A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

14/12/2010 17:18

Equipe de bombeiros encontra onça parda atropelada na MS-060

Ricardo Campos Jr.

Bicho foi entregue no quartel da Polícia Ambiental em Campo Grande

A onça será será empalhada em um curso a ser ministrado em março na cidade de Bonito.A onça será será empalhada em um curso a ser ministrado em março na cidade de Bonito.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros encontrou uma onça parda que havia sido atropelada na rodovia MS-060 perto da cidade de Camapuã, cidade que fica a 133 quilômetros de Campo Grande. Atendendo ao pedido, o animal foi levado até a sede da PMA (Polícia Militar Ambiental).

Segundo informação dos Bombeiros, a equipe ia até Camapuã para fazer uma vistoria no projeto contra incêndios de uma empresa quando se depararam com o animal morto na pista. Imediatamente entraram em contrato com os policiais ambientais.

A PMA informou que a onça foi guardada no freezer do laboratório de taxidermia do quartel e será empalhada em um curso a ser ministrado em março na cidade de Bonito. Após, será usada em ações de educação ambiental.

Atropelada - No último dia 11 de novembro, policiais militares ambientais recolheram uma onça parda adulta que havia sido morta por um caminhão no anel rodoviário, trecho que liga as saídas de Rochedo e Terenos.

Foi o próprio motorista do veículo que atropelou a onça que acionou a PRF (Polícia Rodoviária Federal), que por sua vez entrou em contato com a PMA. Ela foi empalhada em um curso de taxidermia ministrado por policiais ambientais em Aquidauana, e foi deixada no quartel da PMA local.

No dia 29 de outubro deste ano, uma onça escapou de uma das jaulas do Cras (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres). No entanto, era da espécie pintada, diferente da encontrada hoje pelos Bombeiros.

Após vários dias de busca que incluíram equipes da PMA e do Crás, cães farejadores, mateiros e até a instalação de armadilhas e câmeras de segurança na reserva, o paradeiro do animal continua desconhecido.




É muito triste ler noticias sobre animais atropelados e mortos nas rodovias do MS.Infelizmenmte isso acontece porque em nosso pais fala-se uma coisa e pratica-se outra.Proibe-se o desmatamento (no papel) mais todo mundo sabe que na prática é diferente.Ninguem na verdade é punido por desrespeitar a lei. Em minha modesta opinião é necessário se cumprir as leis e legislações ja existentes e não se criar mais leis que nunca serão cumpridas porque não existe fiscalização para acompanhar os desmandos.
 
jarbas pereira em 15/12/2010 10:08:09
A culpa é dos ilustres pecuaristas, que desmatam suas fazendas sem dar a mínima para o ecossistema.
 
ricardo griao em 14/12/2010 06:55:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions