A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

18/06/2016 07:20

Para animar o fim da tarde, ensaios na Rock Show voltam abertos e animados

Thailla Torres
Bosco ao lado de Jean e Dani que abriram a tarde de som na Rock Show. (Foto: Alcides Neto) Bosco ao lado de Jean e Dani que abriram a tarde de som na Rock Show. (Foto: Alcides Neto)

Quem preza o rock em Campo Grande e estava com saudade dos ensaios na loja mais tradicional do estilo, já pode ficar animado. O “Fim de Tarde Massa na Rock Show” foi o pontapé para a confraternização com boa música e mais uma contribuição para esquentar o cenário do rock na cidade.

Veja Mais
"Toma aqui uns 50 reais", Naiara Azevedo abre fim de semana eclético
Ludmilla é uma fofa e mostra o que o funk pode ensinar ao nosso sertanejo

O proprietário e músico João Bosco Ferreira de Melo, de 58 anos, não esconde a felicidade em abrir o espaço para as bandas locais. “Aqui é um local de cultura e música boa e tem que aproveitar esse momento”, comemora.

Observando diversas gerações, Bosco comenta que a maioria do pessoal que movimenta o cenário do rock, aos poucos desiste por falta de incentivo. “Percebo que várias pessoas atravessam o cenário e precisam de mais valorização, mas quando não encontram uma movimentação, acabam jogando a toalha”, comenta.

Para ele, o que mantém a loja e o estilo é a paixão, e isso não muda. “Eu sempre lembro do meu pai me dizendo que eu nado contra a correnteza e a minha resposta é simples, isso aqui é paixão”, pontua.

Na sexta, o primeiro ensaio aberto teve no fim de tarde a banda Parkers e a voz feminina da banda Idis, que não se apresentava há dois anos. Os ensaios foram um esquenta para os shows que serão realizados neste sábado no Holândes Voador.

Jean Albernaz, de 36 anos, é baterista da Parkers e aos 12 anos deu os primeiros passos na música. Com estilo mais voltado para o punk rock, defende a loja como lugar que favorece a interação dos amigos e fãs do estilo. “E acho importante ocupar o espaço porque nessa era atingida pela tecnologia, as vezes o aspecto da loja de cultura fica meio perdido e as pessoas acabam não vindo aqui”, comenta.

A loja vende CDs, DVDs e discos de vinil. (Foto: Arquivo Marcelo Calazans)A loja vende CDs, DVDs e discos de vinil. (Foto: Arquivo Marcelo Calazans)

Sobre a cena rock, ele comenta que muitas vezes as bandas da cidade ficam em busca das oportunidades, que pouco aparecem. “São bandas que não acabaram, mas ficam flutuando ao redor das oportunidades que vão surgindo. E isso sempre foi cíclico, a gente já conseguiu movimentar a cena do rock na cidade, mas isso depende das pessoas estarem se conectando para que isso aconteça novamente”.

A loja fica na Avenida Afonso Pena, 2949 e vende CDs, DVDs, camisetas, e também explora o passado com o vinil, vendendo relíquias.

Os ensaios voltam a acontecer e a casa é aberta para que bandas se apresentem no local.

Neste sábado, o som continua, mas na "Noite Massa do Holandes Voador", quem quiser pode aparecer, a partir das 21h, a entrada é franca.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.