A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

25/08/2012 15:39

Esquina 20 fecha com festa de despedida cheia de clientes que viraram amigos

Ângela Kempfer e Anny Malagolinni
Bar lotado em dia de despedida no Esquina 20. Bar lotado em dia de despedida no Esquina 20.
Zazá recebe carinho de clientes que há anos frequentavam o esquina 20.Zazá recebe carinho de clientes que há anos frequentavam o esquina 20.

Não teve volta e o Esquina 20 fechou. Não vai mais funcionar no cruzamento da 7 de Setembro com a 13 de Junho, junção que batizou o bar há 24 anos. Ontem, a casa abriu para despedidas, lotada de clientes com as famílias.

Veja Mais
Mais uma baixa na cidade: Esquina 20, bar da cerveja com pipoca, fecha em agosto
Humberto Gessinger, Ludmilla e Whindersson Nunes chegam no fim de semana

A sugestão foi de frequentadores assíduos, um apoio moral ao proprietário Isaias Furtado, o Zazá. Um encontro divertido, mas só para atenuar a tristeza. “Foi aqui que eu aprendi a me relacionar, fiz uma vida”, comenta o dono, um senhorzinho de 74 anos.

Nas paredes, dezenas de recados dos clientes mostravam o carinho pelo ex-garçom que conquistou a clientela pelo estômago e com algumas novidades, como a cerveja com pipoca.

“Recebi com tristeza a notícia. Aqui não é um lugar de modismo, sempre teve clientes fiéis. Eu percebo que em Campo Grande a valorização só vem no momento em que o negócio termina”, reclama Raquel Anderson, de 48 anos.

O jeitinho “carinhoso” de tratar os clientes é outro diferencial do Esquina 20. Zazá criou um personagem ranzinza e, por mais estranho que pareça, agradou.

“Sou deliciosamente ofendido pelo Zazá há 20 anos e todos os amigos que apresentamos também”, diz o servidor público Eduardo Gutierez, de 50 anos.

O que não vai desaparecer são as lembranças deixadas por um dos pontos mais tradicionais de Campo Grande. “Sempre trazia pessoas de fora, era a melhor opção. O Zazá sempre nos fazia ouvir a Voz do Brasil, um clássico do bar”, lembra.

Zazá já anotou os telefones para chamar a freguesia quando encontrar outro ponto na cidade. Já tem lista com 110 assinaturas e proposta de locação no bairro Monte Líbano e outras ideias de parceria.

“Não construímos muita coisa, mas a amizade que tivemos com nossos clientes foi nosso maior ganho, sem contar a experiência e aprendizado”, comenta a esposa, Luzinete de Oliveira, a Lu.

O bar teve de fechar porque o proprietário do imóvel morreu, a viúva também e os filhos resolveram vender a área, quase meio quarteirão entre a 7 e a 13.




Uma pena! No Esquina, comi uma das melhores feijoadas da cidade......
 
Adriany Vital em 27/08/2012 12:42:26
Pela matéria percebi que este Sr. é realmente muinto especial. Éra tipo ranzinza mas transmitia calor humano aos clientes. Aqui em Dourados temos o Moacir da Vila Celeste e ex propietário da Chalana que é muinto dedicado aos seus clientes.
 
Donizete Aparecido França em 25/08/2012 10:06:50
Ontem foi um dia especial e triste. Fui levar meu abraço de gratidão ao meu querido amigo Zazá e ao Ari, que sempre serviu amizade e deliciosos paulistinhas com pipoca. Sentirei saudades das ofensas do Zazá e das reuniões com os amigos. Espero ser mau tratado muito em breve em outro lugar.
 
Eduardo Gutierrez em 25/08/2012 10:01:20
Os amigos poderão continuar em contato com o Zazá e a Lu pelo facebook esquina vinte.
 
Sandra Regina Furtado Pedriali em 25/08/2012 08:20:59
Agradecemos a equipe deste meio de comunicação o carinho e a atenção dispensada a esse momento importante na vida de meu pai. Ele sempre foi muito honesto e trabalhador. Um exemplo para todos nós! Hoje já com a saúde comprometida precisa de cuidados e carinho. Chegou a hora de curtir a vida! A demostração de carinho de todos os clientes e amigos deixou a todos nós emocionados. Muito obrigada!!!
 
Sandra Regina Furtado Pedriali em 25/08/2012 08:09:00
Maristela, vc de certo nao tem noção de dinheiro, parou pra imaginar quanto custa uma área daquele tamanho???
 
Jefferson em 25/08/2012 07:10:40
Maristela, para onde foi o cachorro quente do baiano?? E sim, o Zazá vai abrir novamente e todos irão até ele, eu vou pelo menos!!!! Pena que eu não fiquei sabendo dessa despedida. Passei muitas alegrias nesse bar, muitas comemorações! Saudades!
 
Andrea Lucia em 25/08/2012 06:49:22
para comentarmos certos assuntos no minino temos que conhecer parte da historia,para que nao cometamos injustiça,zaza so nao comprou a area em trabalhava porque ninguem fica rico pagando seu impostos e aluguel em dia .isto nao e mais do q obrigaçao de pessoas honestas,como o senhor izais.se fosse mau pagador ja teria ido para o ispaço a muito tempo.zaza campo grande ti ama,parabens.
 
Julio Marcos em 25/08/2012 06:48:58
Se o sr. Isaias estava há 24 anos no mesmo lugar, porque não comprou o imóvel? Se faz tanto sucesso, porque não muda de lugar então? Onde for seus clientes o seguirão. Como foi o caso do cachorro quente do Baiano que ficava na Av. Afonso Pena e agora está num local melhor na Barão do Rio Branco.
 
Maristela C. Brandão em 25/08/2012 04:04:44
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.