A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

06/07/2016 11:07

Fazendeiro em MS é multado em R$ 6 milhões por desmatamento ilegal

Anny Malagolini
Local faz parte da unidade de conservação federal
(Foto: Divulgação)Local faz parte da unidade de conservação federal (Foto: Divulgação)

O instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) multou em R$ 6 milhões na semana passada, o proprietário de uma fazenda no município de Taquarussu, por desmatar mais de 600 hectares da unidade de conservação denominada veredas entre os anos de 2008 e 2015. 

Veja Mais
Temporais dão trégua de 4 dias, mas voltam na quarta-feira, prevê Inmet
Primeira maratona do país com foco em saneamento é realizada na Capital

Segundo a fiscalização do instituto, a área vem sendo drenada e utilizada para a pecuária. O local está localizado entre os Estados de São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul, e faz parte de uma unidade de conservação federal de uso sustentável, cujos objetivos são a proteção dos ecossistemas pantaneiros, das florestas de várzea e dos recursos hídricos. 

De acordo com o instituto, estas são as únicas veredas existentes na área de preservação ambiental das Ilhas e Várzeas do Rio Paraná e, para que o pisoteio do gado e a drenagem das áreas úmidas não aumentem os danos ao ambiente, o Instituto Chico Mendes aplicou também a sanção de embargo ao imóvel.

As veredas são ambientes que deveriam permanecer intocados por serem áreas de preservação permanente (APP). Possuem características típicas de savana, e são encontradas em ambientes com solos encharcados e alagados com a presença da palmeira Buriti.

Mais de 600 hectares foram destruídos em 7 anos (Foto: Divulgação)Mais de 600 hectares foram destruídos em 7 anos (Foto: Divulgação)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions