A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

17/03/2015 06:35

Documentário quer contar, por financiamento coletivo, o início dos videogames

Edson Godoy
Documentário quer contar, por financiamento coletivo, o início dos videogames

O mercado nacional de videogames sempre foi cheio de peculiaridades. Hoje mesmo temos exemplos disso: uma empresa grande no ramo como a Nintendo, com extrema dificuldade de manter seus negócios no país, anunciou recentemente a retirada de suas operações no Brasil, alegando os altos impostos e taxas existentes por aqui como impeditivos para manter o negócio.

Veja Mais
The Last of Us 2, novo Uncharted e tudo mais que rolou na PlayStation Experience
Last Guardian e Mario Maker no 3DS puxam lançamentos de dezembro

Mas antes os altos impostos não eram o único problema. O Brasil possuía uma lei de reserva de mercado, que praticamente proibia a importação de produtos eletrônicos, ao mesmo tempo em que permitia que a indústria nacional copiasse produtos externos para serem lançados em solo pátrio.

E foi nesse contexto que os videogames iniciaram sua história no Brasil. E como tudo isso aconteceu será contado em um documentário que está sendo produzido por feras no assunto. Dentre eles está Marcus Vinicius Garrett Chiado, servidor público, gamer e escritor, autor dos livros: “1983: O Ano dos Videogames no Brasil” e “1984: A Febre dos Videogames Continua” e co-editor da revista eletrônica Jogos 80.

Com todo o conhecimento adquirido em anos e anos como um fã e estudioso dos games, Garrett conseguiu compilar nesses livros, histórias incríveis sobre a criação e produção dos primeiros consoles brasileiros, que utilizavam os sistemas dos consoles americanos Pong, Atari 2600, Colecovision, Odyssey e Intellivision.

O documentário, que levará o nome de uma de suas obras: “1983: O Ano dos Videogames no Brasil”, contará com imagens de arquivo da época e entrevistas fantásticas, produzidas totalmente por profissionais que também são gamers e estudiosos do assunto.

A sua produção inclusive já foi iniciada, porém, para sair completamente do papel, o projeto conta com a ajuda de gamers e interessados, para o financiamento do documentário. A forma escolhida para isso foi o sistema de crowdfunding (financiamento coletivo), método bastante comum nos dias de hoje para o financiamento de projetos independentes.

Para ajudar o documentário a virar realidade, basta entrar neste endereço http://www.kickante.com.br/campanhas/1983-o-ano-dos-videogames-no-brasil, e fazer a contribuição, que possui valor inicial de R$ 10. Além de ajudar o documentário a existir, dependendo do valor doado, o doador ganhará recompensas como cópias dos livros de Marcus Garrett, bem como receber em casa um DVD/Bluray com o documentário assim que o mesmo for finalizado, ou até mesmo participar do documentário!!

Também fazem parte da equipe, Artur Palma, diretor da produtora de conteúdo de games ZeroQuatroMídia (produtor do programa do youtube Warpnews), e André Forte, conceituado jornalista do ramo, criador do blog Kapoow, além de vários outros profissionais. Para se ter uma ideia do zelo da equipe com o trabalho, tudo está sendo gravado com imagem em 4k!!

Pela qualidade dos livros de Marcus Garrett, tenho certeza que esse documentário será um marco para todos os gamers brasileiros, seja os mais antigos, que irão relembrar com carinho os primórdios dos games no Brasil, seja para os mais novos, que passarão a entender como tudo começou. Sinta um gostinho de como será, no teaser em vídeo criado pela equipe do documentário.

A coluna de games do Lado B tem o apoio do portal geek Diplomacia Nerd. Visite também o meu site, o Video Game Data Base.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.