A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

29/07/2012 17:38

Palhaça Rubra, a mulher que leva amor às ruas e faz adulto virar criança

Elverson Cardozo
Lu Lopes de Palhaça Rubra. (Fotos: Rodrigo Pazinato)Lu Lopes de Palhaça Rubra. (Fotos: Rodrigo Pazinato)
Apresentação foi no Palco das Águas, na Praça da LiberdadeApresentação foi no Palco das Águas, na Praça da Liberdade

Provocar riso é seu ofício e missão de vida há mais de 20 anos. Ela criou os filhos assim, nos palcos, fazendo graça. Não dá para levar Palhaça Rubra à sério, mas dá para levar à sério Lu Lopes, que dá vida à palhaça.

Veja Mais
"Toma aqui uns 50 reais", Naiara Azevedo abre fim de semana eclético
Ludmilla é uma fofa e mostra o que o funk pode ensinar ao nosso sertanejo

"Já fiz até o Kassab [Gilberto Kassab, prefeito de São Paulo] dançar", contou, sorridente, ainda vestida de Rubra, minutos depois de se apresentar no Palco das Águas, na Praça da Liberdade, em Bonito, durante o 13º Festival de Inverno.

Rubra é a personagem principal do "Show de Variedades da mesma coisa", da Carrapeta Produção, um espetáculo de improviso e de música, que utiliza a linguagem da "palhaçaria".

Trata-se de um show musical que tem na plateia a inspiração para criar composições musicais, coreografias em massa e danças improvisadas. O grupo, de São Paulo, é composto pela palhaça Rubra, o baterista Chico Valle, apelidado de Gorila, e o Guitarrista Álvaro Lages, um mágico charlatão.

Você volta a ser criança, esquece de tudo e se joga, disse a estudante Amanda Sandim."Você volta a ser criança, esquece de tudo e se joga", disse a estudante Amanda Sandim.
Show é um espetáculo de improviso e de música, que utiliza a linguagem da palhaçaria.Show é um espetáculo de improviso e de música, que utiliza a linguagem da "palhaçaria".

"É a única banda que se despede pedindo para o público mandar a gente tocar Raul", brincou a artista ao final da apresentação, que fez com que a plateia - formada por jovens, crianças e adultos - caísse na gargalhada.

No palco, um show de alegria que empolgou até de quem já deixou as fraldas de lado. "Você volta a ser criança, esquece de tudo e se joga", disse a estudante Amanda Sandim, de 18 anos, que foi ao festival pela primeira vez.

"O objetivo principal é trazer alegria e esperança às pessoas. Esperança de que é possível uma mudança no mundo", disse a artista, acrescentando que o show que levou à cidade é para toda a família. "Eu trago amor", completou.

Ela olhou para mim, veio direto e falou: Eu te amo!."Ela olhou para mim, veio direto e falou: Eu te amo!".

Lu Lopes já trabalhou no grupo "Doutores da Alegria", em São Paulo, e diz que o "Show de Variedades" já foi apresentando dentro de uma UTI (Unidade de Terapia Intensiva Neonatal).

"É possível haver amor entre as pessoas, mesmo que você não tenha nada a ver com ela", disse.

Em Bonito, durante a apresentação do grupo, uma menina roubou a cena por alguns minutos. Subiu ao palco carregando um balão de peixe colorido nas mãos, percorreu todo o espaço e, despretensiosamente, se posicionou ao lado da palhaça.

"Ela olhou para mim, veio direto e falou: Eu te amo! Quando crescer quer ser como você", contou a artista, emocionada.




É desse tipo de palhaçada que o povo precisa... alegria, sorriso, felicidade... enriquece a alma e nos torna mais perseverantes. Parabéns aos organizadores do evento.
 
ERVIN AUGUSTO BACHES em 29/07/2012 06:53:17
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.