A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

22/09/2014 06:19

Especialistas em Sukiyaki, japoneses ensinam a fazer "irmão" do Yakisoba

Elverson Cardozo
Preparação do Sukiyaki. (Foto: Elverson Cardozo)Preparação do Sukiyaki. (Foto: Elverson Cardozo)

Há aproximadamente 5 anos, a AECNB (Associação Esportiva e Cultural Nipo Brasileira) de Campo Grande promove um almoço promocional com um prato típico do Japão, o Sukiyaki. No domingo aconteceu mais um evento e o Lado B foi atrás da receita original, com quem mais entende do prato: os japoneses.

Veja Mais
Bar serve comida alemã e cliente ainda pode conhecer fábrica de cerveja
Mistura de peruana com oriental, tendência para 2017 é cozinha que une 2 países

Integrante do Departamento Fujinkai, de mulheres que, entre outras ações, se dedicam às atividades da cozinha da Associação, Reiko Ide disse que não é possível informar a quantidade de ingredientes para o preparo de um prato apenas, porque ela está acostumada a fazer o Sukiyaki para 500, 600 pessoas, mas ela contou, pelo menos, o que a receita leva.

Feito com o mesmo macarrão utilizado na preparação do Sobá, que os campo-grandenses bem conhecem da Feira Central, o Sukiyaki é uma espécie de “irmão” do Yakisoba, de origem chinesa.

A diferença está, basicamente, no preparo. O Yakisoba leva um molho mais espesso, enquanto o Sukiyaki tem o “caldo” mais fino, feito com shoyu, água, açúcar, Hondashi (tempero à base de peixe), pinga e saquê, bebida fermentada, tradicional do Japão.

O prato também leva vários legumes, assim como Yakisoba, entre eles repolho, acelga, cenoura, cebola, brócolis, couve-flor e cebolinha. Para completar, recebe carne bovina, em tiras, como no Sobá.

Especialistas em Sukiyaki, japoneses ensinam a fazer irmão do Yakisoba

Na Associação Nipo Brasileira, a explicação para o preparo vem do empresário Ricardo Sussumo, de 43 anos. Neste domingo ele fazia parte da equipe que se dedicou a cozinhar e servir.

O primeiro passo, explicou, é fritar a carne na manteiga. Os temperos, incluindo o shoyu, água e açúcar, vêm em seguida. Com o molho pronto, é hora de adicionar os legumes cortados, todos de uma vez. O macarrão é o último passo. “Leva uns 15 minutos. No Japão é muito consumido no frio. Aqui também, mas como nosso clima não ajuda...”, comentou.

No Japão é tradição, confirma a vice-presidente da entidade, Maria Leny Adania. “É uma comida saudável. Tem muita aceitação, inclusive fora das colônias”. Na Associação, para o almoço de ontem, as cozinheiras utilizaram pelo menos 60 quilos de carne e aproximadamente 90 de macarrão. O grupo estava trabalhando desde sábado.

Para quem quiser tentar fazer em casa, o Lado B reproduz a receita:

 

Ingredientes

30g de manteiga sem sal

200g de filé mignon fateado finamente

6 folhas de acelga

100g de moyashi (brotos de feijão)

1 unidade de cebola média

½ maço de naga negui (cebolinha grossa, cebolão, cebolinha branca)

8 unidades de cogumelos Shiitake

250g de itoh konhaku (macarrão de batata)

200g de tofu (queijo de soja)

Dashi (molho)

100 ml de shoyu (molho de soja)

50ml de saquê comum

50ml de mirim (saquê doce)

15g de açúcar

Porção para 4 pessoas

Modo de preparo

Lave bem as folhas de acelga e corte-as em cubos (retângulos). Lave os talos da cebolinha grossa e corte-as em pequenos talos de 5 cm em diagonal. Retire os talos do cogumelo shiitake. Corte em cubos de 5 cm o queijo de soja.

Retire o macarrão de batata do pacote e cuidadosamente esprema-os com as mãos de modo que, saia o máximo do soro que envolve o macarrão. Aqueça a panela e derreta a manteiga. Em seguida refogue levemente a carne sem deixar dourar.

Depois, coloque as folhas de acelga cortadas em cubos (retângulos), a cebola cortadas em meia rodelas de 1 cm de espessura, os cogumelos shiitake sem os talos e as cebolinhas cortadas em bastonettes de 5 cm de comprimento em diagonal e o tofu cortado em cubos.

Misture todos os ingredientes do molho e adicione ao sukiyaki. Por último, acrescente o macarrão de batata. Tampe a panela por 8 minutos e retire a tampa e acrescente o broto de feijão. Deixe cozinhar por 2 minutos e estará pronto para servir.

Observação: Caso o molho comece a transbordar da panela retire um pouco do molho com uma concha e guarde. A medida que o molho for secando da panela vá acrescentando aos poucos o molho que você retirou.

 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.