A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

08/09/2016 13:42

Nova geração do Oculus Rift tem poder para brigar no mundo da realidade virtual

Equipe VGDB
Nova geração do Oculus Rift tem poder para brigar no mundo da realidade virtual

O estande da NVIDIA era um dos mais procurados na feira. Além de grandes atrações como estações rodando Gears of War 4 e For Honor, dois dos lançamentos mais aguardados atualmente, algumas unidades dos mais modernos óculos de realidade virtual, ligados a poderosos computadores turbinados pelas placas da empresa, estavam à disposição para teste. Dentre eles a última geração do Oculus Rift.

Veja Mais
The Last of Us 2, novo Uncharted e tudo mais que rolou na PlayStation Experience
Last Guardian e Mario Maker no 3DS puxam lançamentos de dezembro

De cara já notamos que ao contrário da BGS do ano passado, quando o aparelho era testado com a utilização de um controle de Xbox, desta vez o Rift apresentava controles próprios, com uma pegada bem diferente, onde ele fica “abraçado” pelas mãos.Interessante observar que todos que testaram foram unânimes em dizer que não sentiram qualquer tipo de náusea ou desconforto na utilização do óculos, algo que sempre foi um desafio na realidade virtual.

Outra unanimidade: a nível de imersão e a sensação de realismo está incrível! Uma das razões para isso é o incrível poder de processamento, que consegue reproduzir as imagens a 90 frames por segundo (!!). Isso faz com que os cenários e imagens do jogo sejam mostrados a todo tempo sem qualquer tipo de atraso ou construção de imagem. Ou seja: onde o jogador olhar, a imagem será mostrada imediatamente, em tempo real, como se você estivesse realmente naquele cenário. Testamos dois jogos: The Unspoken e VR Sports Challenge, mostrados em formato demonstração para os visitantes da feira. Confira um pouco de cada um deles.

The Unspoken

Jogo de ação da Insomniac Games, onde magos controlados por uma ordem tão antiga que não tem seu nome pronunciado, travam duelos dentro dos mais variados ambientes. A demo testada se passa em um cenário urbano, onde você possui poder de atirar bolas de fogo com uma mão, enquanto segura um escudo com a outra.

Inicialmente você realiza um tutorial para aprender a utilizar as magias e depois enfrenta um inimigo, mas além de enfrenta-lo, umas das coisas interessantes do teste foi explorar o ambiente ao redor para descobrir situações em que o Rift demonstre seu poder de realismo. Um exemplo era um grande buraco existente no cenário: ao olhar para ele o cérebro interpretava como se de fato à frente de você estivesse um enorme buraco, dando aquele friozinho na barriga ao olhar um precipício.

O jogo será publicado pela Oculus Studios e tem seu lançamento previsto para novembro deste ano.

VR Sport Challenge

Desenvolvido pela Sanzaru Games Inc. (de jogos como Sonic Boom: Shattered Crystal), o jogo é uma coletânea de esportes e será lançado exclusivo para uso com o Oculus Rift. Durante o teste estavam disponíveis o jogo de basquete e futebol americano, sendo que optamos por testar esse último. Depois de uma introdução onde há algumas piadinhas entre o técnico e um jogador que está um tanto machucado, começa um tutorial explicando como funciona a mecânica de arremesso e recepção da bola.

Ao iniciar a partida você assume o papel do quaterback, que no futebol americano é o cérebro do time, o jogador que dita as táticas. Ao receber a bola, a visão do jogo mostra a possível trajetória da mesma e onda ela irá cair e com a mão direita ou esquerda você faz o arremesso. Sendo bem-sucedido, você passa a assumir o papel do receiver, que precisa estender a mão para pegar a bola. Em resumo, o que se faz no jogo é isso: arremessar e receber a bola em seguida. O restante das situações o jogo faz sozinho.

Graficamente o jogo não surpreende, nem mesmo a realidade virtual, pois o cenário apresenta apenas 180 graus de visão, ou seja, a visão do cenário à sua frente. Ao olhar para trás, não havia coisa alguma, dando um aspecto de produto inacabado. Talvez na versão final isso seja modificado. Definitivamente é um título que explora apenas as funcionalidades da tecnologia VR, porém traz muito pouca imersão, ainda mais se considerarmos que se trata de um jogo de esporte e o jogador fica basicamente parado para realizar as tarefas existentes.

O Rift já está disponível no mercado norte-americano, ao custo de 599 dólares. Ainda não há previsão de lançamento do aparelho no Brasil. Confira no vídeo abaixo imagens sobre um dos testes feitos no aparelho durante a Brasil Game Show pela galera do Video Game Data Base – VGDB. Nossa coluna de games tem o apoio da loja Press Start, localizada no Shopping Bosque dos Ipês aqui na nossa capital.

 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.