A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

23/06/2015 06:45

Para o frio, tem cappuccino com paçoca e até com tequila em cardápios da cidade

Aline Araújo
Café, uma paixão. (Foto: Sésamo Gelato e Café)Café, uma paixão. (Foto: Sésamo Gelato e Café)

Um vício para alguns, o café é o “bom dia” de muita gente, a desculpa para um encontro, uma pausa para uma boa conversa. Com o friozinho, ele continua firme no menu, mas em doses mais suaves, no cappuccino.

Veja Mais
Manga Park comemora 1 ano com descontos, música ao vivo e atrações para crianças
Bar serve comida alemã e cliente ainda pode conhecer fábrica de cerveja

O Quella Cappuccino, é a combinação entre Nutella, café com leite e castanha de caju.O Quella Cappuccino, é a combinação entre Nutella, café com leite e castanha de caju.

Aqui em Campo Grande, com o calor que faz, é só baixar a temperatura para a mulherada vestir a bota e o cappuccino virar o queridinho do cardápio. Por isso, o Lado B resolveu preparar uma listinhas com os cappuccinos mais criativos que entraram no menu do inverno por ai. Achamos desde cafés com toques da manjada Nutella (creme de avelã), até com cachaça.

No Shopping Pátio Central, na rua Marechal Rondon, o quiosque da Grão Expresso tem a bebida para experimentar por vários dias. Para incrementar, há cappucino de paçoca, de Ovomaltine, Nutella, bombom, doce de leite e com raspas de chocolate. Qualquer xícara de 280 ml custa R$ 8,00.

No +5 Minutinhos, na rua Maracaju, 1226, o valor é alto: R$ 15,00. Mas a promessa é de uma experiência diferente. Também em 280 ml, o Floresta Negra tem dois tipos de licor, sorvete, chantilly, cereja e é claro, café. Por R$14,00, a opção é o Dudu, é um drinque de café com tequila, chantilly e leite condensado.

No Nômade Food Park, na avenida Ceará, o truck No Bule Café tem uma opção de cappucccino com chocolate belga 70% cacau, a bebida não fica tão doce, também leva leite vaporizado e é bem cremosa. O grão de café utilizado é 100% arábico e uma xícara custa R$ 6,00.

Na Casa Beltrão, o cappuccino tradicional ganha um toque especial com a cachaça mineira, ao valor de R$ 8,50. A lanhonete mineira fica na rua Cassilândia, 34, no Jardim Autonomista.

Café com chocolate trufado no Firulas. (Foto: Fernando Antunes)Café com chocolate trufado no Firulas. (Foto: Fernando Antunes)

Já no Firulas Café, na Euclides da Cunha, duas opções ganham destaque, o que leva o nome da casa, que vem com brigadeiro no fundo da xícara, uma dose de café, leite vaporizado e cobertura de chocolate, e custa R$9,00. Existe também a opção com chocolate trufado, mas pelo preço de R$ 12,00.

No Frans Café, na rua Cândido Mariano, quem faz sucesso é o cappuccino com raspas de chocolate meio amargo, um café curto e leite vaporizado. Mas também não é barato, uma xícara de 170 ml custa R$ 12,20.

Na Sésamo Gelato e Café, que fica na rua Antônio Maria Coelho, 3443, o sorvete é o forte, mas para esquentar os dias a casa deu um charme a mais ao gosto do café, também misturado com outros ingredientes. O Quella Cappuccino, é a combinação entre Nutella, café com leite e castanha de caju.

Para quem é chegado em doce de leite, o Dolce Latte é uma bebida que além do doce leva café com leite e e canela. Já a bebida quente que leva o nome da casa tem camadas de leite condensado, café "espresso" e leite vaporizado, com um toque de amarena (cerejas italianas).

Nas três opções, a xícara pequena, com 70 ml, custa R$ 7,00, e o maior, com 250 ml, sai por R$ 11,00.

Se você souber de outros lugares que vendem cafés especiais, deixe a dica nos comentários. O Lado B agradece.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.