A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

15/09/2016 09:06

Show chega à cidade e prova o quanto os pais desconhecem as manias de Youtube

Thailla Torres
Ricardo, kelly e Arthur, estão ansiosos para o show de sábado. (Foto: Fernando Antunes). Ricardo, kelly e Arthur, estão ansiosos para o show de sábado. (Foto: Fernando Antunes).

O personagem Rezende Evil veio a Campo Grande para mostrar também o quanto os pais desconhecem das manias que tomam conta dos filhos na era Youtube. A gritaria dentro de casa por um ingresso para ver o ídolo fez muito pai e mãe finalmente conhecer o programa que as crianças já curtem há muito tempo. O jovem virou febre, com uma legião de fãs dos vídeos que ele publica na internet, inspirados no joguinho Minecraft.

Veja Mais
Graças ao sucesso, Rezende Evil abre sessão extra de espetáculo em Campo Grande
The Last of Us 2, novo Uncharted e tudo mais que rolou na PlayStation Experience

O show “Paraíso – O Espetáculo”, apresentado pelo youtuber Pedro Afonso Rezende, conhecido como Rezende Evil, acontece no próximo sábado (17). A procura foi tanta que sessão extra foi aberta no mesmo dia. Com mais de 7,4 milhões de inscritos no canal, ele levou a fórmula para o palco, onde usa um telão enorme e bonecos gigantes para a reproduzir saga de personagens do jogo.

É impressionante o quanto é diferente da nossa época, diz Sabrina. (Foto: Fernando Antunes)"É impressionante o quanto é diferente da nossa época", diz Sabrina. (Foto: Fernando Antunes)

Nessa onda de ídolos nerd de Youtube, os pais são pegos de surpresa e ainda tem uma centenas deles em outras áreas, desde os loucos por cinema, até as youtubers que garantem milhões de acessos postando tutorias de maquiagem, cabelo e estilo.  

A professora Sabrina Vilela, de 38, nunca nem ouviu falar de Rezende Evil, mas é apresentada a ele pelo filho mais velho, de 11 anos. "É um youtuber mãe, do jogo Minecraft", explica todo animado. 

Ouvir o filho tão empolgado faz Sabrina pensar. "É impressionante o quanto é diferente da nossa época que nem tinha internet. As vezes mesmo não sabendo quem é, eu me preocupo com o que eles falam. O conteúdo não pode ser pesado e ainda assim tem coisa que não é para idade deles. Tenho também filho de 5 e 8 anos, acho que alguns assuntos são para adolescentes e não para crianças", acredita.

Tem pai que é mais tranquilo. O médico Antônio Cruz, de 35 anos conhece e já assistiu com os filhos, mas não vê graça no personagem que virou febre. "Eles têm a liberdade de assistir, a gente policia para ver se não é algum video que fala algum palavrão. No mais eu confio nos meus filhos e esses youtubers estão ganhando dinheiro em cima de um público que ninguém pensou", explica.

Pai do Vitor, Antônio e Pedro, ele sabe que a lista é grande quando se fala em mania de Youtube. "Eles assistem e o Rezende não é o único. Compram livros e acho que é interessante para eles, hoje eles vão aprendendo sozinho e acabam ensinando a gente", diz.

Antônio diz que confia no que os filhos assistem. (Foto: Fernando Antunes)Antônio diz que confia no que os filhos assistem. (Foto: Fernando Antunes)
Sônia é cautelosa quando assunto são os vídeos. (Foto: Fernando Antunes)Sônia é cautelosa quando assunto são os vídeos. (Foto: Fernando Antunes)

Sônia Abreu, de 46 anos, é mãe do Pedro, de 8 ,e foi ao lado do filho que descobriu recentemente a paixão dele pelos vídeos da internet. Preocupada com o conteúdo, em casa ela diz que não permite fone de ouvido, o jeito é deixar o computador no volume alto. "Eu nem sabia o que era e hoje já tive que comprar o ingresso. No meu tempo meu ídolo era a Xuxa, hoje são o que eles encontram pela internet", conta.

Preocupada com a exposição, Sônia é ainda mais cautelosa. "Em casa, deixo a caixinha de som no volume que dá para eu ouvir. Ele assiste e baixa o jogo sozinho e as vezes me chama para ver o que estava assistindo. É a preocupação que a gente tem sobre o que eles estão vendo", diz a mãe. 

Na casa de Patrícia Kelly Gonçalves de Lima, de 35 anos, o jeito foi se atualizar para acompanhar o envolvimento dos filhos com a internet. "Eu fiquei surpresa. Eles começaram jogando o Minecraf e de repente o Rezende tomou conta. Eles acordam assistindo o Youtube", descreve. 

De tanta admiração, as crianças têm camisetas, livros e querem assistir as duas sessões do show. "Eu nem sei o que fazer. Eles querem tirar foto e conseguir um autógrafo. São muito fãs e eu acabei entrando na onda para acompanhar de perto o que eles assistem. Para o filho de 7 e 8 anos, ele é um ídolo de games. Já para a minha filha de 15 anos, é o colírio, ela o admira pela beleza", comenta a mãe. 

Os ingressos estão à venda no Shopping Campo Grande, no stand da Pedro Silva Promoções, no 2º piso, em frente às lojas Riachuelo, no call center 4062 0018 ou pela internet. Os valores vão de R$ 40,00 a R$ 120,00. O show será no dia 17 às 18h e 20h no Palácio Popular da Cultura. 

Curta o Lado B no Facebook. 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.