A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

08/12/2011 09:07

Noite da Seresta encerra o ano com show do músico Emílio Santiago

Paula Vitorino
Emílio Santiago é atração da próxima Noite na Seresta. (Foto: Divulgação)Emílio Santiago é atração da próxima Noite na Seresta. (Foto: Divulgação)

Para fechar 2011, a última Noite da Seresta traz a Campo Grande um dos maiores músicos do país, Emílio Santiago. O evento será no dia 16 de dezembro, a partir das 19h30, na Praça do Rádio Clube.

Veja Mais
Coletivo de DJs organiza festas com música para 'dançar mais e reparar menos'
Com poucas opções, veja onde curtir as festas de fim de ano em Campo Grande

Emílio Santiago em seu último álbum, “Só Danço Samba”, traz clássicos como a música que dá nome ao CD, de Tom e Vinícius, como também músicas como “Olhou pra mim” (Ed Lincoln e Sílvio César), “Samba de verão” (Marcos Valle e Paulo Sérgio Valle) e “Falaram tanto de você” (Durval Ferreira e Orlandivo).

Produzido por José Milton, o disco coroa os 40 anos de carreira de Emílio, prestando um tributo a Ed Lincoln, considerado pelo artista como “o rei dos bailes”.

O primeiro “LP” de Santiago foi lançado em 1975, com canções de compositores consagrados como Ivan Lins, João Donato, Jorge Benjor, Nelson Cavaquinho, Guilherme de Brito, Marcos e Paulo Sérgio Valle, dentre outros.

O sucesso no final da década de 80 veio após um projeto especial de sete volumes, dedicado exclusivamente ao repertório de música brasileira. Todos ultrapassaram a marca de quatro mil cópias vendidas.

Na mesma época ainda lançou outros projetos, como um tributo ao cantor Dick Farney (Perdido de amor, 1995) ou regravando clássicos do bolero hispânico (Dias de luna, 1996).

Em 2000, Emílio Santiago assinou com a Sony Music e o disco que marca a estreia na nova gravadora é “Bossa Nova”, que trouxe muitos clássicos do gênero e também rendeu um DVD.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.