A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

03/06/2015 09:58

Festa de música eletrônica alternativa comemora um ano com filha de Raul Seixas

Aline Araújo
A última edição reuniu mais de mil pessoas. (Foto: Divulgação)A última edição reuniu mais de mil pessoas. (Foto: Divulgação)

A primeira festa começou tímida, com apenas 30 pessoas. Os amigos que gostavam de música eletrônica e estavam sentindo falta de um espaço que contemplasse várias vertentes se reuniram e assim surgiu a Technofighters.

Veja Mais
"Toma aqui uns 50 reais", Naiara Azevedo abre fim de semana eclético
Ludmilla é uma fofa e mostra o que o funk pode ensinar ao nosso sertanejo

Agora a festa completa um ano e já atrai mais de mil pessoas por edição. Já veio DJ do México, convidado do Uruguai, e a próxima atração, no dia 13 de junho, é uma queridinha da cena eletrônica nacional, Vivi Seixas, primeiro conhecida como filha de Raul Seixas, mas há muito dona da própria fama como DJ.

Renato Tulux, de 30 anos, organizador da festa, deixa claro que ela foi convidada pela qualidade do som que apresenta, o sobrenome, é só para registrar o DNA na música. “A gente busca continuar mantendo viva a música eletrônica na cidade, trazendo atrações inéditas e sempre mudando o jeito de fazer festa”, comenta.

Renato e a Dj Moon, que veio do México. (Foto: Divulgação)Renato e a Dj Moon, que veio do México. (Foto: Divulgação)

Em um ano, já teve edição em chácara, mansão, haras...A ideia foi sempre explorar novos lugares e o público ia atrás. Renato é grato pelos amigos que abraçaram a causa e ajudam a divulgar o evento no boca a boca. Eles colocam alguns banners, mas nada de fly, uma escolha pensada pelo meio ambiente.

A festa tem uma parceria com o EcoPlantar, assim todo lixo produzido no evento vai direto para a reciclagem. “A gente faz tudo que a gente pode para não acumular lixo, por isso a divulgação é pela internet e queremos cada vez ser mais ecologicamente correta”, afirma.

A ideia é celebrar. (Foto: Divulgação)A ideia é celebrar. (Foto: Divulgação)

A próxima edição vai ser no por do sol, um sunset das 16h até às 2h da manhã. A festa mantém a ideia inicial de unir tecnologia e natureza, com a música que começou mais underground e hoje, além de valorizar os DJs de Campo Grande, busca atrações que as pessoas que curtem o estilo querem muito ver.

“Eu chamo de celebração, porque a gente quer unir quem gosta dessa diversidade musical e dar mais opção para a galera. A nossa ideia sempre foi fazer o que não é feito, uma festa grande, mas com cara de encontro entre amigos”.

O nome do evento já virou uma marca e agora é levado para outros estados. Renato ressalta sempre que não leva apenas o nome e os moldes da festa, mas também o orgulho de ser algo que começou em Campo Grande, Mato Grosso do Sul e agora ganha Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro.

A Techenofighters Privilege Suset Day, começa às 16h no dia 13 de junho e vai até as 2h. Além da Vivi Seixas tocam convidados de Campo Grande. Os ingressos custam R$ 30,00 antecipados e R$ 50,00 na hora. A festa será no Rota Acústica, Rua Desembargador Leão Neto do Carmo, sem numero, em frente a Uniderp Agrárias. 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.