A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

14/12/2012 14:52

Festival de jazz e viola vai unir música raiz à erudita

Elverson Cardozo
Alunos integram o projeto Violeiros de MS. (Foto: Divulgação)Alunos integram o projeto Violeiros de MS. (Foto: Divulgação)

O Teatro Aracy Balabanian, em Campo Grande, será palco do primeiro festival de jazz e viola de Mato Grosso do Sul. O evento será realizado nesta terça (18) e quarta-feira (19), às 20h. A entrada é um quilo de alimento não perecível, que será destinado a ação social.

Veja Mais
Parque das Nações terá Jota Quest de graça, além de Curimba e Bella Xu
Morre ator e comediante Guilherme Karan aos 58 anos

Anunciado como um dos maiores encontros já realizados entre a raiz e o erudito, o festival tem objetivo de unir fronteiras entre as tendências da música instrumental brasileira.

A abertura será realizada pelos violonistas sul-mato-grossenses Marcos Assunção e Marcelo Loureiro, que se apresentam na companhia de Romualdo Costa - músico do Pernambuco -, Júlio César Matos Borba, Aurélio Miranda, Igor Canazilles, Alvani Calheiros, Guto Costa e Gabriel Basso.

No último dia, o instrumentista Roberto Corrêa, do Distrito Federal, encerra o evento, logo após a estréia da Camerata Violeira, grupo vinculado ao projeto Violeiros de Mato Grosso do Sul.

Camerata Violeira – Cerca de 40 alunos integram o projeto. Eles receberam aulas gratuitas de teoria musical, leitura, grafia e harmonia. Tudo voltado à viola caipira. Os participantes também ganharam material didático e o instrumento.

Na apresentação desta quarta-feira, os músicos vão apresentar três canções, em violinos, violoncelos, acordeom, sax, percussão, baixo acústico e bateria.

Festival pretende unir musica raiz à erudita. (Foto: Divulgação)Festival pretende unir musica raiz à erudita. (Foto: Divulgação)

Além das músicas regionais e dos arranjos inéditos, o repertório inclui ritmos tradicionais como choro, jazz, samba e baião.

A acordeonista e cantora Lenilde Ramos também vai se apresentar, na companhia do contrabaixista Leonardo Camy.

Oficinas – A programação do fetival inclui, ainda, oficinas de música com inscrição limitada. O preço, por aluno, é de R$ 10,00. Haverá certificado.

Confira a programação:

Dia 18/12 - às 9h - Saxofone, com Romualdo Costa (PE) -"Técnicas desenvolvidas para música popular e Jazz".

Guitarra, violão e viola, com Marcos Assunção (MS) - "Analise da técnica da improvisação aplicada ao repertório brasileiro”.

Dia 19/12 - às 9h - Viola, com Roberto Correa (DF) - "Prática de viola caipira".

O festival de jazz e viola tem o apoio da FCMS (Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul). Mais informações podem ser obtidas pelos sites www.festivaljazzeviola.com.br, www.cameratavioleira.com.br, www.marcosassuncao.com.br, www.robertocorrea.com.br.

Serviço - O Centro Cultural José Octávio Guizzo fica na rua 26 de Agosto, no centro de Campo Grande.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.