A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

14/06/2015 08:40

Ela se especializou em bolos em potes de vidro e criou 12 sabores para festas

Aline Araújo
Variedade de bolos no pote e formas de decorar.Variedade de bolos no pote e formas de decorar.

As redes sociais sempre ajudam o Lado B na hora de encontrar histórias bacanas. O chame de um bolo vendido no vidro, feitos por uma doceria, chamaram atenção em uma postagem no Facebook. Então decidimos ir conhecer a "Amor Mineiro" e tivemos a grata surpresa de descobrir que o negócio todo começou graças a uma pauta feita no canal.

Veja Mais
Hamburgueria K Burguer traz deliciosas novidades
Com kibe cru, sushi árabe tem recheios tradicionais e coalhada ao invés de shoyu

A manchete “Alguém conhece lugares que vendam bolo, realmente, no pote de vidro?”, que indagava sobre quem fornecia o produto na Capital, chamou atenção de Marina Almeida Souza, de 29 anos, que trabalha como instrutora de manipulação de alimentos, viajando por todo o Estado, e já queria montar o próprio negócio. A ideia é, quem sabe, daqui um tempo, ter a empresa como principal fonte de renda.

Marina Almeida Souza quer que a empresa vire a principal fonte de renda.Marina Almeida Souza quer que a empresa vire a principal fonte de renda.

Ela olhou e pensou, por que não tentar? Sempre gostou de confeitaria mesmo, cozinhar sempre foi um hobby e coisa de família, já que a mãe era boleira.

Então a mineira resolveu apostar, fez alguns testes até chegar no resultado esperado e, quando acreditava que tinha algo bacana para oferecer, conversou com amigos que iriam se casar e sugeriu fazer o produto para a festa, para poder divulgar.

Para o casamento, os fornecedores já estavam todos fechados, mas o amigo então lembrou que poderia ser no chá bar. A primeira encomenda então já foi grande, 120 bolos de pote. “Ele veio aqui, experimentou os sabores, escolheu um e eu preparei a minha primeira encomenda. O mais difícil foi encontrar um fornecedor de potes de vidro aqui”, conta.

Hoje o doce é feito em 12 sabores, mas os mais pedidos são Baba de Moça, Doce de Leite com Castanha, Brigadeiro com Morango, Bombom e Ganache com Castanhas, o que foi servido na festa do amigo.

Os valores dependem muito dos recheios, mas ficam entre R$ 10,00 e R$ 20,00.

Morangos e brigadeiro em um dos potes.Morangos e brigadeiro em um dos potes.

Devido ao trabalho, e como a empresa ainda é pequena, Marina resolveu apostar nos eventos e vende a partir de 10 potes. Os tradicionais tem 250 ml, a medida suficiente para quem gosta de doce.

O bolo é bem molhadinho e o recheio ajuda a montar a beleza. O bolo, que vem enfeitado, ao estilo de potes de doces caseiros, leva fitas e ajuda a compor a decoração.

Como ela viaja a trabalho em dias úteis, as encomendas são feitas só no fim de semana. Para dar conta e manter a qualidade, tanto da embalagem como no sabor, ela optou, por enquanto, em pegar apenas uma encomenda por semana.

“A gente começou em março, mas eu que faço. Quando tem muita encomenda, umas amigas vem me ajudar, então a gente decidiu isso para manter o padrão. Até conseguirmos crescer um pouco mais”, comenta.

Serena, a mineira mudou para Campo Grande em 2013, veio junto com o marido depois do casamento. Aqui encontrou tranquilidade para levar a vida, se diz apaixonada pela cidade e, sempre que pode, trás algum amigo de Minas para conhecer nosso estado.

A Amor Mineiro quer adoçar com beleza as festas por ai. Os telefones para encomendas são 9181-0328 e 9871-0590.

Ela se especializou em bolos em potes de vidro e criou 12 sabores para festas



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.