A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

17/04/2014 07:17

Músico “descobre” espaço ao ar livre e transforma salão em nova casa do samba

Elverson Cardozo
Gideão Dias faz show com convidados. (Foto: Fernando Ricardo Ientzsch)Gideão Dias faz show com convidados. (Foto: Fernando Ricardo Ientzsch)

Paulista de nascimento, mas campo-grandense de coração, o músico, compositor e intérprete Gideão Dias sempre quis fazer samba em um lugar onde os convidados pudessem se sentir em casa, mas, apesar da intenção, só conseguiu concretizar o projeto no final do ano passado, quando “descobriu” o Ipê Rosa, um espaço de festas no Oliveira I.

Veja Mais
"Toma aqui uns 50 reais", Naiara Azevedo abre fim de semana eclético
Ludmilla é uma fofa e mostra o que o funk pode ensinar ao nosso sertanejo

“Fiquei uns dois, três meses procurando. É perto de casa, e eu sempre passava em frente para caminhar, mas nunca tinha percebido, até que um dia tive curiosidade de perguntar”, contou.

O salão aberto, rústico, cercado por árvores, existe há dois anos e é alugado para todo tipo de evento, de casamento a aniversários, mas, de outubro de 2013 para cá, tem se tornado a nova casa do sambista que, uma vez ao mês, promove um almoço com muita música.

Começou com arroz de carreteiro, passou para a galinha e chegou à feijoada. A última edição do “Samba da Gente com Gideão Dias e convidados”, como a iniciativa foi batiza, aconteceu no sábado (12) passado e contou com um público de, pelo menos, 200 pessoas, número bem inferior a média de 600. “Foi por causa da chuva”, justificou.

Na última edição, pelo menos 200 pessoas prestigiaram o evento. (Foto: Fernando Ricardo Ientzsch)Na última edição, pelo menos 200 pessoas prestigiaram o evento. (Foto: Fernando Ricardo Ientzsch)
Prato principal é a feijoada. (Foto: Fernando Ricardo Ientzsch)Prato principal é a feijoada. (Foto: Fernando Ricardo Ientzsch)

A próxima atração será no dia 17 de maio, data em que ele aproveita para lançar seu novo CD. O sambista gostou tanto do espaço que fez, inclusive, uma música para falar do “novo momento”. A letra cita o “cheiro do tempero exalando do ar”, fala da alegria que contagia o ambiente e por aí vai.

“Tem outros lugares que tem essa mágica, mas o Ipê Rosa é o que está mais acessível ao meu bolso e atende todos os meus anseios”, disse, ao comentar que não quer deixar o evento cair no comodismo.

“Eu vinha buscando ideias, nos meus momentos de caminhada, mas não sabia aonde podia fazer e tudo estava na minha frente”, comentou.

Para quem curte o samba e aprecia a feijoada, o preço também é um atrativo. Na última edição, o primeiro lote saiu por R$ 25,00, o segundo por R$ 35,00 e a venda, na hora, por R$ 40,00. Os preços permanecem os mesmos. A almoço começa às 11h.

Ingressos podem ser adquiridos com o próprio Gideão pelo celular (67) 9202-5658 ou na loja Edson Instrumentos Musicais, que fica na rua 13 de maio, 2942, entre a Maracaju e a Cândido Mariano, no Centro.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.