A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

20/05/2015 06:34

Em ambiente zen, lanchonete vende de pão de chia a brigadeiro de batata doce

Aline Araújo
O lugar tem muitas plantas. (Marcelo Calazans)O lugar tem muitas plantas. (Marcelo Calazans)

O cardápio tem pão de chia, pastel de berinjela ou de alho poró, brigadeiro de batata doce, além de sucos naturais e funcionais. Nada de polpa ou de produtos industrializados. A ideia é uma lanchonete com as opções mais saudáveis possíveis. Sejam elas com frango ou vegetarianas e veganas. O ambiente é zen, bem calmo e tranquilo.

Veja Mais
Para fazer o mundo sorrir, grupo sai às ruas doando bons sentimentos
Clínica realiza palestras para sanar dúvidas sobre infertilidade conjugal

No som ambiente rola do surf music ao reggae. A decoração, feita com elementos que remetem aos países asiáticos, tem como inspiração a viagem feita por Taoli Freitas, de 22 anos, com um amigo. Assim que se formou em Administração, ele foi surfar na Indonésia e aproveitou para estender a viagem até a Tailândia.

As mesas são coloridas e tem diferentes formas. (Marcelo Calazans)As mesas são coloridas e tem diferentes formas. (Marcelo Calazans)

A experiência da temporada de um mês e meio fora do País deu ainda mais bagagem ao projeto. Montar algo com alimentação saudável era sonho antigo, então foi colocado em prática bem aos poucos. Demorou cerca de um ano e meio até ele abrir as portas do Tao, que fica ao lado da loja da mãe, na esquina da Rua Bahia com a Antônio Maria Coelho.

O nome da loja nada tem a ver com o nome do dono. Tao é vem chinês, significa o “caminho do meio”, ou seja, a busca pelo equilíbrio.

“Eu sou de Campo Grande, sempre morei aqui, mas como pai mora na praia, passava altas temporadas lá. Eu sentia a necessidade de montar um espaço assim, com comida saudável e um ambiente do jeito que eu gostaria de frequentar”, explica.

Tudo foi pensado e preparado com a ajuda da mãe e de um amigo. A lanchonete tem até uma hortinha própria, e um mini empório de alimentos. Na frente, as bandeirinhas da cultura indiana são para chamar os ventos da boa sorte.

A prancha na parede lembra a praia e há muitas peças que vieram na viagem da Tailândia e antes ocupavam espaço no quarto do empresário.

Pão de chia e suco verde, receita da casa. (Marcelo Calazans)Pão de chia e suco verde, receita da casa. (Marcelo Calazans)
Brigadeiro de batata doce. (Foto: Marcelo Calazans)Brigadeiro de batata doce. (Foto: Marcelo Calazans)

As mesas não seguem um padrão. Algumas são quadradas, outras redondas, todas com toalhas coloridas e muita harmonia. Uma fonte e muitas plantas também ajudam a criar a sensação de paz que Taoli queria transmitir.

Praticante de Yoga, a filosofia é presente no negócio que resolveu criar. Com pouco mais de um mês em funcionamento, os clientes são na maioria amigos, ou gente que passa pela loja da mãe.

Para comer, as opções são variadas, mas todas na linha saudável. Os pasteis por exemplo, são todos assados e integrais, nos sabores ricota, espinafre e palmito, todos a R$ 5,00.

A lanchonete tem ambientes integrados. (Marcelo Calazans)A lanchonete tem ambientes integrados. (Marcelo Calazans)

Tem pão de queijo (R$ 4,00) e pão de chia (R$ 4,50), uma criação de Taoli, feito com massa de mandioquinha e semente de chia. A receita não leva nem ovos, nem leite e o sabor é bem leve. Entre os sucos, as combinações das frutas, sementes, raízes (como gengibre), são pensados para serem funcionais.

Para quem quer um docinho, tem o brigadeiro de batata doce e tortas integrais. Ele que cuida da cozinha, mas antes de abrir, discutiu todo o cardápio com uma nutricionista.

As receitas foram testadas algumas vezes para chegar no sabor esperado. Um lugar diferente e ideal para quem quer fazer um lanchinho, sem sair da dieta.

A Lanchonete fica na rua Antônio Maria Coelho, 2792, e abre todos os dias. De segunda a sexta, de 14h às 20h e nos fins de semana, das 15h às 19h.

O local tem estacionamento próprio. (Foto: Marcelo Calazans)O local tem estacionamento próprio. (Foto: Marcelo Calazans)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.