A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

16/09/2015 08:08

Em aniversário de 1 ano, festa tem patê de berinjela ao invés de cachorro-quente

Naiane Mesquita
Sanduíches de berinjela substituíram o tradicional cachorro-quente (Fotos: Alex Doreto)Sanduíches de berinjela substituíram o tradicional cachorro-quente (Fotos: Alex Doreto)

A pequena Glória acaba de completar 1 aninho e para comemorar os pais decidiram mostrar aos convidados um pouco da alimentação ovolactovegetariana da família. Sim, o nome é grande, mas é basicamente um tipo de dieta em que pode-se comer alguns alimentos de origem animal, como ovos, leite, iogurtes e queijos.

Veja Mais
Para fazer o mundo sorrir, grupo sai às ruas doando bons sentimentos
Clínica realiza palestras para sanar dúvidas sobre infertilidade conjugal

Para a sobremesa ao invés de doces, a mãe preferiu salada de frutaPara a sobremesa ao invés de doces, a mãe preferiu salada de fruta

A mãe de Glória, Thais Telebi Lopez Piotto, 29 anos, afirma que desde a gestação da filha decidiu ao lado do marido Felipe Piotto mudar a alimentação de toda a família. “Adotei essa dieta mais saudável, que podemos comer leite, ovo, derivados do leite, mas sem carne. Faz dois anos que nós viramos vegetarianos, apesar de ainda mantermos o peixe, mas é porque gostamos muito de algumas coisas, como sushi. A ideia é com o tempo também retirar o peixe”, afirma Thais.

Como Glória está acostumada com a alimentação baseada em frutas e verduras, a ideia foi levar isso para a festinha de 1 ano. “Fizemos patês com base de ricota, como creme de cebola, ricota pura, tomate seco, pasta de berinjela picadinha. Usamos pão de mini hot dog e de sobremesa teve mousse de maracujá, salada de fruta, bolo e docinhos que enfeitaram a mesa, como brigadeiros”, aponta.

A única exceção foi o bolo de Glória A única exceção foi o bolo de Glória

Thais conta que os convidados gostaram das opções. “Eles acharam interessante. A proposta é que não tivesse fritura, nem carne, até para representar o que a gente é. É diferente, mas ninguém se sentiu desconfortável”, acredita.

A mãe de Glória ainda explica que os cuidados com a alimentação de Glória ainda vão além das frutas e verduras. “Eu sigo um método que chamam BLW, onde ela come só alimentos saudáveis, sem papinhas e ela se alimenta sozinha. Nada é levado a boca, nunca fiz isso com ela. É algo bem difundido na Europa, mas no Brasil ainda é pouco divulgado”, explica.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.