A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

30/11/2015 06:56

Amor que vale a pena é o que acontece seja na gordura ou na magreza

Liziane Berrocal
Thiago e Natielle e relacionamento além da balança;Thiago e Natielle e relacionamento além da balança;

É tão bom falar de amor, viver amor e sentir amor. E em uma época de culto ao corpo, a ideia midiática distribuída sobre o assunto é daquele amor magro, sarado e cheio de músculos durinhos ao estilo propaganda de TV... Mas na vida real não é isso que acontece. Eu já escrevi aqui sobre o amor “gordo”, sobre o relacionamento de gordinhas, sobre gente que só gosta de gordinhas, até de relacionamentos que acabam por causa da cirurgia.

Veja Mais
Clínica realiza palestras para sanar dúvidas sobre infertilidade conjugal
Peregrinos não precisam ir tão longe, nosso "Caminho de Santiago" fica a 60km

Mas hoje, quero aproveitar o espaço do Lado B para falar de amor. Eu Liziane, estou com Josiel há quatro anos. Quando ele me conheceu eu tinha 140 quilos. Subi para 170 e ele continuou firme ao meu lado. E o que me faz feliz é saber que não sou a única nessa história toda.

Nossa coluna hoje é uma homenagem ao amor da Natielle e do Thiago. A Nat é uma colega de grampo. Me lembro perfeitamente o dia que eu a encontrei na Páscoa. Eu estava com poucos meses de cirurgia e ela se emocionou ao ver o quanto eu tinha emagrecido. Ao lado dela estava Thiago, seu namorado na época.

Thiago e Natielle se conheceram quando ela pesava 150 quilos. Começaram a namorar e então ficaram noivos. Nesse meio tempo, veio a cirurgia, agora, o plano é subir ao altar no próximo ano, quando ela quer estar linda e loira (e mais magra sim) para usar um lindo vestido branco.

E a história da Natielle com o Tiago é muito parecida com a minha e a do Josiel. Nas palavras dela, em um mundo de tanta superficialidade, modismo e sentimentos descartáveis, viver um amor tão bonito é raro! “E vivi aquele filme. ‘O amor é cego’, sabe!? Só que foi muito mais bonito e legal, porque é o filme da minha vida!”, contou ela.

Amor que vale a pena é o que acontece seja na gordura ou na magreza

Agora, a Nat aproveita esse espaço para que O Thiago e homens como ele possam ser homenageados, não só
por serem um namorado bacana ou um marido parceiro, mas por serem homens que amam acima de qualquer preconceito.

Não que eu defenda que um homem não tem o direito de rejeitar uma mulher porque ele não gosta dela, mas sempre me perguntam porque os homens se acham no direito de serem mais sinceros com as mulheres gordas, como se elas não tivessem sentimentos?

É isso que diferencia os “Thiagos” da vida. Amor não é um número na balança e sim uma vontade de estar ao lado, de viver uma vida juntos, independente do que gente preconceituosa fale.

Quando conversamos sobre isso, fiquei pensando: “Realmente, homens assim merecem uma homenagem. Não só porque amaram uma mulher gorda, mas porque amaram uma mulher como ela merece”.

Quem já viveu relacionamentos de amores “doloridos” vai entender o que quero dizer. É tão precioso quando você encontra alguém que te ama pelo que você é, que te aceita do seu jeito, mas que encara contigo a mudança, e no caso de uma bariátrica, é "A" mudança.

Quantas mulheres não sonham em viver um grande amor? Um amor que não machuque, porque se machuca não é amor, um amor que traga paz e alento, um amor que faça o dia sempre nascer mais colorido.

E eu sinceramente, quero tanto que as pessoas vejam que sim, o amor é despido de padrões de beleza e que o mundo tenha mais amores como o da Natielle e do Thiago Marcel.

Ah, em tempo, Thiago, essa homenagem é da Natielle para você, pelo aniversário do amor de vocês!




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.