A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

14/08/2014 09:56

Com dieta, treino diário e facetas super finas, Miss MS vira “mulherão"

Elverson Cardozo
Com o corpo em forma, Érika se diz preparada para disputar etapa nacional do concurso. (Foto: Marcos Ermínio)Com o corpo em forma, Érika se diz preparada para disputar etapa nacional do concurso. (Foto: Marcos Ermínio)

Quem viu a miss Mato Grosso do Sul 2014, Érika Cristina Rodrigues Moura, de 19 anos, há dois meses, na preparação e no desfile da etapa regional do concurso, em Campo Grande, e a vê agora, percebe de imediato a visível diferença no visual da jovem.

Veja Mais
Para fazer o mundo sorrir, grupo sai às ruas doando bons sentimentos
Clínica realiza palestras para sanar dúvidas sobre infertilidade conjugal

Em apenas 2 meses, Érika virou um “mulherão”. Perdeu 8 quilos e conseguiu chegar aos 58, peso ideal e que desejava. Para mudar o sorriso, colocou lentes de contato, facetas extremamente finas, na arcada superior e, embaixo, fez clareamento.

As mudanças foram pequenas, mas o resultado impressiona, especialmente nas fotos produzidas. A miss, que participou do concurso regional com a faixa de Três Lagoas, agora está pronta, e em forma, para disputar o título nacional em Fortaleza, junto com outras 26 candidatadas.

O auxílio vem de uma equipe composta, entre outros profissionais, pela coordenadora do Miss MS, Melissa Tamaciro, por um personal trainer, especialista em treinamento de atletas, por uma nutricionista e pelo missólogo e coordenador geral do evento, Evandro Hazzy.

Ele, que também é crítico, especialista em estilo, vive dizendo que não acredita em beleza natural. Mas as “alterações” de Érika não foram invasivas. A candidata se orgulha de dizer que é a única na disputa que ainda não passou por qualquer intervenção cirúrgica, mas mudou o que pôde, inclusive a rotina.

Érika treina para fortalecer músculos sem deixar corpo marcado. (Foto: Marcos Ermínio)Érika treina para fortalecer músculos sem deixar corpo marcado. (Foto: Marcos Ermínio)

Os exercícios, que antes tomavam 30 minutos do tempo dela por dia, agora ocupam mais de 2 horas. Morando em Campo Grande, na rua 14 de julho, no Centro, Érika vai caminhado até a academia, na Vila Gomes. São 30 minutos de caminhada para ir e outros 30 para retornar.

Quando chega, a esteira a espera para mais alguns passos, só que mais rápidos. Descendo dela, é hora de treinar os músculos da pernas, braços, glúteos e barriga. Para finalizar, é preciso pedalar alguns minutos na bicicleta. “Não tem como não emagrecer”, diz ela.

E o preparador físico, Júlio César Neves, de 36 anos, confirma. “Com ela a gente trabalha mais tônus muscular, até porque não pode marcar, ter expressão muscular agressiva. Tem que ser natural”, comenta, ao dizer que o treino todo da miss é elaborado para queimar de 1,8 a 2 mil calorias, valor superior ao gasto calórico diário que, segundo ele, é de 1,2 mil. “Tem uma nutricionista que acompanha ela”.

Exercício começa na esteira. (Foto: Marcos Ermínio)Exercício começa na esteira. (Foto: Marcos Ermínio)

E foi a nutricionista, conta Érika, quem “proibiu” excesso de açúcar e sal. Mas não teve nenhum segredo, ela salienta. Foram coisas básicas, mais cuidados diários com o corpo”. O esforço deu resultado e, claro, rendeu elogios. “Todo mundo notou meu crescimento pessoal e também profissional, que vou legar para toda a vida”, diz.

A miss MS está, além de mais bonita, “treinada” e segura. “Não vim para brincadeira, para ter um título e meu rosto estampado. Quero representar a mulher na sociedade”, afirma. O discurso agrada Melissa, a coordenadora regional do concurso.

“A intenção é preparar ela para virar uma grande modelo profissional. Não é só beleza. Isso é fácil. Qualquer um, com dedicação, chega lá. É o conjunto. É conseguir conversar com as pessoas de maneira madura, lidar com autoridades, empresários... Isso sim é o grande desafio de uma miss”, declara.

O antes.. (Foto: Cleber Gellio)O antes.. (Foto: Cleber Gellio)
Érika durante o concurso regional, já com a faixa de Miss MS. (Foto: Marcos Ermínio)Érika durante o concurso regional, já com a faixa de Miss MS. (Foto: Marcos Ermínio)
E o depois. (Foto: Divulgação)E o depois. (Foto: Divulgação)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.