A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

29/06/2016 06:15

Quem quiser dançar forró, vai ter parceiro profissional no Casório do Ano

Paula Maciulevicius
Forró se dança assim: dois pra lá, dois pra cá, ensina professora Dani Barilli. (Foto: Matheus Ragalzzi)Forró se dança assim: dois pra lá, dois pra cá, ensina professora Dani Barilli. (Foto: Matheus Ragalzzi)
Lauriano Jesus e Inayara Roza vão conduzir o forró no Casório. (Foto: Marcos Volkopf)Lauriano Jesus e Inayara Roza vão conduzir o forró no Casório. (Foto: Marcos Volkopf)

No dois para lá, dois para cá, o ritmo mais dançado em todo País é o que comanda o Casório do Ano, neste sábado, lá na Cabeça de Boi. O forró para não deixar pé e nem par nenhum parado virá da banda Forró Zen. E quem quiser, até parceiro profissional vai estar por ali, ao redor do coreto para ensinar como fazer bonito. A gente também vai ter quadrilha que será composta lá, na hora, por quem for se achegando!

Veja Mais
"Toma aqui uns 50 reais", Naiara Azevedo abre fim de semana eclético
Ludmilla é uma fofa e mostra o que o funk pode ensinar ao nosso sertanejo

Lauriano Jesus e Inayara Roza são professores na escola Dança Due e vão preparar uma coreografia para lá de especial. "Como o tema é festa julina, eles vão dançar o forró, que é o ritmo mais brasileiro de todos, até mais que o samba", explica a professora de dança e sócia-proprietária da Dança Due, Dani Barilli. 

A gente até se surpreende ao saber que o forró é considerado mais brasileiro que o próprio samba e sabe por que? Dani Barilli responde com outra pergunta: "Qual é o ritmo que todo mundo sabe dançar, que é mais fácil que samba? Isso mesmo, o forró", revela.

Forró segue à risca 2 regras: está presente em todo País e é dançado a dois. (Foto: Matheus Ragalzzi)Forró segue à risca 2 regras: está presente em todo País e é dançado a dois. (Foto: Matheus Ragalzzi)

A mestre das danças exemplifica: se colocar um samba de gafieira e um forró numa festa, a pista lota no segundo ritmo. "Ele é mais brasileiro não pela idade, mas pela dança. O forró se espalhou entre os anos 60 e 70", explica Dani.

Considerado dança de salão, ele segue à risca duas regras para entrar nesses critérios: estar presente no gingado de todo País e ser uma dança a dois.

"O pé de serra é basicamente dois para lá, dois para cá. Até mesmo o forró universitário não deixa de ser dois por dois, só que ele vai e volta", ensina a professora.

As aulas que Inayara e Lauriano fazem com os alunos dura 45 minutos e pode perder de 450 a 500 calorias dependendo da intensidade da música.

E depois que a dupla se apresentar, eles continuam a forrozear por ali, mas dessa vez para ensaiar uns passinhos com quem quiser aprender.

Professora de nove ritmos, Dani Barilli ministra na escola Dança Due o forró, bolero, samba, soltinho, sertanejo universitário, tango, chamamé, vanerão e polca paraguaia. Já são 10 anos de escola em Campo Grande.

Quem quiser experimentar o forró, além do Casório, pode procurar a Dança Due. (Foto: Matheus Ragalzzi)Quem quiser experimentar o forró, além do Casório, pode procurar a Dança Due. (Foto: Matheus Ragalzzi)

"Dançar é minha paixão desde criança. Comecei com balé aos 3, parei. Voltei aos 12, parei de novo, retomei aos 18 e aí foi", descreve Dani. Do balé para as danças de salão, os pés da professora bailam por qualquer ritmo.

Confederada internacionalmente para competir, é pedagoga por formação e está ministrando as aulas agora em novo espaço. Mais amplo e que oferece várias opções. A Dança Due agora é parte do complexo da Academia ONFIT, ali na Orla Morena.

Quem quiser experimentar o forró, além do Casório, a Dança Due fica na Avenida Noroeste (Orla Morena), nº 920, no bairro Cabreúva. O telefone de contato é o: 98404-0504.

Já confirmou sua presença no Casório do Ano? Veja o evento no Facebook. O Casório é neste sábado (02/07), na Praça Cuiabá, região da Cabeça de Boi. A festa é gratuita e começa a partir das 18h.

E quem quiser, até parceiro profissional vai estar por ali, ao redor do coreto para ensinar como fazer bonito. (Foto: Matheus Ragalzzi)E quem quiser, até parceiro profissional vai estar por ali, ao redor do coreto para ensinar como fazer bonito. (Foto: Matheus Ragalzzi)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.