A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

27/04/2015 14:38

Badalada no mundo fitness, blogueira ensina que o melhor é rodízio alimentar

Aline Araújo
O curso ajuda quem busca a rotina alimentar saudável (Foto: Age Comunicação e Mídia)O curso ajuda quem busca a rotina alimentar saudável (Foto: Age Comunicação e Mídia)

Se não adianta os alertas de médicos, quem sabe a dica de uma blogueira famosa pode fazer a diferença. A chef fit Mila Cozzi, uma das mais badaladas especialistas em cozinha funcional do Brasil, veio a Campo Grande para ensinar receitas, mas também para alertar sobre os riscos do radicalismos de quem, por conta própria, resolve cortar da alimentação ingredientes que tenham glúten ou lactose.

Veja Mais
Clínica realiza palestras para sanar dúvidas sobre infertilidade conjugal
Peregrinos não precisam ir tão longe, nosso "Caminho de Santiago" fica a 60km

Além de provocar problemas que podem ser irreversíveis, uma dieta restritiva, sem acompanhamento pode, inclusive, engordar. O segredo, na avaliação de Mila, é seguir um "rodizio alimentar". “Hoje você come um macarrão integral, amanhã como sem glúten. O segredo está em fazer as melhores escolhas dentro das opções que você tem. Em uma viagem por exemplo. Mas na rotina tentar equilibrar”, explica.

Com mais de 300 mil seguidores no Instagram, Mila Cozzi já tem 20 anos de alimentação saudável e hoje suas receitas inspiram muita gente a se alimentar melhor.

A gastronomia entrou na vida da advogada aos 18 anos, depois de um problema de saúde que resultou em ganho de peso. “Eu sou de uma família de gordinhos, então tive que aprender a fazer a minha própria comida separada. E assim fui criando receitas”, conta.

 

Mila tem mais de 300 mil seguidores no Instagran. (Foto: Alcides Neto)Mila tem mais de 300 mil seguidores no Instagran. (Foto: Alcides Neto)

No curso, ministrado no fim de semana em Campo Grande, ela ensinou a utilização dos mix de farinhas sem glúten para fazer bolos e pães, além de dicas para facilitar o dia a dia. 

Ela explica que já foi comprovado que é muito mais perigoso cortar de vez um alimento, porque caso você tente reintroduzir na alimentação, o corpo pode rejeitar e provocar uma reação alérgica.

Mila alerta que o principal aliado na hora do emagrecimento é a informação. “Se a pessoa não souber fazer o preparo correto dos alimentos, ela pode engordar ao invés de emagrecer. Já que as farinhas sem glúten são mais pobres nutricionalmente e de alto índice glicêmico e em quantidade errada podem engordar”, aponta.

Roberta já mantém uma rotina alimentar saudável há mais de um ano.  (Foto: Alcides Neto)Roberta já mantém uma rotina alimentar saudável há mais de um ano. (Foto: Alcides Neto)

Fraude da tapioca - Ela dá como exemplo a tapioca, feita com polvilho, que é só carboidrato. Para deixar ela mais saudável é possível acrescentar grãos de linhaça ou chia por exemplo, para aumentar a quantidade de fibras do alimento.

Quem participou do curso, voltou para casa munidos de informações para colocar na dieta. As amigas Roberta Belle, de 41 anos, e Isis Pizzato, de 36, foram ao curso interessadas em aprender só para investir na própria saúde.

“Meu pai e a mãe dela tiveram câncer, foi quando a gente decidiu repensar a nossa maneira de se alimentar”, conta Isis, que também saiu encantada com o curso.

“Foi maravilhoso. Ela é muito equilibrada e deu dicas desde como preparar os alimentos, até como armazenar. Coisas para facilitar na nossa rotina mesmo”, comenta Roberta.

O curso foi na Seja Leve e Light, na Rua Manoel Inácio de Souza nº 2153, realizado pela Age Comunicação e Mídia, empresa que tem investido nesse tipo de formação aqui na cidade.

Se alimentar bem para manter uma rotina mais saudável.  (Foto: Age Comunicação e Mídia)Se alimentar bem para manter uma rotina mais saudável. (Foto: Age Comunicação e Mídia)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.