máximo pode olhar, tirar foto de longe e ficar admirando. Eu falo que não precisa ter medo, mas é necessário respeitar o espaço deles, estamos na beira do rio", reforça.

Se pensa em deixar Corumbá? A resposta é dada com entusiamo. "Também sou descendente de italiano e sou louco para trabalhar. Eu viajei muito e fui experimentando a vida. Mas nada se compara a Corumbá, isso daqui é o paraíso e sei que hoje encontrei o meu caminho", declara. 

O Bar do Gelson fica na Rua Aquidauana, as margens do rio Paraguai. Abre de quarta a domingo a partir das 16h.

Curta o Lado B no Facebook.

Lugar ficar às margens do Rio Paraguai e abre de quarta-feira à domingo. (Foto: Reprodução Facebook)Lugar ficar às margens do Rio Paraguai e abre de quarta-feira à domingo. (Foto: Reprodução Facebook)



Melhor lugar. Melhor família.
 
Wilame Morais em 28/11/2016 00:48:45
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.