A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

06/03/2014 14:35

Igrejinha aguarda documentação para recorrer de apuração do Carnaval

Elverson Cardozo
Desfile da Igrejinha. (Foto: Cleber Gellio)Desfile da Igrejinha. (Foto: Cleber Gellio)

A Igrejinha aguarda uma lista de documentação exigida pela Lienca (Liga das Entidades Carnavalescas de Campo Grande) para pode recorrer do resultado do carnaval, que foi suspenso, ontem (5) à noite, após contestação da escola. A agremiação, segundo seu presidente, Paulo Freire Thomaz, foi prejudicada por "incoerência" no critério de avaliação de um dos quesitos.

Veja Mais
Após pancadaria e denúncia da Igrejinha, Lienca suspende título da Vila Carvalho
"Toma aqui uns 50 reais", Naiara Azevedo abre fim de semana eclético

A denúncia, feita verbalmente ontem e protocolada hoje, ainda não deu em nada, porque, até agora, a Liga, de acordo com Paulo, não se manifestou. “Minha diretoria está reunida com a assessoria jurídica da escola para ver qual caminho vamos tomar. A Lienca não disponibilizou os documentos que precisávamos. Estamos aguardando”, disse.

A campeã continua a ser a Unidos da Vila Carvalho, que recebeu o título pela sexta vez. A igrejinha, que desfilou com o enredo “Quando se iluminam as avenidas, o luxo, o brilho e as cores desfilam na genialidade de Valdir Gomes”, não alcançou o posto porque levou nota baixa em Mestre Sala e Porta Bandeira. Depois de dois 10, o terceiro jurado deu 6 para o quesito.

É a nota 6 que Paulo questiona. “A Liga vai ter que explicar qual caminho os jurados tomaram para chegar a isso. A gente não está aqui para desmerecer o trabalho de ninguém, mas não dá para aceitar a Lienca colocando uns moleques para julgar a gente”, desabafou.

O presidente da Vila Carvalho, José Carlos, limitou-se a dizer que quer resolver o impasse da melhor maneira possível. “Não posso falar se achei justo ou não. Minha escola não foi prejudicada, então, não posso intervir no que os outros acham”, declarou.

Na noite de quarta-feira, por conta da nota, os membros da Igrejinha, irritados, se levantaram e jogaram mesas e cadeiras contra os jurados e adversários. A Polícia Militar teve de intervir. Na ocasião, Paulo Freire chegou a declarar que a escola não irá mais participar dos desfiles em Campo Grande.

O Campo Grande News procurou a Lienca, mas não conseguiu contato.




Incoerente é brigar por 4 pontos se voce perdeu por 6, não vai adiantar nada.
 
maximiliano rodrigo antonio nahas em 06/03/2014 15:35:28
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.