A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

03/11/2016 13:01

Durante operação, PMA recupera papagaios que seriam traficados

Elci Holsback
Uma pessoa foi presa por tráfico de animais silvestres (Foto: PMA)Uma pessoa foi presa por tráfico de animais silvestres (Foto: PMA)

Entre os dias 27 de outubro e 3 de novembro a PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou 20 pessoas por infrações, prendeu uma por tráfico de animal e cinco por pesca predatória, apreendeu 170 kg de pescado irregular e aplicou mais de R$ 109 mil em multas, durante a "Operação Dia de Finados".  No total, 362 policiais participaram da ação com o objetivo de coibir principalmente, o tráfico de animais silvestres e a pesca predatória.

Veja Mais
Transporte de peixe durante a piracema só é liberado com lacre da PMA
PMA inicia operação para combater pesca predatória e tráfico de papagaios

Uma pessoa foi presa e multada em R$ 15 mil em Novo Horizonte do Sul por tráfico de papagaios. Foram recuperadas três aves. As autuações por pesca ilegal totalizaram 12 ocorrências, sendo cinco por pesca predatória. Outras cinco pessoas foram autuadas por pesca ou transporte de pescado sem licença ambiental. Foram apreendidos 170kg de pescado irregular e o total de multas foi de R$ 8.320,00 por pesca irregular.

A ação envolveu ainda o combate e prevenção a crimes ambientais como desmatamentos e carvoarias irregulares, com visitas às propriedades rurais, transporte ilegal de produtos perigosos, além de combate a todos os crimes contra a fauna e flora. 

A última operação "Dia de Finados" realiaza pela PMA ocorreu em 2012, quando foram autuadas 24 pessoas por crimes e infrações ambientais, sendo 19 presas por pesca predatória e uma por falta de licença de pesca, o que não é crime. Duas pessoas foram autuadas por exploração irregular de madeira, uma por degradar matas ciliares ao construir represa ilegalmente e uma por funcionar atividade avícola ilegalmente.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions