A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

09/07/2015 06:12

Em bar no Flamboyant, crianças viram artistas com direito a exposição na parede

Aline Araújo
O bar é uma graça, todo colorido. (Foto: Vanessa Tamires)O bar é uma graça, todo colorido. (Foto: Vanessa Tamires)

A casinha de madeira verde em frente à praça, cheia de bandeirolas coloridas, chama atenção de quem passa pela estreita rua Brasilândia, coisas de bairro. Mas é ao entrar no Bar da Praça que se encontram surpresas. As paredes são forradas de desenhos coloridos das crianças que vão à lanchonete com os pais. 

Veja Mais
Bar serve comida alemã e cliente ainda pode conhecer fábrica de cerveja
Mistura de peruana com oriental, tendência para 2017 é cozinha que une 2 países

A ideia surgiu meio sem querer, a partir de uma cliente mirim de 3 anos, que estava irritada, chamando os pais para ir embora a todo momento. Foi quando Iranis Souza, de 52 anos, ou simplesmente Nice, como é conhecida, perguntou se ela gostava de desenhar. “Foi a primeira coisa que passou pela minha cabeça”, lembra. A menina disse que sim e Nice deu a ela um guardanapo e uma caneta.

A parede é um mural de desenhos.  (Foto: Vanessa Tamires)A parede é um mural de desenhos. (Foto: Vanessa Tamires)

Foi só outros olhinhos chegarem perto para começar. Outra criança foi até o banheiro, pegou um papel toalha, sentou à mesa e pediu “tia, me da uma caneta para eu desenhar também?” No dia seguinte, Nice já tinha providenciado um material para oferecer para as crianças. As primeiras trouxeram mais coleguinhas e hoje, sempre que entram ali, cada uma delas procuram orgulhosas a sua arte na parede.

“É o cantinho deles e eu acho um barato que eles brigam, fazem amizades e adoram. Sempre coloco na parede, agora está começando a faltar espaço, porque eu sei que quando eles vierem aqui vão querer mostrar para a avó, para o tio, para a mãe o “deseinho” que ela fez”, comenta Nice, atenciosa.

Nice cuida da lanchonete ao lado do marido Osvaldo Cândido de Oliveira filhos, de 55 anos, conhecido como Dinho, é ele o responsável pelos quitutes que saem das panelas na cozinha. O carinho que os dois têm com o local está nos detalhes. Os móveis eles mesmos montaram de maneira artesanal, do balcão aos bancos e cadeiras.

Nice e Dinho cuidam do lugar com zelo e amor.  (Foto: Vanessa Tamires)Nice e Dinho cuidam do lugar com zelo e amor. (Foto: Vanessa Tamires)
O primeiro desenho foi feito em guardanapo.  (Foto: Vanessa Tamires)O primeiro desenho foi feito em guardanapo. (Foto: Vanessa Tamires)

As paredes coloridas dão um charme a mais ao espaço aberto há pouco mais de 10 meses. O casal é natural da cidade de Presidente Epitácio, interior de São Paulo, moraram na Capital também, mas um irmão de Dinho já tinha vindo para Campo Grande, uma filha também, então os dois resolveram construir o lar aqui e ficar perto das pessoas que amam.

Como eles sempre trabalharam com cozinha, aqui não seria diferente, abriram um restaurante no Centro, mas não gostaram muito do ponto e acabou que não deu certo. Ali no Jardim Flamboyant, Dinho sempre passava pelo lugar, que estava há 3 meses fechado e pensava que poderia fazer algo legal. O dono se interessou pela Kombi da família e assim eles fizeram uma troca, do ponto pelo veículo.

Negócio fechado e a amizade continuou, hoje o dono da Kombi também toca na feijoada de sábado no “Bar da Praça”. Praça essa que recebe o cuidado dos moradores do entorno, inclusive do casal, principalmente na limpeza. 

"Eu amo Campo Grande, aqui é lindo, a gente não precisa viver trancado. O Dinho faz o que ele gosta que é cozinhar e eu também, cuidando daqui. Os amigos de São Paulo perguntam se a gente está ganhando muito dinheiro. Eu digo que não, mas que mesmo assim vale muito a pena morar aqui, porque a gente é feliz!", comenta Nice, com carinho.  

Com o frio eles estão servindo caldos.  (Foto: Vanessa Tamires)Com o frio eles estão servindo caldos. (Foto: Vanessa Tamires)

No cardápio porções, lanches e agora com o frio caldos. Cada noite são quatro tipos, a cumbuquinha com os acompanhamentos custa R$10,00. Entre as os opções estão mandioquinha, alho poró, caldo verde e de abóbora com carne seca.

O lugar, que é bem família, até no slogan “Um cantinho para a família” acaba sendo diversão para os pais, que conseguem passar o dia ou a noite tranquilos enquanto os artistas mirins se divertem tanto desenhando como vendo as suas obras à mostra.

O “Bar da praça” fica na Rua Brasilândia 682, no bairro Jardim Flamboyant.

O lugar, que é bem família, até no slogan “Um cantinho para a família”. (Foto: Vanessa Tamires)O lugar, que é bem família, até no slogan “Um cantinho para a família”. (Foto: Vanessa Tamires)



Parabéns ao casal Nice e Dinho, pela brilhante iniciativa.
É um lugar muito aconchegante, e ficamos à vontade enquanto nossos filhos também se divertem.
Por onde esse casal passa deixa uma marca registrada.
Nós aqui de Presidente Epitacio desejamos muito sucesso ao casal e que venham mais idéias brilhantes.
 
Dinda em 09/07/2015 11:16:26
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.