A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

13/09/2014 07:43

Sarau especial neste sábado reúne amigos para ajudar músico Paulo Gê

Paula Maciulevicius
Músico, Paulo Gê está com 60 anos, mas nos últimos 15 vem lidando com as consequências da doença. (Foto: Marcelo Callazans)Músico, Paulo Gê está com 60 anos, mas nos últimos 15 vem lidando com as consequências da doença. (Foto: Marcelo Callazans)

O tradicional Sarau do Zé Geral terá edição especial neste sábado, a partir das 17h, no bairro Piratininga, em Campo Grande. A entrada que sempre foi livre desta vez será cobrada, mas é por uma boa causa. Uma das atrações confirmadas para a noite é o músico Paulo Gê. A bilheteria do dia será repassada a ele para compra dos medicamentos de diabetes.

Veja Mais
Avião de Xuxa faz pouso de emergência após ser atingido por raio
Begèt de Lucena e Mari Depieri são as vozes do Som da Concha de hoje

Músico, Paulo Gê está com 60 anos, mas nos últimos 15 vem lidando com as consequências da doença. "Estou no auge do diabetes. Me pegou geral mesmo. Sou um sujeito possuído pelo diabetes. A doença não facilita e ainda tem medicamentos caros e importados que tem que usar", relata. Recentemente, Paulo Gê teve dois dedos do pé amputados.

Nos últimos anos, quando o ritmo que 'pegou' foi o sertanejo universitário, Paulo Gê explica que se afastou das apresentações.Nos últimos anos, quando o ritmo que 'pegou' foi o sertanejo universitário, Paulo Gê explica que se afastou das apresentações.

"O sarau vai me ajudar financeiramente, vou aparecer lá também. Estando bem, eu pretendo me apresentar", disse. Quanto ao repertório, ele conta que é mais de improviso, mas que deve tocar canções autorais e também um pouco de Lulu Santos. "Vai da vontade da gente, de chegar na hora e definir isso. Sarau é coisa livre", afirma.

Nos últimos anos, quando o ritmo que 'pegou' foi o sertanejo universitário, Paulo Gê explica que se afastou das apresentações. Hoje só dá aula de música e violão em domicílio. "Faz muito tempo que transferi para o ensino. Com essa tendência universitária, eu resolvi tirar meu time de campo, não tenho diploma não", brinca.

O dono da casa e quem realiza o sarau há duas décadas, Zé Geral garante a que a festa deste sábado promete. Ele não tem cobrado ingressos há muito tempo, mas agora a intenção é outra. "Como vai ter um movimento maior, minha intenção é colocar 100 pagantes". Cada entrada vai custar R$ 15.

No sarau, o palco é livre, é só chegar e pedir lugar. Além de música e cantoria, o espaço oferece espetinhos, porções de calabresa, quibe, mandioca com ovo de codorna e bebidas. O sarau fica na rua Pasteur, 937, no bairro Piratininga. Os telefones para contato são: 3346-9528 e 9219-3504.

O dono da casa e quem realiza o sarau há duas décadas, Zé Geral garante a que a festa deste sábado promete. (Foto: Arquivo/Marcos Ermínio)O dono da casa e quem realiza o sarau há duas décadas, Zé Geral garante a que a festa deste sábado promete. (Foto: Arquivo/Marcos Ermínio)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.