A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

09/07/2014 06:24

Cidade entra na rota de "academias de grife", moderna e cara ou de preço popular

Aline Araújo
Academia que chegará aos shoppings tem aparelhos com TV a cabo. (Foto: divulgação)Academia que chegará aos shoppings tem aparelhos com TV a cabo. (Foto: divulgação)

Campo Grande parece ter entrado na rota das grandes redes de academias franqueadas. Tem marca de grife como a “Fórmula” em que um dos donos é o Luciano Huck e outras com apelo mais popular, como a Smart Fit, a maior rede da América Latina. Ambas vendem a ideias de amplos espaços climatizados, aparelhos de última geração e a autonomia do aluno.

Veja Mais
Para fazer o mundo sorrir, grupo sai às ruas doando bons sentimentos
Clínica realiza palestras para sanar dúvidas sobre infertilidade conjugal

A Smart Fit é conhecida pelos preços populares. A mensalidade a partir de R$ 49,90, somada à matricula rápida, feita pela internet, funciona como o principal chamariz da rede.

Alcimar Pereira Gomes, gerente da franquia na Capital, afirma que a academia trás um modelo americano, onde o aluno procura o professor apenas para esclarecer dúvidas e os planos divididos pelas versões padronizadas de treino. “Ao entrar na academia o aluno encontra um totem com várias opções de treino e ele escolhe o que corresponde ao seu objetivo. Seja ele emagrecer ou ganhar massa muscular”, explica.

A academia, que terá 38 esteiras e o aluno pode levar até 5 convidados para treinar junto uma vez por mês, será instalada no bairro Itanhangá Park, ainda está em obras, mas a previsão é que a inauguração seja no próximo dia 14. “Se nenhum imprevisto acontecer inauguramos”, afirma Alcimar. Eles irão contratar de 6 a 10 professores para atender uma previsão inicial de três mil alunos.

No outro lado dessa proposta, está outra grife, a “Formula”, que tem o apresentador Luciano Hulk como um dos donos e mensalidades bem maiores. Duas unidades serão abertas na cidade: no Shopping Campo Grande e no Bosque dos Ipês. Em ambos os locais, as obras já começaram, mas a previsão de inauguração é só para o terceiro trimestre de 2014.

Além do apelo do artista, o foco do marketing são os aparelhos tecnológicos como a bicicleta que tem TV a cabo, as esteiras de última geração e o plano único, que inclui musculação e aulas aeróbicas coletivas.

A assessoria de imprensa do Shopping Bosque dos Ipês informa que os preços devem ser competitivos, mas, nas unidades do Paraná e Mato Grosso, por exemplo, o custo para se exercitar na “academia do Luciano Hulk”, não é nada popular. Gira em torno de R$ 209,00 mensais, mais R$ 90,00 da taxa de matricula.

Se o problema é grana, não faltam opções baratas na cidade. Campo Grande tem mais de 700 academias credenciadas no CREF-MS (Conselho Regional de Educação Física de Mato Grosso do Sul). Se a intenção é não gastar nada, vale procurar uma das 13 academias ao ar livre espalhadas pela cidade. Mas, nesse caso, é preciso cuidado, alerta a entidade.

Para o educador físico Marcelo Ferreira Miranda, antes de fazer a matrícula, o aluno precisa ter consciência da disposição para a atividade física. Para alguns, o esquema livre, sem um instrutor, pode ser problema. “É desmotivador”, argumenta.

Outro risco é a lesão. Se o caso é manter a forma com segurança, sem desembolsar um bom dinheiro com personal, a sugestão é escolher academias menores, com 4 ou 5 professores por turno, que consigam atender o aluno com atenção especifica “Se você for atender alguém com alguma patologia, ou um atleta com um objetivo especifico, esse treinamento tem que ser quase direcionado”, pontua.

Smart fit, na Barra da Tijuca, inaugurada em setembro de 2013.  (Foto: Divulgação)Smart fit, na Barra da Tijuca, inaugurada em setembro de 2013. (Foto: Divulgação)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.