A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

21/10/2011 12:19

Público reclama de repetições e só choradeira sertaneja na programação de rádios

Ângela Kempfer
Público reclama de repetições e só choradeira sertaneja na programação de rádios

No top das 5 mais em rádios de Campo Grande duas das letras sertanejas têm erros. Era um casal que se amava contra a vontade dos pais...e se “encontravam” na escuridão, além do namorado com dor de cotovelo que declara: “só esses seus cabelos negros que me‘faz’ bem”.

Veja Mais
"Toma aqui uns 50 reais", Naiara Azevedo abre fim de semana eclético
Ludmilla é uma fofa e mostra o que o funk pode ensinar ao nosso sertanejo

As duplas desconhecem concordância verbal, mas ganham dinheiro com a audiência garantida nas rádios.

E assim segue pela manhã, tarde e noite. O que toca em uma, toca na maioria das outras. A gramática não é responsabilidade das emissoras, mas há quem cobre uma contribuição para a qualidade.

Fórum de discussão aberto nesta semana pelo Lado B levantou opiniões sobre a programação das rádios de Campo Grande.

A maior crítica é ao “sertanejo o dia todo”. Outros lembram que a programação é feita pelo próprio ouvinte.

Entre as avaliações sobre a programação, 55,25% reprovam o que toca nas rádios da cidade.

Bruno Rocha gosta de música eletrônica e sente falta do estilo nas emissoras Bruno Rocha gosta de música eletrônica e sente falta do estilo nas emissoras

A maioria diz não aguentar mais tanta choradeira universitária e a repetição dos programadores.

“Ninguém merece sertanejo o dia todo. Toda hora repetem as músicas. Eu ouvi rádio esses dias e em menos de 2 horas tocou duas vezes a mesma música.

“As músicas que tocam em uma emissora repetem nas demais.”

“Já ouvi a mesma música sendo tocada quase ao mesmo tempo em 3 rádios, não existe criatividade”.

Até quem se dedica a compor sertanejo tem críticas negativas à programação massiva de sucessos do estilo musical.

“Nem pagando, a rádio toca quem tem talento mas ainda não estourou”, afirma o compositor sul-mato-grossense Douglas Diniz. As únicas exceções, diz, são a FM Moreninhas e a Transamérica, que dão oportunidade a quem ainda não emplacou hits.

Para outros, o jeito é abandonar as emissoras locais. “Cansei, hoje só curto FMs on line, do Paraná, Fortaleza e Rio de Janeiro”. E por aí seguem as reclamações.

Outros 40,63% gostam da programação local. Mas poucos comentam o assunto. A cultura do Estado é evocada em defesa das sessões intermináveis de música sertaneja nas rádios.

“Gente, se você não gosta daqui, se muda para outro lugar”. A dona de casa Michele Garcia, de 34 anos, garante: “Quando estou em casa só escuto meu sertanejo”.

Bruno Rocha gosta de música eletrônica e sente falta do estilo nas emissoras locais, mas traz uma reclamação diferente sobre as rádios. “O que me irrita são as propagandas, é muita coisa”.

Hits-O diretor da Blink 102, Alex Bachega, defende a parte da programação “extra música”, justamente como o diferencial entre as empresas. “A diferença está nas promoções que são feitas ao longo da programação e os comunicadores contratados. Isso é o que faz uma melhor do que a outra”.

Sobre a onda sertaneja instalada nas emissoras, que padroniza as programações, ele explica que as emissoras trabalham com os hits. “As rádios respeitam uma tendência e é inegável que o sucesso de hoje é o estilo sertanejo, é o boom, mais de 80% gostam. Mesmo assim, somos a que mais toca sucessos internacionais”.

Alex Bachega em evento com Maria Cecília e Rodolfo na Blink.Alex Bachega em evento com Maria Cecília e Rodolfo na Blink.

Para Alex, a grande mudança no comportamento do ouvinte, a mistura de preferências, é uma vantagem atual. “O mesmo que pede Michel Teló, adora Maroon 5”, comenta.

A FM da universidade Anhanguera/Uniderp e a Rádio 104 FM-Rádio MS são as duas “inocentadas” pelos defensores da tal qualidade no debate aberto na internet. A emissora da UCDB ganha ataques por ter deixado de ser alternativa nos últimos anos.

“A única que é gostosa de escutar é a 103 da Uniderp. Os intervalos são bem rápidos, não se toca nada de sertanejo! O restante das rádios é só de poluição sonora, sertanejo, fora os intervalos com muito barulho!! Até a UCDB, que uns tempinhos atrás tocava música clássica, abandonou “

Roberto Rodrigues Paulino dá a dica para quem quer uma alternativa. “Eu ouço rádios na internet por serem mais criativas, as daqui são todas parecidas, músicas muito repetitivas”.

“Salve a internet, porque ela me salva todos os dias”, diz mais uma leitora que resolveu participar da enquete do Lado B. Veja o resultado completo




O sertanejo universitário, como vem sendo chamado é uma tendência que se espalha por todo o Brasil. A programação de nossas rádios se assemelha a de outras localidades. Digo mais: em outroas cidades, o sertanejo universitário se faz presente não só nas rádios, mas também nas baladas. E ao contrário do que muitos fazem nesse fórum, as pessoas dançam de um jeito interessante e se divertem.
 
diego ferreira em 12/01/2012 03:19:12
E,quanto aos erros nas músicas,se for analisar bem:''um casal que se amava contra a vontade dos pais...se encontravam escondidos na escuridão,eram guiados...'' não pode ser classificado como erro,pois um casal são duas pessoas, e, antes do verbo, fica subentendido ''eles'' de duas pessoas que formam o casal, isso é sujeito elíptico . Não é erro.Tem que ver também que música não é linguagem formal
 
Ana Carla em 16/11/2011 05:53:30
não tem alternativa nas rádios. faz anos que não ouço essas rádios aqui de campo grande. a programação é horrível, não tem um programa que preste. não tem variedade, não tem nada, só tem esse lixo do sertanejo universitário que ficam impondo para todos engolirem como se fosse a melhor coisa do mundo. Isso é uma porcaria.
 
Guilherme Burzynski em 29/10/2011 02:59:47
Gente, pare de reclamar, se nossa musica (sertaneja) não tocar (radios) como vamos valorizar nosso MS. Parabens pelos responsaveis que coloca a musica sertaneja. Adoroooo, quem não gosta so desligar o radio, curtir outros...
 
Aparecida Romeiro em 27/10/2011 05:51:33
O problema é que as radios são feitas para atingir as massas, tudo puramente comercial (daí o fato do número excessivo de propagandas), mas infelizmente a "massa é burra", isto é, pouco dotada de discernimento, cultura e afins. O povo quer ouvir letras ridículas cuja memorização é extremamente fácil e a melodia não passa de um dó-ré-mi repetitivo.
 
Fábio Vieira em 25/10/2011 11:06:00
O problema é que todas as rádios de Campo Grande são iguais.
As programações da Mega, Blink, Transamérica Hits e UCDB são idênticas. A da Uniderp tenta se diferenciar, mas é amadora demais.
Capital e 97 não fogem à regra.
Falta na cidade uma rádio jovem (JP, Mix, Transa Pop) e uma adulta (Antena1, Transa Light).
Também falta tecnologia, como o sistema RDS, já comum em várias FMs de interior.
 
Eduardo Vieira em 24/10/2011 11:55:11
Olha li todos os comentários até as 17 horas e 48 minutos e também tenho a minha opinião, acho que o estilo de se vestir não tem nada a haver com o estilo de música que se ouve, tenho amigos que usam calças apertadas e botas nem por isso gostam de sertanejo, e desde quando tereré tem haver com estilo musical, que eu saiba a população daqui do MS gosta de tereré devido a proximidade com o Paraguay.
 
Grayce Nunes de Santana em 22/10/2011 12:53:52
Que saudades da fm canarinho , parabens pela enquete , enfim fomos ouvidos ufa!!!! .
eu, se fosse uma locutora iria buscar um diferencial . se toca gente !!!! parem de imitarem uns aos outros , olhem só no que deu toda essa insastificaçao . bjss.
 
Daniela oliveira em 22/10/2011 12:40:57
Realmente demócrático seria, que essas emissoras atendessem ao gosto musical de todos, e não apenas da MAIORIA, afinal a MINORIA existe e deve ser respeitada. 24 horas de sertanejo realmente não dá. A programação dessas emissoras hoje em dia chega a ser abuso, discriminação, imposição, dominação, despotismo. Há muito tempo não ligo rádio.
 
Rose Alves em 22/10/2011 12:38:56
Sábado, das 20 às 22h na Radio Difusora Pantanal- AM 1240. tem o programa "SAUDADE NÃO TEM IDADE", a viagem musical que proporciona aquele embalo no aconchego das lembras dos anos 60,70,80 e 90. Relembre os momentos que marcaram suas vidas.
 
Celso Saraiva Gonçalves em 22/10/2011 12:10:42
A única FM que vale a pena ouvir é a 103. Está cada vez mais difícil selecionar o que ouvimos.
 
Regina Célia em 22/10/2011 12:03:54
Bem a responsabilidade pelo erros de português não são das duplas e sim de quem escreve as músicas e como já explicou a muito tempo atráz o próprio Chico Buarque, muitas vezes os erros se fazem necessários para haver harmonia na música.
Agora com relação a diversidade de música realmente as rádios estão devendo e muito com excessão da Uniderp e UCDB que são as minhas preferidas atualmente.
 
Silvia Ribeiro em 22/10/2011 11:20:32
Está comum ouvir dos politicos, jornalistas,empresários,artistas entre outros,referir a Presidente Dilma,como a presidenta.Que tal o Fórum de discussão LADO B levantar opiniões dos ouvintes das radios,o que eles acham da gramática dessas personalidades.
Só os sertanejos(cantores,ouvintes,compositores) tem a obrigação de contribuir para tornar a gramática menos imperfeita?
 
Fernando Silva em 22/10/2011 11:16:00
...Chamar o que vem tocando nas rádios de sertanejo, e pra acabar o pequi do goias ! Tião Carreiro deve estar se revirando no seu tumulo de ouvir tanta baboseira. Adoro sertanejo, mas dizer que Luan Santana, Gustavo Lima, Maria Cecilia e Rodolfo e demais são cantores sertanejos e o fim ! E um novo estilo, cheio de rebolados, cabelinhos espetados e pó de arroz na cara,nda alem do q nicho de mercado
 
Eduardo Salles em 22/10/2011 11:07:55
Se não que ouvir o que o povo gosto de ouvir. Dou dua sugestões: Não ligar o radio; Ligar somente o seu som particular com as musica da sua preferencia. Pronto! Resolvido o caso. Não precisa ficar estressado. Simples não acha!
 
Eva melgarejo em 22/10/2011 11:01:26
se não quer ouvir sertanejo vai morar no rio de janeiro somos pantaneiros mesmo.
 
gilmar silva em 22/10/2011 10:37:36
RÁDIO FANZINE! UNIDERP 103,4 SÁBADO, ÁS 17:00. DIFERENTE, MUITO ATUAL, DESPOJADA! APRESENTADORES JOVENS COMO NÓS!
 
Tadia Evelyn de Lima Lopes em 22/10/2011 10:29:41
na verdade o que deveria existir é a parcimônia, sabe? nem tanto ao sertanejo e nem tanto aos outros estilo. a fm uniderp é que está certa. uma delicia de ouvir:no carro, em casa ou outro lugar. parabéns aos programadores...
 
sandra gonçalves em 22/10/2011 10:26:07
O editor desta reportagem é mais burro ainda, que idiota, quem te falou que música tem que ser composta em língua culta? O gênero musical já diz sertanejo ou seja do sertão, o sertanejo fala língua culta? não. Tonico e Tinoco fala língua Culta? não. Almir Sater, Sérgio Reis, Leonardo entre outros tocam Musicas clássicas ou Pop ou Dance? não. Sertanejo.
 
Flávio de Oliveira Rosário em 22/10/2011 09:25:03
Extremamente desnecessário o comentário do primeiro parágrafo escrito pela estimada colunista. Podem pesquisar em qualquer site que forneça letras de músicas que o trecho citado da música de Fred e Gustavo NÃO possui esses erros citados. Tanto que a matéria foi corrigida pela colunista que ainda tentou achar outro erro na mesma música, que de fato não existe. FAIL!
 
Douglas Vasques em 22/10/2011 09:24:53
Soube por um amigo que é de rádio, que a Blink 102 decidiu mudar a fórmula do rádio em Campo Grande e adotar o mesmo sistema da Cidade 97 e Capital 95, trazendo para o FM o estilo das AMs. A mudança começa pela contratação do Picarelli e sua equipe de TV para apresentar um programa de música e notícia, das 6h00 às 8h00. Picarelli X Bernal X Sérgio Cruz.
 
Sérgio Scaff em 22/10/2011 09:12:00
UNIDERP FM: A RÁDIO PARA OUVINTES INTELIGENTES!!! NÃO PRECISO DIZER MAIS NADA. CHEGA DE BESTEIROL!!!
 
EDWAR DE OLIVEIRA em 22/10/2011 09:00:03
Poder ouvir já é grande graça, cabe a cada um adequar a sua capacidade de cultura e satisfação de ouvir o que quer. Caiba também a todos os ouvintes de emissoras que transmite a rádio o gerencialmente de sua plástica para tentar a atender a todos. Porém, nem Cristo conseguiu tal feito. Seria de oportunidade, os senhores diretores de emissoras, analisarem estes depoimentos e propiciar ao ouvinte o que quer realmente assistir, fazendo assim uma estimativa nos quatro cantos da cidade e ter conhecimento do gosto e estilos do público e assim adequar, uma vez que a sua audiência é a chave propulsora de quem tem o interesse de divulgar. Maurício Santos – Palestrante de cursos para radialistas.
 
Mauricio Santos em 22/10/2011 08:32:18
essas rádios de campo grande só toca sertanejo,se vc entrar nas rádios todo dia ao mesmo horário vc vai escutar a mesma musica sempre,principalmente na 95.9,umas das mais diversificadas que eu conheço e a mega,a 95.9 parece que é exclusivamente para o sertanejo universitario
 
Matheus Santana em 22/10/2011 08:04:32
Quem classifica essa música como sertaneja, realmente não entende nada! Este som pode ser tudo...menos sertanejo, talvez sertanojo?
 
claudio oliveira em 22/10/2011 04:09:27
não quer ouvir sertanejo compra um cdzinho ou som com usb, aqui é sul-matogrossense!
 
Diego Colman em 22/10/2011 03:42:17
Pessoal, ouçam a 104,7!!!!
 
Patricia Lima Mira em 22/10/2011 02:35:22
As rádios daqui SÓ tocam sertanejo! É o dia INTEIRO! Nem me dou o trabalho de escutar mais ;)

(Amilton Almeida, se o Sr. acredita que quem não gosta de sertanejo só pode ser homoafetivo, ou ter "problemas sexuais", eu posso acreditar que quem gosta de ser sertanejo só pode ser corno, né? Antes de qualquer chilique, calma! Só estou seguindo sua própria linha de raciocínio!)
 
maria cecilia em 22/10/2011 02:21:21
Fui programadora musical muito tempo , trabalhei como divulgadora de algumas gravadora, o que eu posso dizer que é que não se fazem musica como antes e mais as letras e uma piada, não tem nada de cultura , é por este motivo que os jovens não tem absolutamente nada no cérebro. em questão da programação os profissionais qualificado não estão disposto trabalhar por baixos salários. Dá nisso. vc vc
 
valdecy gonçalves em 22/10/2011 02:01:01
****** ****** *****ISSO É FALTA DE TALENTO DOS PROGRAMADORES - FALTA DE CRIATIVIDADE E COMPETÊNCIA..... OU É ISSO OU É MESMO PURO JABÁ. *****
 
Waldemar mendes em 22/10/2011 01:14:30
Gosto ñ se discute, mas o q leva a esta massificação do gosto pelo chamado sertanejo universitário deve sim ser discutido. O estilo em questão nada tem haver com o sertanejo. Sujeito do sertão não houve estas de músicas. Na média, as pessoas q houvem ñ tem nenhuma ligação c/ o mundo rural, c/ a vida no campo e etc. Falta educação p/ q as pessoas possam enxergar novos horizontes culturais.
 
Hamilton Moraes em 22/10/2011 01:06:20
E as pessoas de modo geral têm que aprender a respeitar o espaço do próximo, não gosto de Rock metal nem por isso condeno os que curtem, se tocasse na rádio na hora em que eu estivesse ouvindo simplesmente mudaria de rádio ou desligaria e iria fazer outra coisa, agora uma coisa eu concordo com alguns comentários quem muito reclamou deve estar querendo ouvir os fanks com palavras chulas e vulgares.
 
Grayce Nunes de Santana em 22/10/2011 01:04:10
Concordo plenamente !! nossas rádios são terríveis... monotemáticas até não poder...O gênero sertanejo pode sim ocupar grande espaço na programação.. mas não ocupar TODA a programação !! isso emburrece..
 
Joao Cleber em 21/10/2011 12:50:53
Há uma coisa importante que não foi mencionada, existe o JABA, isso mesmo, as emissoras são obrigadas a tocar algo que as gravadores solicitam, infelizmente.
 
Andre Vidal em 21/10/2011 12:48:41
Muitas das músicas que tocam nas rádios são pedidas pelos próprios ouvintes e é mais do que claro que o sertanejo é a onda do momento. Sou um grande apreciador da música sertanejo, mas concordo que uma variação nos estilos musicais ajudaria e com certeza atrairiam mais ouvintes.
 
Douglas Vasques em 21/10/2011 12:32:55
Meu amigo gosto não se discute, vc deve estar com problemas sexuais. se você não quizer ouvir musica sertaneja tem varias outras opções, que tal a parada GAY
 
amilton almeida em 21/10/2011 12:30:40
Olha, as rádios do Interior estão bem melhores do que da Capital. Dá nojo em sintonizar as rádios da Capital, só toca Sertanejo, os Locutores paressem que combinam com as outras rádios, pois quando acaba de tocar uma musica em uma emissora, é só mudar a sintonia que a mesma musica começa a tocar naquela emissora. Tá na hora de inovar, tocam qualquer porcaria, se ligam locutores.
 
luis roberto em 21/10/2011 11:32:58
Adorei a matéria ! A muito tempo gostaria de ver que tem outras pessoas percebendo o que parecia só eu ter notado! As rádios locais são em sua grande maioria, reprodutoras de poluição sonora! É sertanejo tocando o dia todo! Eu particularmente só ouço a Uniderp FM 103,7 e a FM Regional 104,7. As únicas que tocam clássicos da música e não tocam sertanejo. PARABÉNS à elas !!
 
Cristina Barros em 21/10/2011 11:27:55
realmente a fmmoreninhas é uma emissora que valoriza talentos sem cobrar, afinal quem está começando tem de ter oportunidade para mostra o seu talento. Neste final de semana a radio fmmoreninhas comemorou o seu 8 aniversário, com um publico estimado de 10.000 mil pessoa, e a participação de artistas da nossa região. acesse; www.fmmoreninhas.com.br e ouça a melhor programação de campo grande.
 
antonio bezerra em 21/10/2011 11:19:29
Parabéns ao Campo Grande News por ter levantado essa questão. Realmente as rádios de Campo Grande são uns lixos, que só tocam essa banalidade de sertaneja. A excessão, de fato, são as rádios FM UNIDERP e a 104 FM-Rádio MS, que estão de parabéns pela qualidade das músicas que executam. Essas músicas sertanejas modernas estão contribuindo para um rebaixamento cultural de toda uma geração.
 
Sebatião Dussel em 21/10/2011 11:08:57
PENA QUE QUE A FM 103.7 UNIDERP TOCA RESTART
 
ALEXANDRO SOUZA em 21/10/2011 11:06:18
Não tenho nada contra e favor de radio, mas não escuto e nem gosto de radio.
Tenho minhas músicas no meu Pen Drive, e são músicas de qualidade, não essas coisas que tocam em radio.
Infelizmente o povo brasileiro é brega e cafona....também esperar o que de um Pais sem cultura e educação.
 
mario cezar domingos em 21/10/2011 10:30:18
Então né meu povo que deixo comentario acima se sertanejo ou sertanojo como vocês estão afirmando é tão ruim porque sera que toca muito? se rock ou esses outros estilos de musicas brega que vocês escutam não toca muito ninguém pode fazer nada só vocês que tem que aceita! SERTANEJO ♥
 
Bruna Ximenes em 21/10/2011 09:20:25
Eu gosto muito das radios daqui de CG e também gosto muito de sertanejo mais o grande problema são os intervalos eles são muito longos! e nós ouvintes não queremos escutar propagandas e sim musicas! e acho que as radios estão perdendo muito audiencia por isso.se isso melhorar vai fica muito melhor!
 
Bruna Ximenes em 21/10/2011 09:15:45
ola senhores diretores de radios,eu ouvi no youtube um locutor de rodeio com nome de nelson de oliveira,acha este cara ele fala um verso da aids,coloca este cara ai para faser um programa diferente quem sabe o trem pode dar uma muda,
 
nardone mendes em 21/10/2011 08:29:02
Boa noite a todos.
Eu acho o seguinte; a questão não é só tocar músicas sertanejas ou não, a questão é também, que as rádios (FM) de Campo Grande, exeto Uniderp FM 103,7, fazem muito comercial e esquecem de agradar ao público em geral, com mais músicas. Hoje se faz mais propaganda, do que música. Resumindo, as rádios esqueceram que elas tem, um público e só pensam no financeiro.
Viva a 103,7 FM...
 
Miguel Baracat em 21/10/2011 08:05:09
Se ao mesno fosse mesmo "sertanejo".... Tem umas músicas aí que deveriam ser classificadas de "sertanojo", mas a culpa não é de quem toca ou canta, a culpa é de quem ouve uns shows de "besterol " que estão aí na mídia .... Ufa!!
 
Jaime Mel de Oliveira em 21/10/2011 08:02:55
Eu já não escuto radio faz um bom tempo. Afinal, quem precisa de radio quando se tem internet e aparelhos como mp4? A única coisa legal das radios são programas alternativos mas isso não existe mais... E só tocar um estilo enjoa mesmo.
 
Áulus Lustosa em 21/10/2011 07:56:30
gente por favor deviriam alterna um pouco de sertanejo forró dance o nosso chamamé flas hback rock seria legal ... mudar divercifica
 
genivaldo em 21/10/2011 07:42:31
Concordo plenamente com a opinião da maioria, pois parece que agora só existem músicas sertanejas e mais nada! Se pelo menos fosse a verdadeira música sertaneja, que tem poesia, melodia, mas não, simplesmente estão batendo taco com o tal de axé e olhe lá se já não chegaram ao nível do funk.
E eu me pergunto: ó céus, cadê aquela rádio UCDB 91,9 com a programação original do ano de 2001??? snif...
 
Priscila Azevedo em 21/10/2011 06:48:28
Eldorado FM - "Território Eldorado"; do Jornal O Estado de São Paulo (http://www.territorioeldorado.limao.com.br/). Deve-se reproduzir ou copiar, essa rádio. Gampo Grande deixou de ser provinciana, já faz bom tempo. Tem ouvintes para todos tipos de músicas.
 
Galiano Paccini Neto em 21/10/2011 05:54:37
Apesar de gostar de sertanejo tenho que concordar com a maioria: é muito excessivo e massante ter somente este estilo de música tocando o tempo todo na maioria das rádios.
Ainda bem que ainda temos a 104 FM Radio MS e a 103 Uniderp.
Falta inclusive criatividade nos programas e nos comunicadores.
É uma pena, mas a nossa cidade ainda tem muito a desejar neste quesito!!!
 
Lígia Félix em 21/10/2011 05:47:52
É isso: Nos últimos cinco anos, ouvir rádio em Campo Grande é uma coisa horrível. Mas as rádios não tem culpa. A programação é reflexo da cultura dos ouvintes. E a cultura da maioria do povo está mesmo para analfabeto de pai e mãe.
 
Warley Ezequiel da Silva em 21/10/2011 05:45:40
Cada comentário com sua razão. Quem gosta, ouve. Quem não gosta... Uma cidade como a nossa está mal de rádio. Tirando esse estilo sobram somente comerciais e falação. Invertendo o lema de uma antiga emissora, "muito papo e pouca música". Já desisti de sintonizar qualquer emissora que seja. Mas acho que, deveria sim, haver mais opções de estilos, não só em horários alternativos.
 
Marco Túlio em 21/10/2011 05:28:10
Gosto de sertanejo, mas realmente enjoa sempre o mesmo ritmo musical.Mas uma coisa deve ser analisada,as radios toca o que a população pede,ate mesmo tem uma determinada radio que seleciona seus ouvintes para esses serem os sintonizadores e,sinceramente,esses selecionados colocam sempre as mesmas usicas que toda todo dia.Isso é uma exemplo de como a culpa da repetição nao é somente das radios
 
Nataly Furucho em 21/10/2011 04:58:52
Eu só curto sertanejo Karl sou nascido e criado ouvindo sertanejo.
 
Juvencio Do Nascimento em 21/10/2011 04:54:19
parabéns, para a programação da rádio uniderp continue assim!
 
Patricia Rennê S. de Souza em 21/10/2011 04:52:49
Comentários toscos a parte, ninguém é obrigado a escutar rádio, cada escuta o quer!
Nem ouço radio por isso, escuto soo o que quero, compro cd ou baixo da net mesmo!
Na verdade nem compro soo baixo mesmo... hahaha! viva 4shared
 
Mario Roberto em 21/10/2011 04:50:23
HA VAMOS FALAR SERIO NE .. CONCORDO SE NAO GOSTA DAQ VAI EMBORA TCHAU..AGORA DE CERTA FORMA SERIA INTERESSANTE TOCAR ESSES FANK O DIA TODO COM PALAVRAS OTIMAS DE OUVIR ,NAO É ..OU MELHOR FICAR ESSE TUM..TUM..TUM NA CABEÇA O DIA INTEIRO DEVE SER ISSO Q ESTAO QUERENDO OUVIR .. PREFIRO MUSICAS MELOSAS ...CHORADEIRAS COM ERROS DE CONCORDANCIAS DO QUE COM PALAVROES OU SEM NADA A DIZER...........
 
valeska Moreira em 21/10/2011 04:47:44
O povo já não tem mais do que reclamar, agora quem está na mira é o Estilo Musical. Cada um ouve oque quer, ninguém é obrigado a escutar nada. Deus me livre Campo Grande esta virando a Cidade Reclamações.
 
Kelly Bonfim em 21/10/2011 04:41:38
Cada um tém a sua preferência, mas as emissoras sempre atende o pedido da maioria, e contra força não há resistência, quem não gosta de ouvir as locais, sintonise nas de outras localidades ou ouça CD. Na verdade nós temos que valorizar o que é nosso e nós temos excelentes apresentadores como grandes estrelas da musica sertaneja. me orgulho de ser sul matogrossence. e também do nome do meu Estado.
 
porfirio vilela em 21/10/2011 04:41:32
eu só ouço a uniderp ultimamente, está sendo a melhor. as outras rádios está sendo muito repetitivas as mesmas músicas vai cansando.
 
Patricia Rennê S. de Souza em 21/10/2011 04:41:24
Se eu escutar 2hs de radio por ano acho que é muito. Já desisti de tentar ouvir essas FM daqui. As rádios se resumem em Sertanejo e propaganda. Ainda bem que tenho opção e vou no bom e velho CD mesmo.
 
Cleberson Silva em 21/10/2011 04:40:58
NÃO EXISTE SÓ UM TIPO DE MÚSICA, TEMOS QUE DAR OPORTUNIDADE A OUTROS ESTILOS MUSICAIS E RESPEITAR QUEM PREFERE OUTRAS MÚSICAS ALÉM DA SERTANEJA. NO MUNDO NÃO EXISTE SÓ UMA COR.
 
ZULEIKA DONATO em 21/10/2011 04:31:18
ahhh se fosse só nas radios de CG, por ai ta cheio disto, por isso a cada ano o radio vai caindo em esquecimento, salvo algumas, mas a esmagadora maioria é assim, cheio de comerciais e blá blá blá, eu não me lembro quando foi a ultima vez que ouvi radio....
 
marcelo martins em 21/10/2011 04:22:08
É tão ultrapassado ouvir música em rádio, não é muito mais facil ter todas as músicas de sua preferencia em um pendrive ou um cd/dvd e ouvir qual vc quizer?
Rádio eu já abandonei faz tempo estamos no seculo 21, não presciso mais ficar esperando tocar a musica que quero ouvir em uma rádio, estamos na era da Internet!
 
Leandro Amaral em 21/10/2011 04:21:57
BLUES E DERIVADOS, na 104 FM, sábados à noite. Isso sim é música boa.
 
renato de castro borgo em 21/10/2011 04:16:20
helooo... escutem Cds quem não gosta de rádio, a Uniderp não toca sertanejo mas toca MPBosta, o que é muito pior, intaum cada um escuta o que quer...coloca no toca fitas a fita que melhor lhe aprouver... e viva o Curintia hahah ..
 
Chico Maia em 21/10/2011 04:08:35
O problema não está na música sertaneja. A nossa música sertaneja, no geral, tem muita qualidade e, é inegavel que uma grande maioria curte o ritmo; o problema está na falta de diversificação na programação das rádios. Tem que variar, ser criativo mesmo! Ninguém aguenta sertanejo o dia todo! Faz tempo que não curto mais as rádios locais.
 
Sueili Lima Rocha em 21/10/2011 04:08:05
O QUE A GENTE ESPERA DE UM ZE ROELA, POR QUE FALAR QUE SERTANEJO É MUSICA ISSO É A MAIOR PIADA DO MUNDO, AI VEM JUNTO O ZE ROELA DE BOTA COM UMA CALÇA JUSTA, AI ELE POE UMA FIVELA QUE PARECE O ESCUDO DO CAPITÃO AMERICA, UMA CAMISA E UM BONEZINHO, SOBE NA CAMINHOTE POE ESSA musiquinha no talo E CURTE A DOR DE CORNO AI O ZE ROELA VAI TOMA CAPIM COM AGUA (terere) PIADA ACHA QUE SERTANEJO É MUSICA
 
JULIO CESAR em 21/10/2011 04:01:19
A programação é o ouvinte quem faz, mas tem muitos cantores que o grande público Ñ conheceu ainda por falta de oportunidade até mesmo na mídia.. A Rádio Transamérica deu oportunidade pro compositor da música MOTOQUEIRA BANDIDA. É sertanejo universitário.. mas o cara detona mesmo... ele tem outra música chamada SEU OLHAR... Tem outros artistas que são muito bons aki tipo o Curimba e muitos outros.
 
Thiago Kohagura em 21/10/2011 04:01:17
Por isso só ouço Uniderp FM e a Educativa, raramente tocam sertanejos!
 
Ronaldo Vinicius em 21/10/2011 03:57:13
Para uma capital, Campo Grande tem um programação de rádio fm muito ruim. Tem horas que é preferível desligar o rádio. Aconselho aos proprietários das FMs a enviarem seus programadores para outras capitais do Brasil a fim de reciclarem. O duro é dizerem que isto que tá se tocando é música sertaneja, nem de longe.
 
Edson Navarini em 21/10/2011 03:46:34
Realmente sertanejo dá azia até em sonrizal.
Já era em tempo as rádios voltar a tocar músicas instrumentais:
Por Exemplo anos atras uma emissora daqui tinha uma programação almoçando com música, e só era 02 horas de músicas instrumentais, uma maravilha para uma boa refeição.
 
José Ferreira Rosa em 21/10/2011 03:45:16
No meu ponto de vista, deveria ser mudado a terminologia "Sertanejo" mesmo que esteja complementado com "Universitário" e atribuir somente o nome "POP", pois tem sido isso que os cantores de hoje defendem. Não há o quê dizer Sertanejo (que vem de SERTÃO) das duplas atuais, suas músicas não tem origem Sertaneja e sim outra... menos Sertanejo. Como diz o cantor Zé Mulato "Sertanejo ainda é Sertão".
 
Amilton Martins Garcia em 21/10/2011 03:42:38
MUITO DIVERTIDOS OS COMENTÁRIOS KKKK... PRINCIPAMENTE O DO JUVENCIO "QUER NAO QUISER SERTANEJO COMPRA UM LIVRO"... KKKK!!
Ô JUVENCIO, QUEM NAO GOSTA DE SERTANEJO COM CERTEZA JA TEM LIVRO DE SOBRA... A MÚSICA É SO PRA ACOMPANHAR... E É IMPOSSÍVEL SE LER UM LIVRO OUVINDO SERTANOJO.
 
karl zieger em 21/10/2011 03:42:31
É VERDADE. É UM PESSIMO GOSTO TODAS AS RADIOS TOCANDO SERTANOJO. PARECE QUE NAO EXISTE OUTRO TIPO DE MUSICA.
É O QUE EU SEMPRE FALO O POVO PARA TER MAL GOSTO.
POE ESSA MUSIQUINHA DE VIOLA
NA GELADEIRA E VAMOS OUVIR OUTROS TIPOS DE MUSICA COMO
ROCK, DANCE E ETC. VOCES TEM O DIREITO DE SER FELIZ PAREM DE OUVIR A MUSICA DE CORNO. E NAO ADIANTA FICA BRAVO PQ ESSE É O 1. SINTOMAS DO CORNO A BRABEZA.
 
JULIO CESAR em 21/10/2011 03:39:47
gosto de sertanejo, mas escuto rock também, este é um país democrático, a pessoa só escuta se quiser, se não está satisfeita mude a sintonia do seu rádio, va escutar na internet, ouça a Uniderp, ou se gosta de sertanejo vá escutar a 95, mas o importante é que tudo é gosto.
vale a pena firsar que mesmo pra qem gosta de serta, a 95 toca umas q deus me livre, é só choradeira memo, o que faço? mudo ..
 
Calos Alberto em 21/10/2011 03:06:15
isso é verdade muitos já entitulam o sertanejo nas rádios como "sertanojo", tem uma aqui no estado via satélite que de madrugada toca o sertanejo de um cantor x, quando entra aprogramação da manhã, a musica que ja tinha tocado de madrugada do tal cantor toca de novo, no horário da tarde novamento toca a música do bendito cantor de novo, ninguém aguenta.a fm comunitária daqui tem programação melhor
 
robson lima em 21/10/2011 03:04:57
O sertanejo é a música verdadeira de ouvir,quem não quer ouvir música compre um livro.
 
Juvencio Do Nascimento em 21/10/2011 02:58:22
Uma dia eu comparei o tempo em que se toca as musicas com o tempo dos intervalos das radios, tem radio que em determinada hora chega a ter mais de 8 min de intervalo!!! fora ainda quando retorna toda 4 ou 5 musicas, destas 3 tem que ser sertaneja!
Lamentavel isso, ainda mais em Campo Grande, onde abriga diversos hitimos musicais e culturas, so dão atenção para o sertanejo.
 
José Luis Silva em 21/10/2011 02:58:00
é verdade,a fm 104 e uniderp,não fica só na linha dos chorosos e amorosos sertanejos,adoro o domingo o programa da Karina Cat,que toca as super gostosas músicas nacionais e internacionais dos anos 1980 .não digo isto porque em nos anos 80,eu era um adolescente,mas porque as músicas eram melhores mesmo,nos anos 70 também muitas músicas legais e românticas.
 
antonio luis silva em 21/10/2011 02:52:00
Boa Tarde,
Gostaria que escutasse novamente a obra "Lendas e Mistérios", da dupla Fred e Gustavo.

Segue a letra da obra:
DIZ A LENDA QUE MUITOS E MUITOS ANOS ATRÁS
UM CASAL QUE SE AMAVA CONTRA A VONTADE DOS PAIS
SE ENCONTRAVAM ESCONDIDOS NA ESCURIDÃO
ERAM GUIADOS PELA FORÇA DA SUA PAIXÃO
ERA O AMOR VENCENDO (continua)

O áudio da obra está disponível na internet e no youtube.
Grata
 
Renata Carvalho em 21/10/2011 02:47:06
Essas rádios tocam o que o povão quer, as músicas falam de futilidades, com erros de português tal qual seu público consumidor fala, é uma mídia que presta o desserviço de manter burros os consumidores vendados, que compram os "talentos" empurrados goela baixo pelas gravadoras sob o controle de espertalhões, enquanto houver gente bisonha, a venda de lixo alienante está garantida. Só sobra a 104.
 
Claudio Arantes - CG/Amambai em 21/10/2011 02:45:59
Isso acontece por culpa da própria população, que ainda escuta isso, e não tem opinião própria, apenas aceitam o que dizem que está em ALTA, "se todo mundo está ouvindo, então é essa que vamos ouvir", ah pelo amor, está na hora de terem opinião própria.
 
Jonas Pedro Teixeira Silva em 21/10/2011 02:32:13
realmente é se lamentar a qualidade das músicas que se toca em nossas emissoras de rádio, nos dias atuais, a decadência verifica-se também em duplas "sertanejas" sem qualquer talento, que vivem as sombras dos verdadeiros artistas que batalharam em tempos outrora para deixar portas abertas para tanta imcompetência.
 
aurelio gamarra em 21/10/2011 02:24:07
E viva a Uniderp FM! Espero que continue na mesma toada.
 
Agnaldo Santiago em 21/10/2011 01:40:23
Quem não gosta de sertanejo, compra um CD com a porcaria que quiser ouvir. Rádio nenhuma vai colocar uma musica que meia duzia gosta. Somente é tocado o que é pedido.
 
Marcos Dambrosio em 21/10/2011 01:33:49
As emissoras, realmente estao pessimas, de programaçao, e locutor gritando,e umas musicas internacionais oriveis, foi o tempo da Fm canarinho, Capital disputando audiencia em fim. Sou um disk-jock dos anos 60/70, e ainda sou, tenho meus CDS gravados para nao ouvir FM no carro. Locutores nao existe mais, qualquer voz de taquara fala na (LATINHA).
 
Luciano Rosa em 21/10/2011 01:33:40
é verdade que está enjoativo a programação das rádios de Campo Grande, até eu que gosto de sertanejo " só que sertanejo de verdade" estou enjoada.
 
roberta flores de oliveira em 21/10/2011 01:13:28
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.