A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

27/04/2011 13:14

Cheia de rios pode inundar 23% do Pantanal, aponta Embrapa

Viviane Oliveira

A área inundada no Pantanal pode atingir mais de 35 mil Km²

O pantanal convive todos os anos com os chamados pulsos de inundação. (Foto: Divulgação)O pantanal convive todos os anos com os chamados pulsos de inundação. (Foto: Divulgação)

De acordo com o Sismonpan (Sistema de Monitoramento do Pantanal) quando a cheia chegar ao máximo previsto pela régua de Ladário, a área inundada no Pantanal pode atingir mais de 35 mil Km², ou seja, uma área correspondente a 5 milhões de campos de futebol.

Segundo a Embrapa, é uma área bem superior ao Estado de Alagoas, que possui 27.767 km², segundo o IBGE.

O pantanal convive todos os anos com os chamados pulsos de inundação. Em determinada época do ano a planície fica inundada e, em outra, seca. Por causa desse ciclo, a pecuária teve que se adaptar à natureza.

Na época de enchente, às vezes é necessário deslocar o gado das áreas mais baixas para as regiões mais altas. É uma decisão difícil para o pecuarista, pois envolve gastos e riscos para o rebanho.

A planície pantaneira tem aproximadamente 150 mil km² e o cenário traçado para a cheia atual indica que pelo menos 23% dessa área ficará debaixo d’água quando for registrado o nível máximo do rio Paraguai em Ladário.

Para chegar a esses resultados, os cálculos levaram em conta dados de geotecnologia, climáticos, e hidrológicos, considerando um conjunto maior de informações além da régua de Ladário.

O nível de cheia do rio Paraguai, previsto para esse ano, é de 5,53 metros. Mas este índice não está contemplado no banco de dados de 2000 a 2009, utilizado pelo Sismonpan.

A cheia é apontada como uma das maiores das últimas décadas. Nos últimos anos, a cobertura das pastagens pela água não ultrapassou os 21%.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions