A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

18/03/2015 06:57

Escondida pela Zahran, doceria serve café a sós ou champanhe para até 15 pessoas

Paula Maciulevicius
Há pouco menos de um ano, confeitaria vem se tornando cenário para um café de final de manhã ou de tarde. Há pouco menos de um ano, confeitaria vem se tornando cenário para um café de final de manhã ou de tarde.

"Perdida" entre o movimento de carros na avenida Eduardo Elias Zahran, uma graciosa doceria transmite desde o entrar o sabor do açúcar dos produtos que estão à espera na prateleira. Assim como o carro-chefe do cardápio, o lugar também é doce. Os 36m² são ocupados por mesinhas e cadeiras de madeira que são um convite para um café a sós ou uma pequena festa com champanhe para até 15 pessoas.

Veja Mais
Bar serve comida alemã e cliente ainda pode conhecer fábrica de cerveja
Mistura de peruana com oriental, tendência para 2017 é cozinha que une 2 países

O local já funcionava como produção dos doces de Andressa Sandri, que chegou a ter também uma loja no Shopping Campo Grande, mas há pouco menos de um ano que vem se tornando cenário para um café de final de manhã ou de tarde. 

Do cardápio, toda produção é de lá, incluindo tortas, bolos, brigadeiros, sobremesas diferenciadas como verrine e pudim até de pistache, brigadeiro gourmet, além do já conhecido bem-casado. Aos poucos, o menu também ganhou pitadinhas de sal, com acréscimo de sanduíches, quiches, escondidinhos, galetes e bruschettas.

No balcão, rodízio de tortas quer dar oportunidade para cliente experimentar novo sabor a cada visita.No balcão, rodízio de tortas quer dar oportunidade para cliente experimentar novo sabor a cada visita.

No balcão, a variedade de tortas apresenta a cada dia uma surpresa, como espécie de rodízio na produção, geralmente são quatro opções à espera dos clientes. "Não tem cardápio definido, a proposta é que as pessoas experimentem cada dia uma coisa diferente", explica o sócio-proprietário da Sweet Confeitaria, Reni Garcia, de 35 anos.

Ainda em fase de teste, em breve a doceria também vai oferecer o "crème brulée", sobremesa que tem como base creme de leite e baunilha.

Os preços são fixos, o quilo de qualquer torta, por exemplo, sai a R$ 86,00. As sobremesas tem valor diferenciado, começando em R$ 3,50 cada brigadeiro gourmet, até R$ 8,50 a fatia de bolo de pasta americana. Entre as opções de sal, os valores começam em R$ 12,50 nos quiches e chegam até R$ 21,00 no escondidinho de bacalhau.

Pudim de variados sabores e até de pistache compõe as opções.Pudim de variados sabores e até de pistache compõe as opções.

A confeitaria tem quase 10 anos no mercado e veio da experiência da proprietária Andressa Sandri no buffet. Ela, além da paixão pelos doces, é formada em Engenharia de Alimentos.

A doceria abre de segunda a sábado, das 9h às 19h e já serviu doces com champanhe para pequenos grupos desde 10 até 20 pessoas. A delicada decoração já sediou também uma recepção de noivos após o casamento civil. Para eventos assim, as portas se fecham ao público em geral e os 'donos' da festa escolhem do cardápio as entradas. Na comemoração do casamento, por exemplo, pode entrar o bolo cenográfico ou real, de vários andares.

O proprietário apenas limita até 20 pessoas, contando com os anfitriões da tarde, para que possa haver uma circulação tranquila dos atendentes entre as mesas e devido à demanda de encomendas, também restringe eventos fechados aos dias de semana. A Sweet Confeitaria fica na Rua Catumbi, 159, no Jardim Bela Vista.

Tortas saem a R$ 86,00 o quilo. E sob encomendas, podem ser feitas sem glúten e lactose.Tortas saem a R$ 86,00 o quilo. E sob encomendas, podem ser feitas sem glúten e lactose.



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.