A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

24/08/2014 22:15

Henrique e Diego levam 45 mil ao parque, mas MC Guime rouba a cena

Aline Araújo
Palco com mega estrutura (Foto: Marcus Ermínio)Palco com mega estrutura (Foto: Marcus Ermínio)

O Parque das Nações Indígenas exibiu no fim da tarde deste domingo mais uma daquelas estruturas gigantescas, cheia de luzes, desta vez para cerca de 45 mil pessoas acompanharem a gravação do segundo DVD da carreira dos cuiabanos Henrique e Diego. A dupla até cantou partes dos sucessos antigos, mas o repertório foi composto mesmo pelas músicas inéditas.

Veja Mais
"Toma aqui uns 50 reais", Naiara Azevedo abre fim de semana eclético
Ludmilla é uma fofa e mostra o que o funk pode ensinar ao nosso sertanejo

O show começou às 17h30, para aproveitar o pôr do sol. Em frente ao palco, o espaço foi reservado aos fãs clubes da dupla e aos convidados da “Área VIP”. Mas ninguém se incomodou em ficar no gramado. “Eu vim mesmo por causa da festa, para encontrar a galera e porque é de graça. É bom para um domingo à tarde”, comentou a auxiliar administrativa Taís Padinha, de 21 anos.

O produtor musical Marcio Hermisilha, de 25 anos, elogiou a qualidade de som. Ele já estava ali por um motivo específico. “Vim para ver a estrutura que eles iam montar e o palco está muito bom, a iluminação e som”, observou.
Lucas Oliveira Ramos, de 17 anos, foi mesmo pelo movimento. “Nem vim tanto pelo show, mas para dar uma volta e ver as meninas”, explicou.

Apesar das famílias e do pessoal mais velho estar presente, para quem observava a multidão de longe era fácil perceber que o show sertanejo com participações de grupos de pagode e funk foi atraiu mesmo adolescentes. Eles eram maioria, e no domingo à tarde foi a chance de aproveitar programa que se fosse em uma casa noturna teria entrada proibida.

Henrique e Diego levam 45 mil ao parque, mas MC Guime rouba a cena
Henrique e Diego levam 45 mil ao parque, mas MC Guime rouba a cena
Henrique e Diego levam 45 mil ao parque, mas MC Guime rouba a cena

Funkeiros - Mais uma vez, o evento mostrou que não importa o estilo musical, show no Parque das Nações é sempre democrático. Por ser gratuito, reúne desde os fãs dos músicos que irão se apresentar, até gente que nem os conhece ou esta mais interessada na participação de um dos convidados.

A gravação contou com convidados famosos da Turma do Pagode, além dos mineiros César Menotti e Fabiano e a dupla campo-grandense Bruninho e Davi. Mas um deles roubou a cena.

Quando o funkeiro MC Guime apareceu no palco, a maior parte do público que curtia o show sentado na grama levantou e ativou a câmera dos celulares.

O sucesso do músico paulista em solo sul-mato-grossense é inquestionável.
Já quando os anfitriões começaram, na brincadeira, a cantar a capela “País do Futebol”, música de abertura de novela global, a multidão foi ao delírio e acompanhou cada estrofe da música em coro. Quatro fãs pularam no palco, “agarraram” o cantor e tiveram de ser contidos pelos seguranças.

O momento deixou claro que boa parte das pessoas que lotaram o espaço foi mesmo para ver o MC, como a estudante Ariane Gonçalves, de 15 anos. “Eu sou fã, vim só para ver ele. Ele canta umas músicas muito legais, é funk, mas não é aquele funk sujo é uma batida muito boa. Eu só queria que tivesse mais, achei muito curta a participação dele, mas foi muito boa” relatou.

Alessandra Regina, de 19 anos, também gosta de funk, até quando a batida se mistura ao sertanejo. “É tudo junto e misturado. Não tem essa de separar, bom é curtir a festa juntos”, contou.

Lucas Oliveira foi até o Parque só para ver o MC. (Foto: Marcus Ermínio)Lucas Oliveira foi até o Parque só para ver o MC. (Foto: Marcus Ermínio)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.