A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 17 de Janeiro de 2017

13/08/2014 06:23

Veja Itens que podem facilitar a vida de quem elegeu a magrela veículo oficial

Aline Araújo
Lista começa com luvas, mas tem até freio hidráulico. (Foto: Marcelo Calazans)Lista começa com luvas, mas tem até freio hidráulico. (Foto: Marcelo Calazans)

Com a ciclovias em Campo Grande, a bicicleta ganha cada vez mais adeptos para ser utilizada no dia a dia, além de itens cada vez mais tecnológicos para o conforto de quem a escolheu como veículo oficial. Para quem resolveu ter a magrela como companheira, o Lado B resolveu fazer um levantamento de preços e opções de materiais para  facilitar as pedaladas.

Veja Mais
Antes do ano acabar, decidi mudar de vida e em 2 meses eliminei 13 quilos
Para começar o ano emagrecendo, Revitaliza dá desconto em kit dieta

Tudo começa na hora de encontrar ou montar uma que atenda as necessidades do dono. As mais simples saem por R$ 290,00, mas a manutenção pode exigir custo maior. Por R$ 670,00, é possível montar uma com durabilidade superior. Também existem opções bem mais equipadas, que chegam ao preço de uma moto, por R$ 4 mil.

Entre os itens que podem ser acoplados para o conforto do ciclista estão, por exemplo, a manopla anatômica, mais conhecida como a luva do guidão. Ela evita que a mão adormeça, ao ampliar a área de contato. Um exemplar básico sai em torno de R 9,00.

 

O banco de gel, uma alternativa bastante conhecida para evitar as dores na região glútea de quem passa muito tempo pedalando, custa R$ 23,00. A garrafa térmica para a bicicleta é um item simples, mas indispensável, por R$ 32,00, em média.

Já entre os itens de segurança, a novidades são os leds para sinalizar a bicicleta, com valores de R$10,00 a R$ 35,00. Os modelos mais novos que chegaram no mercado são de silicone e tem até com formato de caveirinha. A luva também é um artigo indispensável para a proteção das mãos nos casos de queda e custam a partir de R$17,00. Assim como os capacetes que vão de R$ 30,00 a R$100,00.

O dono da bicicletária Ciclo Estrela e ex professor de técnicas de ciclismo, Jayme Ulisses Marques Filho, de 43 anos, explica que é possível aliar valores acessíveis a um equipamento seguro para a utilização na rotina diária. “O ideal é a pessoa procurar um loja de confiança, seja para montar a sua bicicleta ou para fazer a revisão mensal”, comenta.

Entre os artigos tecnológicos estão o velocímetro digital, que permite marcar velocidade, distância percorrida, tem cronômetro e relógio. Para quem utiliza magrela no cotidiano, ele marca a vida útil dos pneus e ajudar na hora da manutenção. O item sai por R$ 74,00.

 

(Foto: Marcelo Calazans)(Foto: Marcelo Calazans)

Outra opção é equipar a bike com caâmbio semi-automático, para regular as marchas com apena um toque. Para quem pretende gastar um pouco mais, também há freio hidráulico, por R$ 317,00. A promessa é de um equipamento mais eficiente e com pouca manutenção. Mas precisa de troca de pastilhas, diferente dos tradicionais a cabo que dependem de ajustes regulares.

Se você já adotou a magrela como meio de transporte é importante fazer uma vistoria mensal para saber se está tudo certo e evitar gastos maiores no futuro. Essa revisão é oferecida de maneira gratuita pela maioria das bicicletárias, porém, é importante ficar atendo na hora de trocar os itens na manutenção, assim como na hora de cuidar do carro, as pessoas mantém um mecânico de confiança, ela merece o mesmo cuidado.

(Foto: Marcelo Calazans)(Foto: Marcelo Calazans)
(Foto: Marcelo Calazans)(Foto: Marcelo Calazans)



Qual é o contato desta loja ?
 
Deise Amaral em 13/08/2014 09:58:59
imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.