A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

22/11/2012 08:30

Quando um brechó perto de rodoviária vale a pena

Ângela Kempfer
Thaila e o look de brechó, por R$ 30,00. (Foto: Simão Nogueira)Thaila e o look de brechó, por R$ 30,00. (Foto: Simão Nogueira)
Vestido todo rendado, nas mãos da costureira pode virar um curtinho fashion.Vestido todo rendado, nas mãos da costureira pode virar um curtinho fashion.

Tem de fuçar bastante, remexer dezenas de peças espalhadas pelos cabides. Pegar uma roupa aqui, combinar com um jeans ali e se tiver paciência, você pode sair com Calvin Klein, Dudalina e Carmim na sacola, produtos de marcas que o dono jura: são originais.

Veja Mais
Canal masculino de moda tem tradução em libras para democratizar acesso
Tem gosto pra tudo...Agora, até para combinar gravata de madeira com camisa

O local é o mais improvável possível, brechó em frente à antiga rodoviária de Campo Grande. E olha, garimpar por ali pode ser surpreendente. Um vestido de festa, todo rendado, meio fora de moda à primeira vista, nas mãos da costureira pode virar um curtinho fashion.

O endereço de mais esse ponto em Campo Grande foi repassado ao Lado B pela universitária Thaila Torres, de 19 anos, doida por brechós e pelas pechinchas possíveis em lojas de usados.

Boa companheira, a estudante topou seguir com a gente até o “Veste Bem”, brechó rua Joaquim Nabuco, para provar que sempre consegue encontrar um look descolado da loja.

Uma camisa estampada, com calça jeans lavada, sandália marrom e pronto, o desafio está cumprido: três peças por R$ 30,00. “Eu e minhas amigas só nos vestimos assim, com roupa de brechó. Mas ainda tem gente com preconceito, que acha que aqui só se vende coisa de quem já morreu”, comenta Thaila.

Os proprietários, Gilberto Souza, 40 anos, e Noêmia Santos, de 37, garantem que as roupas são compradas em São Paulo e no Rio de Janeiro. Pela diversidade de peças, dizem já ter conquistado uma clientela boa, formada por advogados, policiais e até vereadores.

“Eles me ligam perguntando se chegou novidade da Brooksfield, Carmim, Zara”, explica Gilberto.

O próprio casal conta que raramente vai à loja convencional para comprar roupas novas, só visitam para saber das tendências.

Para quem ainda tem dúvidas, Gilberto faz a propaganda. “Quanto mais compra, menos paga. Se o cliente levar uma camisa ela sai por R$25,00 e a partir de cinco peças sai a R$15,00”.
O brechó "Veste bem" fica na rua Joaquim Nabuco, 108.

Araras têm centenas de calças, blazer e todo tipo de roupa.Araras têm centenas de calças, blazer e todo tipo de roupa.



Oi..Gostaria de saber o endereço certinho com algum ponto de referencia e telefone se possivel,para poder visita-las!! Abç
 
Thaina rocha de miranda ribeiro em 25/06/2013 19:54:44
brechó é coisa de quem gosta de economizar e coisa de
otima qualidade.
 
severina cordeiro em 22/11/2012 19:26:46
Eu sou cliente do brecho! sempre encontro coisas otimas lá! alem de uma boa conversa em familia, o beto e muito gente boa! sem preconceito vai lá e confira, tenho certeza que vai gostar muito.
 
Silas Nunes em 22/11/2012 17:58:08
É verdade minha irmã Valquiria Estival, quando eu estiver ai, vamos lá , comprar muito....bjs.....
 
Vania Estival em 22/11/2012 15:55:51
Quem falou que se vestir bem custa caro,basta apenas não ter preguiça de andar,aliás esses brechó,tem muita coisa boa sim.........................
 
Valquiria Estival em 22/11/2012 10:59:17
Taila, você é uma gata!!
 
Jeres Gonçalves em 22/11/2012 09:59:46
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.