A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

05/01/2014 07:10

Papai Noel pendura as botas neste domingo, mas Cidade volta à ativa no Carnaval

Paula Maciulevicius
Do Natal para o Carnaval. Cidade deve ser usada para esquentas e o lançamento oficial da festa. (Foto: Arquivo/João Garrigó)Do Natal para o Carnaval. Cidade deve ser usada para esquentas e o lançamento oficial da festa. (Foto: Arquivo/João Garrigó)

Neste domingo a Cidade do Natal se despede oficialmente do bom velhinho com uma programação que começa às 16h, com a Rádio Natal. A partir das 19h, sobem ao palco para apresentações de dança e música, a Zoe Escola de Dança e o quarteto Vivace.

Veja Mais
Begèt de Lucena e Mari Depieri são as vozes do Som da Concha de hoje
Festival de Artes começa com público fraco, mas tem vocação para ser resistência

A missa de ação de graças, realizada pelo padre Dirson Gonçalves da Paróquia Nossa Senhora Perpétuo Socorro se inicia às 20h. O encerramento da festa será no ritmo da viola, com show de Delinha, grupo Antigo Aposento e da dupla Paulo Sérgio e Santiago.

A estrutura montada nos altos da avenida Afonso Pena rendeu polêmica em 2013 ao ser demolida e decorada tardiamente. O que tanto se discutiu desde a montagem da Cidade era uma ocupação no restante do ano, que dessa vez, parece que vai sair do papel.

O Lado B já tinha antecipado a intenção da Fundac (Fundação Municipal de Cultura), de passar as matinês do Carnaval da avenida Fernando Corrêa da Costa para o espaço. Mas a novidade não para por aí e pode ser que o bom velhinho dê lugar aos carnavalescos da cidade. Segundo o diretor-presidente da Fundac, Júlio Cabral, há chance do lançamento do Carnaval, que inclui a escolha da rainha e do rei momo e o concurso de fantasias serem da Cidade.

“Nós estamos vendo a possibilidade, estudando a estrutura. Seria a primeira ação pós Natal a ser feita”, enfatizou. Nesta semana que se inicia, a Fundac promete fechar o calendário de eventos para ocupar o espaço o ano todo. “Estamos discutindo ações com as entidades, muita gente solicitou a Cidade”, completa.

No entanto, pode ser que a estrutura passe por uma nova reforma. O diretor-presidente explica que foi feita apenas uma obra emergencial para instalar a decoração do Natal, mas os quiosques precisam ser reestruturados.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.