A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

03/10/2011 11:09

Voltou do Rock In Rio sem celular, mas trouxe baquetas de banda favorita

Ângela Kempfer
Jhully e a irmã, em noite do Rock In Rio.Jhully e a irmã, em noite do Rock In Rio.

Fim de festival e o balanço do designer gráfico Jhully Espíndola é um celular roubado, mas baquetas dos ídolos na bagagem de volta a Campo Grande.

Veja Mais
Begèt de Lucena e Mari Depieri são as vozes do Som da Concha de hoje
Festival de Artes começa com público fraco, mas tem vocação para ser resistência

Foram 2 dias no Rock In Rio, 24 e 25, as noites do rock e metal. Do aeroporto do Rio de Janeiro, ele foi direto para a cidade do rock, onde encontrou a irmã, o cunhado e 2 amigos.

Depois, Snow Patrol, Red Hot Chili Peppers, Motörhead, Metallica, Sepultura e Slipknot, os donos das baquetas arremessadas ao público e embolsadas por Jhully.

Sobre o celular roubado, “era Samsung, mas nem lembro o modelo”, diz sem muita importância ao roubo.

As baquetas, agora com Jhully.As baquetas, agora com Jhully.

O que ficou mesmo foram as emoções de quem conseguiu chegar até a primeira fila e acompanhar as 3 bandas que mais gosta, de muito perto – Motörhead, Slipknot e Metallica.

“O Slipknot chegou e levantou publico que ja estava um pouco cansado de muitas horas de show. Durante o show, um dos percussionistas, o Chris, desceu do palco e eu consegui segurar a mão dele. Depois, subiu para tocar de novo. Assim que terminou o show, ele jogou algumas baquetas, eu peguei uma delas”, lembra.

Jhully toca bateria e virou atleta para não perder a lembrança dos ídolos. “Assim que peguei a baqueta, outras pessoas queriam roubá-la de mim. Então pulei a grade de contenção que fica na frente do palco e fiquei próximo dos seguranças. Depois voltei para o meio do povo para assistir a ultima atração do dia, o Metallica”, conta.

A primeira vez no Rock In Rio não foi exatamente como ele esperava. “O que eu menos gostei foi o fato de colocarem bandas menores no palco principal (Mundo) e maiores no palco Sunset, como aconteceu com Sepultura e Gloria. Sepultura, na minha opinião, deveria ter tocado no palco principal e Gloria no palco Sunset”.

Sobre todo o festival, o erro para Jhully foi o mesmo já criticado aos montes pelos roqueiros nas mídias sociais: colocar axé no Rock In Rio. Com Claudia Leite e Ivete Sangalo.

“Assim como no rodeio 8 Segundos não toca rock, acho errado no Rock In Rio tocar axé”.




esse é o batera da minha banda! kkkkkkkkkkk

eu tive sorte então pq fui tb no dia 25, levei até o celular e um pouco de dinheiro e voltei com tudo (claro, menos o dinheiro que gastei tudo lá hehe).
 
Rodolfo Ortale em 04/10/2011 12:11:17
O importante foi ter ido para o Rock in Rio, enquanto ao celular....se não roubassem lá um dia seria roubado por aqui.....
 
Dj Mário Francis em 04/10/2011 08:24:04
Eu voltei do Rocjk in Rio, do show do Coldplay com meu celular e com todos os meus pertences. Não vi um roubo ou furto sequer. O que é existe é o extravio ou perda de celulares e documentos.
 
Eduardo Vieira em 03/10/2011 06:40:51
O meu celular tb foi furtado no dia 25, assim como o de um amigo que estava junto! O mais engraçado é que estou rastreando o aparelho desde quinta-feira passada (29) e ele está no interior da BA.
 
Daniel Arruda Pinto em 03/10/2011 03:22:06
Sorte sua Jhully que não colocaram Luan Santana rsrsr.. ai sim seria o fim..

E com relação ao celular.. Tenho uma conhecida que ficou até sem os documentos para embarcar de volta pra CG..
 
Ricardo Sallkes em 03/10/2011 02:38:12
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.