A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016


  • Marketing Pessoal
  • Marketing Pessoal

    com Glauber Halt - Professor FGV /Coaching


07/03/2014 07:31

Motivação

(*) Glauber Halt Cabral

O mundo cada vez mais competitivo dos negócios exige altos níveis de motivação das pessoas. Empregados motivados para realizar seu trabalho, tanto individualmente como em grupo, tendem a proporcionar melhores resultados. A motivação pode ser entendida como o principal combustível para a produtividade da empresa.

Veja Mais
Qual o Significado do Trabalho em Minha vida?
Afinal, o que é proatividade?

As empresas estão valorizando cada vez mais o comprometimento das pessoas. Os funcionários comprometidos é que vêm sendo convocados para fazer parte das soluções e é, exatamente neles que as empresas mais tendem a investir. A motivação, por sua vez, é a chave do comprometimento. È muito mais fácil para as empresas conseguirem pessoas competentes do que comprometidas. Por isso, identificar fatores capazes de promover a motivação dos empregados e dominar as técnicas adequadas para trabalhar com ela vem-se tornando tarefa das mais importantes para os gerentes.

A motivação é a força que estimula as pessoas a agir. No passado, acreditava-se que essa força era determinada principalmente pela ação de outras pessoas, como pais, professores ou chefes. Hoje, sabe-se que a motivação tem sempre origem numa necessidade. Assim, cada um de nós dispõe de motivações próprias geradas por necessidades distintas e não se pode, a rigor, afirmar que uma pessoa seja capaz de motivar outra.

Na verdade, motivação é consequência de necessidades não satisfeitas. Essas necessidades são intrínsecas às pessoas. Não podem, portanto, os gerentes colocar necessidades nas pessoas. Isso significa que os gerentes não são capazes de motivar, mas de satisfazer às necessidades humanas ou contrafaze-las.

A evidência de que de fato uma pessoa não é capaz de motivar outra pode, no entanto, significar que o fenômeno da motivação deva ser desconsiderado pelos gerentes. Muito pelo contrário; os gerentes precisam estar atentos à motivação de seus empregados. Precisam estar aptos para identificar suas necessidades e criar as condições para que as tarefas a eles atribuídas, assim como seu ambiente de trabalho, sejam capazes de satisfazê-los. Em suma: os gerentes não podem motivar seus empregados, mas precisam dispor de conhecimentos e habilidades suficientes para despertar ou manter sua motivação no trabalho.

O comportamento humano é motivado pelo desejo de atingir algum objetivo. Nem sempre, porém, este objetivo é conhecido pelo indivíduo. Boa parte da motivação humana localiza-se na região abaixo do nível do consciente, conforme a analogia do iceberg apresentada por Freud.

(*) Glauber Halt Cabral– Sócio da www.escoladevendedores.com.br

Qual o Significado do Trabalho em Minha vida?
Trabalhar é uma de nossas principais atividades, pois exige de nós um importante investimento de energia e tempo para sua realização. Seja motivado p...
Afinal, o que é proatividade?
Trata-se de um dos conceitos mais confundidos no mundo corporativo. Tornou-se um jargão, uma palavra utilizada a todo o momento e, na imensa maioria ...
O que é preciso para ser um bom Vendedor (a), um Vendedor de Sucesso?
Muita gente me pergunta: “o que é preciso para ser um bom vendedor, um vendedor de sucesso?” Nesses tantos anos em que trabalho com vendedores já ouv...
Como pedir um aumento de salário de maneira madura e eficiente
O novo ano está aí e sabemos que você deve estar com muitos planos e expectativas. Seguramente uma delas é ganhar mais dinheiro. Você tem algumas opç...



Li com atenção e apreço o seu artigo. Vejo que em muito concordamos acerca da natureza da "motivação" e, sobre o tema também já refleti e ainda o faço, num exercício contínuo de tentativa de enriquecimento do intelecto. Permissa vênia, convido o professor a ler o que penso a respeito, no inteiro teor do meu artigo, se assim o quiser. Neste espaço, mas sem insulto, atrevo-me a reproduzir parte dele. "(...) Ora, quando falamos em motivação, queremos nos referir ao efeito de uma combinação de variados fatores que, somados, em equilíbrio, fomentam nas pessoas “vontade” de se ver como um ser melhor, de se lançar a ação, de agir em prol de si e dos propósitos da empresa."
O termo "vontade" deve ser entendido como "necessidade". Parabéns pelo artigo. JM Almeida.
 
João Maurino de Almeida Filho em 08/03/2014 14:15:51
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions