A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

28/09/2016 08:55

Produtores indie brilham e mostram jogos incríveis durante a BGS 2016

Equipe VGDB
Produtores indie brilham e mostram jogos incríveis durante a BGS 2016

A área indie da Brasil Game Show ganha mais destaque a cada ano. Além do espaço cedido pela feira a esses desenvolvedores, que vem sempre crescendo de uma edição para a outra, não há dúvida que boa parte desse sucesso se deve à crescente qualidade observada no trabalho desses criadores, que mesmo diante das dificuldades inerentes ao trabalho de um desenvolvedor independente, conseguem colocar em prática suas ideias e, movidos principalmente pela paixão pelos games, produzem um conteúdo incrível.

Veja Mais
Last Guardian e Mario Maker no 3DS puxam lançamentos de dezembro
Dos três modelos da linha PlayStation 4, qual se encaixa melhor para você?

Durante os cinco dias de feira pudemos conferir os mais diversos jogos que estavam sendo mostrados e fizemos aqui uma compilação daqueles que mais chamaram nossa atenção. No final da matéria você confere um vídeo mostrando mais detalhes destes jogos, além de algumas entrevistas que fizemos por lá. Confira:

Super Button Soccer

Uma brincadeira de criança muito conhecida das décadas passadas retorna na tela dos dispositivos móveis e também ao PC (Steam). Produzido pela Smyowl, Super Button Soccer é um jogo de futebol de botão que consegue não só reproduzir fielmente o jogo original, mas também adiciona diversos elementos na mistura, como a utilização de botões com características diferentes como os feitos com borracha, ferro ou imã, cada um com suas características próprias e a ambientação de uma partida de futebol, com direito ao barulho da torcida, dentre outras características.

O jogo recebe constantes atualizações, como a que trouxe durante o período dos jogos olímpicos Rio 2016 a possibilidade de jogar um torneio com as seleções que disputaram a Olimpíada do Rio 2016, ou ainda o Campeonato Brasileiro, com todos os seus 20 times, atualização trazida especialmente para a Brasil Game Show. Apesar de focado no multiplayer, tendo inclusive planos de tornar o game um e-sport, Super Button Soccer também possui modo para um jogador. Confira no vídeo ao final da matéria uma entrevista que fizemos com Maurício Alegretti, Vice-Presidente da Smyowl.

Until Dead: Think to Survive é um jogo que mistura estratégia com elementos de puzzle.Until Dead: Think to Survive é um jogo que mistura estratégia com elementos de puzzle.

Until Dead: Think to Survive

Desenvolvido pela Monomyth Studios, que tem entre seus membros os campo-grandenses Rafael Costa e Elvis Martins, Until Dead: Think to Survive é um jogo que mistura estratégia com elementos de puzzle, onde você controla um detetive em meio a um apocalipse zumbi, dois temas bastante distintos, que dão bastante originalidade ao game.

A história se passa no ano de 2022, quando mundo entra em um colapso instantâneo, acordando para uma nova realidade. Milhões de pessoas começaram a sofrer com um tipo de doença que as transformaram em uma espécie de zumbis. Entra em campo John Mur, um detetive aventureiro e explorador, um dos poucos sobreviventes que ainda tem esperança de salvar o mundo desse cenário de caos.

A visão é em terceira pessoa e a jogabilidade baseada em turnos. O game está previsto para fevereiro de 2017, inicialmente para dispositivos móveis (android e iOS). Clique aqui para conferir a beta do jogo no site oficial da Monomyth e veja o vídeo ao final da matéria para acompanhar a entrevista que fizemos com Rafael Costa, co-fundador da empresa.

Spaceship Overdrive

Spaceship Overdrive é o game mobile da Ethereal Flame Studios que traz em sua proposta um shoot’em up side scrolling (“jogo de navinha”). No título é possível escolher uma entre três naves, cada uma com suas especificidades e o jogo consiste em enfrentar hordas inimigas onde cada fase possui cinco ondas, ao passar de nível é possível adquirir itens como encher sua barra de energia e comprar armas melhores através de créditos adquiridos durante a partida ou de micro transações.

Um dos diferenciais de Spaceship Overdrive é o poder Overdrive do título do game. O atributo consiste em matar o maior número de inimigos e com isso encher uma barra de energia amarela. Quando ela atinge seu limite, o poder Overdrive pode ser acionado e com isso a nave do jogador ganha invencibilidade enquanto a barra durar, porém ao deixar algum inimigo passar batido, a barra de Overdrive diminui.

Spaceship Overdrive já foi lançado para sistema Android e futuramente será lançado também para iOS. Na Brasil Game Show (BGS) 2015, o game foi eleito o melhor jogo indie mobile do evento, mesmo o estúdio não tendo estande naquele ano. Na edição da BGS de 2016, a Ethereal Flame Studios trouxe um estande que contava com um mini gabinete conhecido como arcade bartop onde o jogo poderia ser usufruído como os clássicos fliperamas das décadas de 1980 e 1990.

Trajes Fatais

Se imagine em meados dos anos 90. Alguém conseguiria imaginar que um dia teríamos um jogo de luta brasileiro, com temas, personagens e enredo nacional?! Acredito que não né!? Pois hoje ele existe. Desenvolvido pela Onanim Studio, Trajes Fatais tem clara inspiração aos clássicos jogos de luta de SNK e CAPCOM – até pelo fato de que seus desenvolvedores são fãs declarados de clássicos como os da série The King of Fighters – mas fica longe de ser comparado como uma imitação, pois possui personagens, controles e métodos de luta bem peculiares e únicos.

Importante ressaltar também que sua Engine também é própria e foi desenvolvida do zero pelos criadores do game para Trajes Fatais, podendo também ser usada futuramente em outros projetos. Jogo de luta criativo e divertido, com pegada retrô e jogabilidade inovadora e fluente. Clique aqui e baixa a versão beta do jogo.

G.U.T.S.

Um dos jogos que mais chamou a atenção do público na feira foi G.U.T.S. Desenvolvido pela Flux Game Studio, este game de luta tem uma ideia simples e inusitada: arrancar os membros do seu adversário. Para isso você usa armas e até mesmo partes do cenário. O mais interessante é que mesmo com várias partes do corpo decepadas, os lutadores continuam lutando com os membros que lhe restam.

A jogabilidade é bem simples, com variações de meia lua e para frente, baixo e frente com os 4 botões principais do controle de Xbox, e os especiais – esses sim responsáveis pelas decepadas – utilizam os botões L e R. Sem dúvida uma grata surpresa na feira. O game encontra-se em estágio de desenvolvimento e maiores detalhes podem ser conferidos no site da Flux.

Crown Brawl

O jogo é uma fusão dos gêneros shooter, plataforma e arena, com foco no multiplayer competitivo local para PC. Isso foi o que mais chamou atenção. Numa época que o online é praticamente uma regra, Crown Brawl vem com a proposta de reunir os amigos no sofá para dividir a tela em até 4 partes.

Ao ver o jogo rapidamente relembramos de Fat Princess, lançado em 2009 para PlayStation 3, feito pela Sony Interactive. Perguntando se o jogo se inspirava nele, um membro da equipe confirmou que o design das arenas foi realmente inspirado no jogo da Sony. Falando um pouco do jogo, você tem uma coroa em disputa, ao abater o inimigo que a possui, a coroa passa a ficar com seu personagem. Se finalizar o tempo com ela, você ganha a batalha.

O jogo é de uma turma de alunos de ciências da computação do Piauí, realizada através de incentivos públicos. Segundo a equipe, está 70% pronto, faltando criar mais fases e algumas correções. Ele está disponível hoje no steam greelinght para votação.Para conhecer mais sobre o jogo acesse o site oficial.

Holy Avenger

A famosa série nacional de quadrinhos Holy Avenger veio para a BGS com um demo curto do jogo final, mostrando o básico do que o jogo pode englobar. Segundo o que foi passado pelos produtores no estande da Jambô / Messier Games, o jogo de Holy Avenger tem como foco seguir o estilo Beat’ em up linear, sem escolhas de rotas diferentes.

Os comandos são simples, sendo um botão para pular, um para atacar e um terceiro que faz mudar o personagem durante a batalha. Você não fica preso com a escolha inicial como na maioria dos jogos do gênero. Os personagens selecionáveis são os 4 principais personagens da série: Sandro Galtran, a elfa Niele, a sacerdotisa Lisandra e o Tork, um troglodita mercenário. Os inimigos são fáceis à primeira vista, mas jogando um pouquinho você percebe que para derrotar os que tem escudo, só usando o Tork para conseguir acerta-los.

Não ficou claro se cada habilidade específica apresentada nos quadrinhos fará diferença no decorrer do jogo final. A ideia é colocar na Steam, mas sendo o principal objetivo lança-lo em mídia para jogar em um PC. Os cenários seguem o estilo dos quadrinhos, sendo bastante bonitos e amplos. As vozes colocadas lembram muito do Sie Kensou quando o Sandro ataca/apanha, e da Mai Shiranui quando se está jogando com a Niele. O uso de magias ou golpes especiais são cogitados pela equipe de desenvolvimento, porém não há maiores detalhes a respeito. Para maiores detalhes do jogo, acesse o site da Messier Games & Animations.

Wheels On Farm

Imagine um jogo no estilo de Trials, onde ao invés de fazer acrobacias com uma moto em cenários dantescos, o veículo de escolha é um Trator e tudo se passa em meio às suas tarefas diárias na fazenda. Esse é Wheels On Farm, da desenvolvedora Geek2Geek. Os gráficos e a animação foram bem trabalhados e o game se mostrou bastante fluído e divertido. O jogo está disponível para aparelhos android, de forma gratuita na Play Store.

Side Quest

Um cozinheiro transformado em herói para salvar a princesa, um mestre nada confiável e um aprendiz de vilão atrapalhado, porém determinado. Essa é a base para o hilário jogo indie da Miris Mind Studios (hyperlink: http://www.mirismind.com/sq.html) feito no velho e bom estilo beat'n up que contém diálogos com conteúdo muito engraçado e um método de fala que lembra muito os utilizados nos jogos de Nintendo 64.

Os cenários muito bonitos e as músicas medievais envolventes dão um toque motivador ajudando a superar o nível de dificuldade que a princípio parece fácil, mas aumentaconsideravelmente com o passar das fases.A jogabilidade totalmente lateral, influência nítida de obras clássicas como Banjo Kazooie e Ghouls'n Ghosts, uma história engraçada e a dificuldade progressiva tornam Side Quest um indie brasileiro que vale ser conferido.

Alkimya

Jogabilidade simples e intuitiva combinada com inspirações em The Legend of Zelda e Full Metal Alchemist aliados à cenários lindos onde tudo é texturizado à mão. É nesse mundo onde o desmemoriado Seth parte em sua busca existencial utilizando elementos da natureza para desenvolver seus poderes alquimistas.

Algo interessante é a possibilidade de combinar quaisquer elementos e criar suas próprias receitas de poções e magias para atacar e defender-se de seus inimigos. Será necessário evoluir e potencializar as fórmulas não só para sobreviver no game, mas também para resolver puzzles, no melhor estilo Zelda, como acessar áreas importantes e até secretas para poder avançar.

O projeto da Bad Minions conta com duas mulheres em sua equipe, Pollyana Rodrigues (Relações Públicas) fã da saga Tomb Raider e Tamyres Iracet (Artista 3D) que adora The Witcher e Chrono Trigger, está arrecadando fundos para terminar o jogo através de financiamento coletivo no Kickstarter até 30 de outubro. Quer ajudar e fazer parte do desenvolvimento do game? Clique aqui.

Dolmen

No ano de 4152 a raça humana já tem bases em muitos planetas e decide ultrapassar os limites da Via Láctea. Na tentativa uma equipe é atacada por uma misteriosa raça alienígena e somente Willian Arnes, seu personagem, sobrevive.Os cenários lembram muito a trilogia Alien e com visão em terceira pessoa o game lembra muito Dark Souls – do qual os criadores da Massive Work Studio não escondem a influência.Para um jogo criado em 45 dias (isso mesmo. 45 dias!!), a jogabilidade está excelente e a história muito rica. Ainda sem data prevista para lançamento, o game é esperado também para consoles.

Ufa! Foram muitos estandes indie na feira e aqui nós mostramos alguns deles. Confira o vídeo ao final da matéria para ver maiores detalhes desses jogos mostrados durante a Brasil Game Show 2016. A coluna de games do Lado B tem o apoio da loja Press Start, localizada no Shopping Bosque dos Ipês, aqui em Campo Grande/MS.Não deixe também de visitar meu site, o Vídeo Game Data Base.

Spaceship Overdrive é o game mobile da Ethereal Flame Studios.Spaceship Overdrive é o game mobile da Ethereal Flame Studios.
Um dos jogos que mais chamou a atenção do público na feira foi G.U.T.S.Um dos jogos que mais chamou a atenção do público na feira foi G.U.T.S.



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.