A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

17/05/2015 18:25

Pedal Cultural aproxima famílias de cenários pouco visitados em Campo Grande

Luana Rodrigues
Edir participou com as filhas, o genro e a neta Eduarda (Foto: Fernando Antunes)Edir participou com as filhas, o genro e a neta Eduarda (Foto: Fernando Antunes)

Pedalar está na moda. É comum ter amigos que pedalam para o trabalho, por esporte, ou só para estar com os amigos. E é por isso que a organização da 13ª Semana Nacional de Museus decidiu iniciar as atividades em Campo Grande com o Pedal Cultura, na tarde deste domingo (17).

Veja Mais
Fim de semana tem pedalada cultural, mostra de dança e grito contra homofobia
Humberto Gessinger, Ludmilla e Whindersson Nunes chegam no fim de semana

"A bicicleta, diferentemente do carro e todos os outros meios de transporte, permite que nós observemos melhor a cidade, ela te dá a possibilidade de interação com o meio e por isso deixa as coisas que estão a nossa volta mais atraentes", explica o vereador Eduardo Romero, que organizou o passeio com um grupo de ciclistas experientes e também com famílias que não tem o pedal como hábito.

A diarista Edir Samulho, de 49 anos, mora no jardim Macaúbas, e veio para o Pedal Cultural com toda a família. "Eu trouxe minhas duas filhas, meu genro e minha neta. Geralmente vou para o trabalho com a minha bicicleta, sei o quanto é importante e o quanto faz bem", explica. Edir conta que ficou curiosa para conhecer os pontos de passeio que estão no roteiro do pedal. "A gente anda bastante, mas nunca para conhecer realmente, hoje tirei o dia pra isso", diz.

Eduarda, de 6 anos, aprendeu a andar de bicicleta há apenas um ano, mas já entrou no programa de Edir. "Eu aprendi com cinco (anos), ainda não tenho a minha, mas adoro pedalar com a da minha avó", conta a menina.

No roteiro do pedal, estava uma passagem pelo Colégio Oswaldo Cruz, Mercado Municipal, Morada dos Baís, Hotel Gaspar, Memorial Okinawa, Complexo Ferroviário, Correio Central, Casa do Artesão, Relógio da 14, Loja Maçônica e Igreja Santo Antônio, todos pontos históricos.

A abertura oficial da Semana dos Museus ocorre no Memorial Cultural, às 19h. Em seguida será apresentada a performance “Caminhos de Ferro”, por Isac Zampieri e Tiago Moura. Na sequência a aberta no Museu da Imagem e do Som a Exposição Fotográfica “Ladrilho Hidráulico: Revelando a História de Aquidauana”.

Já no Museu de Arqueologia da UFMS será lançado o curta de Animação com linguagem em Libras: “Brincando com o passado no Museu”. A Noite dos Museus encerra às 21h, com o show “Sinalizadores”, da banda Iucatan.

Concentração nesta tarde, no Memorial da Cultura, na Fernando Correa da Costa.Concentração nesta tarde, no Memorial da Cultura, na Fernando Correa da Costa.

Confira a programação detalhada da Semana Nacional de Museus:

18 de maio – Segunda-feira

8 horas – Abertura institucional – Semana Nacional dos Museus: Sistema Estadual de Museus e Sustentabilidade.

8h30 às 11h30 e das 13h30 às 15h30 – Palestra: Semana Nacional de Museus: Pensando Estratégias Criativas e Sustentáveis. Convidada: Ana Lourdes Costa – Coordenadora de Promoção e Gestão da Imagem Institucional/DDFEM/IBRAM. Local: Museu de Arte Contemporânea, Rua Antônio Maria Coelho, 6000 – Carandá Bosque. Informações (67) 3326-7449.

16 horas – 17h30 Palestra: Organização e preservação de acervos físicos e digitais: os desafios de um órgão arquivístico em MS. Convidado: Professor Vitor Wagner Doutor em História e professor do Curso de História da UFMS/CPTL. Coordenador do Núcleo de Documentação Histórica Honório de Souza Carneiro da UFMS/CPTL. Local: Museu de Arte Contemporânea – Marco.

19 de maio – Terça-feira

8h30 – Palestra: Revitalização e adequação de espaços para programas museais: Projeto Espaço Cultural Melo Cáceres. Palestrante Ten. Cel. Figueiredo, 9° Região Militar – CMO – Comando Militar do Oeste. Local: Museu das Culturas Dom Bosco – MCDB. Av. Afonso Pena, 7000 – Parque das Nações Indígenas. Informações (67) 3326-9788.

10h30 – 11h30 – Palestra: Como aproximar o acervo das pessoas.Convidada Museóloga Eliane Oliveira Lima. Local: Museu das Culturas Dom Bosco – MCDB. Av. Afonso Pena , 7000 – Parque das Nações Indígenas.

14 horas – Palestra: Práticas éticas em museus – respeito amplo pela diversidade cultural das comunidades ligadas a este patrimônio.Convidado: França do Museu Virtual das Moreninhas. Local: Museu da Imagem e do Som – MIS/MS. Av. Fernando Correa da Costa, 559. 3º andar. Informações (67) 3316-9178.

15h30 – 17 horas – Reunião técnica sobre o Sistema Estadual de Museus. Local: Museu da Imagem e do Som de MS – MIS/MS.

Serviço: Todas as atividades são gratuitas. Inscrições para palestras e oficinas podem ser feitas pelo site www.mis.ms.gov.br, no menu “programação”. O Memorial da Cultura e da Cidadania fica na Avenida Fernando Correa da Costa, 559, no Centro de Campo Grande.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.