A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

12/09/2016 12:00

Briga por jogo Heart of Darkness para PS1 evidenciava a guerra entre Sony e Sega

Jorge Miashike, MicaelXBr e Vitor Issui (Equipe VGDB)
Briga por jogo Heart of Darkness para PS1 evidenciava a guerra entre Sony e Sega

Hoje abriremos mais um parênteses em nosso especial “História dos Videogames” para falar sobre Heart of Darkness, jogo que era anunciado como exclusivo para o SEGA Saturn, mas que acabou saindo exclusivamente para o primeiro Playstation nos consoles. Esse foi mais um capítulo na guerra travada entre Sony e SEGA na segunda metade da década de 90, na briga pela liderança da quinta geração dos videogames.

Veja Mais
Last Guardian e Mario Maker no 3DS puxam lançamentos de dezembro
Dos três modelos da linha PlayStation 4, qual se encaixa melhor para você?

Heart of Darkness foi lançado para Playstation ou para PC em 1998. Embora seja um game considerado obscuro,o jogo é de uma qualidade ímpar, com bons gráficos e uma jogabilidade afinada. O que poucos sabem é que o título era para ter sido um jogo exclusivo para SEGA Saturn, o que deixa em aberto a seguinte questão: por que não saiu para o sistema da SEGA?

Voltemos ao ano de 1996, na E3 (Electronic Entertainment Expo)daquele ano o Nintendo 64 estava sendo lançado e o Sega Saturn estava completando seu primeiro ano concorrendo diretamente com o aparelho da Sony, o Playstation. Nos EUA, as vendas do Sega Saturn não eram expressivas - e nunca foram, sabe-se que foram 10 milhões de unidades vendidas.O Genesis, a versão norte-americana do Mega Drive, vendeu 30 milhões, enquanto o Playstation vendeu 100 milhões -, porém um título exclusivo chamaria para si a atenção dos consumidores.

Imagens da época mostram o staff no estande da SEGA com camisetas de Heart of Darkness, porém no terceiro dia do evento, o estande do game já não se encontrava mais no local destinado a ele e os colaboradores que antes usavam uma camiseta de Heart of Darkness já estampavam apenas o logotipo da SEGA.Os funcionários do team Heart of Darkness aparecem andando pelo evento, experimentando jogos no estande da Capcom. Os destaques da SEGA na feira então passaram a ser Nightsinto Dreams, Panzer Dragoon II Zwei e Sonic X-treme, este último que também seria cancelado no futuro.

Heart of Darkness na mídia especializada

No exterior havia revistas com conteúdo voltado à SEGA, assim como no Brasil havia a Super Game da editora Nova Cultural e a Sega Mania da editora Nova Sampa Diretriz / Acme.

Diversas publicações estrangeiras como a Mean Machines Sega e a Sega Saturn Magazine, ambas do Reino Unido, e a alemã SEGA Magazin destacavam Heart of Darkness como lançamento exclusivo do sistema da SEGA.

Como o jogo era europeu, a mídia do antigo continente estava muito empolgada com a volta de um jogo de Éric Chahi, desenvolvedor que falaremos mais para frente.A quem possa interessar, vocês podem conferir esses destaques nas seguintes revistas:

- MeanMachines Sega número (n.) 44, página (p.)11, edição de junho de 1996
-MeanMachines Sega n. 45, p. 28-31, edição de julho de 1996
- MeanMachines Sega n. 52, p. 23, edição de fevereiro de 1997
- SEGA Magazin n. 31, p. 32, edição de junho de 1996
- Sega Saturn Magazine n. 8, p. 36-42, junho de 1996

Com esses fatos, está mais do que claro que Heart of Darkness seria um lançamento exclusivo de Sega Saturn, mas o que houve realmente para que o título passasse de um exclusivo da SEGA para um exclusivo de seu maior concorrente?

Para tentar responder a essa pergunta, é necessário entender como funciona a indústria de jogos de videogames. Sempre que lemos um artigo relacionado a um game, temos três informações importantes e são elas:

- Publisher,distribuidora /editora, é a empresa que está bancando o jogo e irá lança-lo.
- Developer, desenvolvedora /produtora, é quem cria o jogo,ela oferece seu jogo para uma publisherou recebe uma encomenda da mesma.
- Plataforma é o sistema que irá rodar o game.

A produtora do game é a francesa Amazing Studio, fundada por Éric Chahi e Frederic Savoir. Heart of Darkness foi o único game lançado pela empresa antes de deixar a indústria de videogames para prosseguir na pós-produção de filmes na indústria cinematográfica.Éric Chahi é conhecido por ter criado Out of this World / Another World e Flashback quando estava na Delphine Software International.

A primeira empresa responsável pela distribuição de Heart of Darkness foi a Virgin, que negociou os direitos sobre o jogo com a SEGA em 1995, conforme pode ser visto na revista norte-americana Next Generation n. 18, p. 19, inclusive o primeiro trailer do jogo, ainda no ano de 1995, apresentava o logotipo da Virgin.

Apesar de toda a divulgação, as datas de lançamento eram adiadas constantemente.A primeira data de lançamento divulgada era em primeiro de junho de 1996, conforme publicada na Computer and Videogames, revista do Reino Unido, em sua edição de junho de 1996 na página 61.

Na Computer and Videogames em sua edição 183, de fevereiro de 1997, na página 57, o lançamento do game é prorrogado para março de 1997, já não tendo distribuição da Virgin, mas sim da SEGA. Na edição seguinte da revista, na página 49, o game aparece sem data de lançamento definida.

Capa da única versão do jogo lançada para consoles, no primeiro PlayStation.Capa da única versão do jogo lançada para consoles, no primeiro PlayStation.

Ainda em 1997, o game não era mais mencionado nas revistas com conteúdo SEGA, dando a entender que havia sido cancelado. No final de 1997 o jogo aparece como multiplataforma para Saturn e PlayStation.

Na edição 106 da revista norte-americana Electronic Gaming Monthly de maio de 1998, na página 74, colocava o lançamento de Heart of Darkness para junho de 1998 e tendo como distribuidora a Interplay/Ocean (atualmente Infogrames) e a plataforma somente o Playstation.

Detalhe curioso é que nenhuma das empresas envolvidas com o lançamento do game para Playstation deram o mesmo destaque que a SEGA havia feito outrora, pois o material promocional é difícil de ser encontrado.

A revista francesa Playstation Magazine estampava na capa da edição 21 de junho de 1998 o game Heart of Darkness com o subtítulo “O jogo cobiçado por Spielberg”, pois na época, o diretor Steven Spielberg queria fazer uma animação 3D para os cinemas de Heart of Darkness.

Conforme já relatado durante o artigo, a produtora do game, Amazing Studio, passou a trabalhar com pós-produção de filmes na França e em outras partes da Europa. Em 2015 foi renomeada para Amazing Digital Studios.

Imagem em VHS de Heart of Darkness em destaque no estande da SEGA durante a E3 de 1996.Imagem em VHS de Heart of Darkness em destaque no estande da SEGA durante a E3 de 1996.

Por que Heart of Darkness não saiu para Sega Saturn?

A versão oficial da história diz que Éric Chahi fundou a Amazing Studio e iniciou o processo de criação do jogo em 1992 - isso mesmo, o jogo demorou seis anos para ficar pronto -, a Virgin anunciou em 1995 que o jogo seria exclusivo para a plataforma da SEGA, no caso o Sega Saturn. Mas no início de 1996, a Virgin desistiu de distribuir o jogo depois de vários atrasos de entrega.

Na E3 de 1996, a própria SEGA tomou a frente e tentou por ela própria lançar o título, entretanto o jogo não foi entregue, pois a Amazing Studio alegava problemas no desenvolvimento. Até que no sexto ano de produção, em 1998, o jogo foi lançado sem problema algum pela Interplay para a plataforma da Sony, o Playstation. Após o lançamento, Éric Chahi decide sair da produção de jogos, devido ao estresse da produção de Heart of Darknessque levou quase uma década. Veja que esta versão é bastante superficial, já que não relata como a Interplay conseguiu os direitos de distribuição junto à produtora Amazing Studio.

Com base nos fatos, vamos às suposições.A Amazing Studio, a produtora do game, estava presente na Summer Consumer Electronic Show (SCES) de 1994. De 1978 a 1994, a CES acontecia duas vezes ao ano, uma no inverno, chamada Winter Consumer Electronic Show (WCES), em Las Vegas, e outra no verão, realizada em Chicago,esta era conhecida como SCES.

A CES é considerada a maior feira de eletrônicos do mundo, lá a produtora Amazing Studio apresentou a demo do game Heart of Darkness, na qual estavam trabalhando desde 1992. Na CES de 1995, houve uma reunião entre a Amazing Studio e a Virgin, onde esta ofereceu o game à SEGA e logo foi assinado um contrato para lançar o jogo exclusivamente para o Sega Saturn.

Então aconteceu o famoso episódio da E3 de 1996, onde o destaque da feira era o lançamento do Nintendo 64 por 249,95 dólares. O Sega Saturn com seu estande ao lado mostrava dezenas de jogos e seu preço atual era de 299 dólares. Até que no terceiro dia da feira, a Sony chegou com o Cirquedu Soleil - você não leu errado, a Sony contratou o circo canadense para uma festa particular com as produtoras no hotel ao lado - até que o seu representante sobe ao palco da E3, olha para a plateia e diz “199” e desce do palco com o público eufórico. Deixando a entender que o PlayStation seria vendido a 199 dólares, nesse momento, como falamos no início deste texto, a estrutura da SEGA estava sem o estande do Heart of Darkness e a empresa termina a feira baixando o preço do seu console Sega Saturn para 239 dólares, vendendo o videogame sem lucro algum.

É evidente que a Sony era - e ainda é - muito mais influente no mercado que a SEGA, e não seria nada interessante para o PlayStation ter um título de peso no console rival, nisso- entre um drinque e outro - pode ter havido uma conversa da Sony com as produtoras e distribuidoras de games, e elas acabaram vendendo os direitos de seus jogos exclusivamente para a Sony.No meio delas estava a Interplay que possuía contato com a Amazing Studio.

A tese pode soar absurda, entretanto há um fato interessante, uma lista com uma série de jogos que foram lançados para o Playstation e que seriam lançados para o Sega Saturn, nessa época, alguns exclusivos e já finalizados. O que a Sony fez com a SEGA é uma prática comum na indústria - em geral -, tal qual a Nintendo fizera com a SEGA anteriormente.

Enfim, Heart of Darkness não acabou ganhando o devido destaque, - não foi sequer mencionado na E3 de 1998 pela Sony -, mesmo tendo vendido mais de um milhão de cópias somadas as versões de PlayStation e PC, justamente pela falta de publicidade da Sony - ao contrário do que a SEGA fez até o ano de 1996 -, uma vez que a dona do PlayStation estava muito mais preocupada em adquirir exclusividade de jogos para acabar com a concorrência.

Confira nos vídeos abaixo a versão em vídeo desta matéria, feita pelo Issui do canal Poeira Jogos, além de vídeos que mostravam Heart of Darkness nas feiras que mencionamos durante a matéria. Amanhã voltamos a falar sobre novidades que vimos durante a Brasil Game Show. Nossa coluna de games tem o apoio da loja Press Start, localizada no Shopping Bosque dos Ipês aqui na nossa capital. Confira também o nosso site Video Game Data Base – VGDB.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.