A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

01/03/2015 08:23

Pela primeira vez, Campo Grande recebe o bluegrass do "O Bardo e o Banjo"

Paula Maciulevicius
O Bardo e o Banjo começou em 2012 a partir das apresentações nas esquinas de São Paulo. (Foto: André Luiz)O Bardo e o Banjo começou em 2012 a partir das apresentações nas esquinas de São Paulo. (Foto: André Luiz)

Dos temas tradicionais da cultura norte americana às releituras de grandes clássicos do rock, é essa a proposta que vem pela primeira vez a Campo Grande. A música que "O Bardo e o Banjo" produz têm o poder de cativar desde crianças até pessoas de mais idade. No show, eles não se limitam a executar as músicas, levando o espectador a uma verdadeira imersão cultural repleta de histórias, personagens e lendas da música irlandesa e norte-americana.

Veja Mais
Ludmilla é uma fofa e mostra o que o funk pode ensinar ao nosso sertanejo
Coletivo de DJs organiza festas com música para 'dançar mais e reparar menos'

Na Capital, eles se apresentam nos dias 13 e 14 de março, no Trutis Café e no Hangar Live Music. Formado em 2012, o Bardo e o Banjo já viajou por diversas cidades como Rio de Janeiro, Porto Alegre, Gramado, Curitiba, e São Paulo, tocando em grandes festivais, nas unidades do SESC, fora bares, pubs e esquinas onde o quarteto teve a oportunidade de levar seu som.

O Bardo e o Banjo começou em 2012 a partir das apresentações nas esquinas de São Paulo, do multi-instrumentalista Wagner Creoruska Junior. Hoje em dia, com a formação em quarteto, o grande trunfo do Bardo e o Banjo continua ser a possibilidade de se relacionar diretamente com o público, sem cabos, amplificadores e fazendo um som espontâneo, rústico e cativante que apenas a música folk e o bluegrass podem proporcionar.

O primeiro álbum “Homepath” gravado em 2014, reúne os singles que foram lançados em seus 2 EP’s anteriores (“Synergy” 2013 – 4 mil cópias vendidas, “Lakeside” 2014 – edição limitada de mil cópias) em um trabalho que explora a fundo a sonoridade rústica que a banda veio aprimorando ao longo de seus quase 3 anos de existência.

Nesse primeiro álbum, Wagner Creoruska Junior e o produtor Cesar Benzoni exploram elementos diferentes, além dos já convencionalmente usados pelo Bardo e o Banjo: sons de colheres, tin whistle, gaita e até sapateado irlandês fazem participações nas faixas do álbum.

A junção de instrumentos novos com a música rústica do grupo fazem de “Homepath” um álbum que mostra todas as facetas da música do Bardo e o Banjo, convidando o ouvinte para uma experiência completa no universo da música tradicional/folk e do bluegrass. 

No dia 13 de março, o show será no Trutis Café, na Rua Sebastião Lima, 586, no Bairro Jardim Monte Líbano, no dia seguinte, eles sobem ao palco do Hangar Live Music às 00h na Rua Trindade, 413 início da Rui Barbosa. Conheça um pouco do trabalho deles abaixo: 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.